Criar um Blog
Gerenciar um Blog
Visitar Próximo Blog
Denuncie

mais de 40 e sem emprego

Evite alguns erros se quer trabalhar por conta própria

11:04 PM, 2/7/2014

 

 

 

Atire a primeira pedra quem nunca teve vontade de montar o próprio negócio. Seja numa situação de desemprego, seja pela vontade de ganhar autonomia, todo mundo já foi cutucado pelo desejo de se tornar o próprio patrão

 

A maioria dos "futuros" empresários, com certeza, joga a toalha antes mesmo de dar o primeiro passo. A razão está no medo. As pessoas têm pavor de apostar seu capital na montagem de um negócio e acabar perdendo investimentos que muitas

Você esta cansado de procurar emprego e resolveu começar um trabalho por conta própria, deve ter alguns cuidados, a idéia é bastante sedutora, mas pode lhe pregar algumas armadilhas.

O fato de não ter um salário fixo exigirá um maior controle sobre as finanças. Se você pretende fazer parte desse grupo, veja algumas dicas e previna-se:

1. Se esta abrindo um negócio, primeiro se certifique que terá como segurar as despesas por um tempo, por isso é sempre bom ter uma reserva de dinheiro para esse inicio. Todo negócio demora no mínimo 6 meses para dar retorno financeiro, por isso sempre tenha uma reserva para períodos difíceis.  Diminua as despesas mensais, tanto as fixas quanto as variáveis. Isso engloba o aluguel, as contas de luz, gás, telefone, internet, e outras despesas fixas. Assim, se faturar menos que o previsto, o valor dos pagamentos não vai pesar tanto no orçamento.

2. Evite fazer dívidas comprando em intermináveis parcelas. Com a incerteza da sua receita, o pagamento à vista ou em curto prazo são mais adequados.

3. Cadastre-se como contribuinte individual do INSS para contar com a aposentadoria pública. Em caso de dúvida sobre como e quanto contribuir, o ideal é consultar um contador.

4. Separar pelo menos 10% do rendimento mensal para suprir a ausência de FGTS e 13º salário é sempre prudente.

5. Mantenha uma reserva financeira num tipo de aplicação conservadora que permita o saque a qualquer momento, como a poupança. Nunca se sabe quando a necessidade irá aparecer.

6. Se tiver empresa, verifique no banco os benefícios de abrir uma conta de pessoa jurídica. Às vezes é possível negociar vantagens nessa modalidade. Vale pesquisar e comparar.

7. Antes de fechar qualquer tipo de acordo profissional, faça um contrato de parceria e assegure que o combinado seja cumprido. No documento, inclua todas as informações que comprovem interesses de ambas as partes. Especifique condições de remuneração e descritivo minucioso das atividades.

8 - Valorize-se .Muitas vezes nós mesmos somos a grande oportunidade de negócio que procuramos. Nossas vivências, experiências, conhecimentos, nossa personalidade, tudo isto pode proporcionar um diferencial competitivo ao negócio. Se você é educado e lida bem com pessoas, poderá desenvolver uma boa equipe de vendas, se é analítico com certeza poderá ter uma boa consultoria, por isso veja sempre você mesmo como uma ferramenta importante na hora de empreender.

9 - O maior erro da pessoa que inicia um novo negócio achar que vai trabalhar pouco. Ela, provavelmente, vai trabalhar o dobro do que se fosse contratada, porém nada motiva mais o empreendedor do que se sentir bem com seu trabalho. Ame o que faz e fará bem feito.

 

10 - Nunca pare de aprender e de tentar coisas novas. Empreender é estar confortável na zona de desconforto.

 

 

Vagas para maiores de 50 anos

10:34 AM, 26/4/2014

 

 

Operador TeleMarketing - Terceira idade
Quantidade de vagas
 (não informada)

Contato: Claudia Correia

Recursos Humanos
E-mail: 
claudia.correia@veganet.com.br

Empresa: Veganet
Site: 
www.veganet.com.br

Cidade: São Paulo
Estado: SP 11 
3556-5100, R. 5266

REQUISITOS:

Idade entre 50 e 60 anos, ambos os sexos, que tenha noções básicas de informática, Ensino Médio, força de vontade e boa comunicação.
Pode ser aposentado.
BENEFÍCIOS:
Salário: R$ 1.000,00, com comissão, vale transporte e vale refeição.
O profissional também receberá benefícios como: assistência médica, assistência odontológica e seguro de vida.
HORÀRIO:
O horário de trabalho é de 6h 20m por dia.
CONTRATAÇÃO: CLT

Hospital e Maternidade Vidas / Amenplan - Assistência Médica Planejada

 
Contato: Luciene Brito
Coord. Recrutamento e Seleção
E-mail: 
luciene.brito@ameplansaude.com.br

Empresa: Hospital e Maternidade Vidas / Amenplan - Assistência Médica Planejada
Site: 
www.ameplansaude.com.br

Cidade: São Paulo
Estado: SP
ddd: 11
Fone: 3321-9709

Telefonista
quantidade de vagas: 01

Salário: R$ 768,00 + 156,00 (VT)
Horário de trabalho: das 10 às 16hs - 2a. à Sábado

Contato: enviar CV para o e-mail indicado acima.
 

Atual Cobranças Terceirizadas Ltda

 
Contato: Claudio Rogério de Souza
Gerente Financeiro
E-mail: 
financeiro1@atualcobrancas.com.br

empresa: Atual Cobranças Terceirizadas Ltda
site: 
http://www.atualcobrancas.com.br

cidade: São Paulo
estado: SP
fone_ddd: 11
fone_numero: 2283-2330

Feliz Natal e Feliz Ano Novo!!!

11:22 AM, 24/12/2013

Começo felicitando a todos pelo nascimento de Jesus,

que a paz reine em nosso lares,

que o amor permaneça em nossos corações,

que a luz do natal ilumine nossas vidas,

que a caridade e a solidadariedade seja uma ação permanente no dia a dia de todos nós,

que exista saúde em nossos corpos para podermos lutar por dias melhores,

que nunca nos falte o alimento para o corpo e para a alma,

que Deus esteja em nossos lares em em nossos corações,

que não falte trabalho para nossos braços e que nosso esforço seja recompensado com prosperidade material.

Feliz Natal e um 2014 cheio de novas possibilidades.


Amém.


Ivana Riformatto

 

 

 

 

Cidade Sul a segunda edição já esta disponível

9:34 AM, 30/10/2013

Pessoal!!!
Leiam on line  e compartilhem a segunda edição da Revista Cidade Sul !

Mais um lançamento da CT Editora Ltda.

Peça a sua!
Curta a nossa página no Facebook
 
e no site vc poderá ler as matéias on-line ou solicitar a sua revista.
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 

Empreender após os 40 anos de idade

12:08 PM, 11/9/2013

Empreender sempre envolve risco, mesmo após a meia idade.

Com o envelhecimento da população brasileira, o empreendedorismo se torna importante fator de manutenção financeira da grande parcela da população com mais de 40 anos de idade, por isso selecionamos algumas dicas para quem pretende ser um emprrendedor após os 40 anos.

 

O empreendedor com mais idade, em geral, acumula algumas qualidades a mais, possuem experiência profissional, tem um comportamento mais seguro e de menor propensão ao risco, fazem mais planejamento, contudo,  quem pretende abrir uma empresa precisa ter acima de tudo coragem e muita determinação. Essa é uma características dos empreendedores de sucesso "CORAGEM", pois é preciso arriscar, planejar e investir, não apenas dinheiro, mas a dedicação em um novo negócio.

 

Historicamente, a parcela da população de 50 a 64 anos tem menor participação de novos empreendedores do que as demais, depois de certa idade normalmente menos pessoas tem disposição para iniciar um novo negócio em relaçâo com faixas etárias mais jovens. A diferença costuma ser de comportamento. Um jovem é mais impetuoso e disposto a assumir riscos e a inovar, apesar de uma pessoa mais velha que vai empreender irá ter os mesmos riscos, mas sempre terá uma carta na manga para poder minimizá-los.

 

A experiência é um dos aspectos citados por especialistas como positivo na hora de empreender após os 40 anos, já que aprendizados e vivências com atividades em outras empresas podem ser aproveitados na gestão do próprio negócio.

 

"Empreender sempre envolve risco"

 

Abrir um negócio próprio no mesmo ramo em que se trabalhou é uma vantagem, por já conhecer a atividade.

 

Outro ponto a favor é a possibilidade de se dedicar a uma atividade que o empreendedor goste – o que pode não ter acontecido na sua vida profissional anterior.

 

Ter mais recursos para investir, em comparação aos mais jovens, é outro fator positivo do empreendedorismo na terceira idade.

 

Outra vantagem é o aumento da expectativa de vida, a população está vivendo mais, em função da melhora na qualidade de vida, do avanço da medicina. O mercado de trabalho ainda é discriminatório, mas no mundo do empreendedorismo não tem  essa limitação.

 

A facilidade de abrir um negócio individual, como micro empreendedor individual - MEI - onde a pessoa que trabalha por conta própria e se legaliza como pequeno empresário. Para ser um microempreendedor individual é necessário faturar no máximo até R$ 60 mil por ano e não ter participação em outra empresa como sócio ou titular.

 

Os especialistas alertam, contudo, que é preciso estar preparado para eventuais problemas no andamento do negócio. 

 

Fatores que podem atrapalhar o andamento dos negócio, como não saber planejar períodos de sazonalidade, com faturamento menor, ou deixar de investir no negócio e fazer muitas retiradas do caixa da empresa. 

 

Um erro muito comum é misturar as contas pessoais com as contas da empresa e uma pessoa habituada durante toda a vida a receber salário, pode ter dificuldades com isso no início.

 

As orientações básicas são as mesmas para todos os empreendedores: elaborar um bom plano de negócios, estudar o mercado e buscar capacitação. Quanto mais planejamento, melhores as chances do negócio prosperar

 

Independentemente da idade do empreendedor, é preciso pensar em um produto ou serviço que tenha demanda no mercado. Não se deve deixar de buscar a inovação. É preciso estar atento às tendências, investir em novas tecnologias, buscar negócios que sejam sustentáveis nos aspectos ambiental, econômico e social.

 

Qualquer negócio deve ser planejado, é sempre bom a pessoa ter uma forma de se manter por um tempo, ter um capital de giro, pois qualquer negócio, leva um tempo, para dar frutos.

 

É preciso fazer uma análise para verificar qual é o seu perfil. O Sebrae tem um curso, chamado Empretec, que trabalha a atitude empreendedora e pode ajudar nesses casos.

Antes de abrir quaquer empresa, procure o Sebrae, esclareça todas as dúvidas. 

 

 

Dicas para conseguir passar na entrevista de emprego depois dos 40 anos

2:34 PM, 10/8/2013

A idade costuma ser um infeliz obstáculo quando passamos dos 40 anos. Mesmo com tanta experiência na bagagem, muitos recrutadores ignoram o perfil sem ao menos olhar seu currículo, pois só a experiência não conta para muitos empregadores.

Um bom currículo não garante emprego, mas, sim, a oportunidade de participar de um processo seletivo. Se você preencher os requisitos básicos para determinada vaga, são grandes as chances de ser chamado para uma conversa particular.

Conheça os principais requisitos para a contratação:


1. Experiência técnica anterior
2. Formação acadêmica
3. Entusiasmo do candidato
4. Relacionar-se bem com os outros
5. Resultados alcançados anteriormente
6. Reputação das empresas em que trabalhou
7. Experiência anterior em supervisão de pessoas
8. Estabilidade empregatícia
9. Resultados nos testes
10. Aparência pessoal
11. Nível salarial
12. Idade (Sugiro não colocar idade no curriculo)
13. Estabilidade familiar
14. Fluência em inglês ou outro idioma
15. Capacidade de usar a internet (Procure fazer um curso de atualização de internet)
16. Experiência em multinacionais
17. Número de promoções anteriores

Qualidades estereotipadas atribuídas aos empregados jovens:

·                       Fisicamente mais aptos e saudáveis;

·                       Mais fáceis de supervisionar e coordenar;

·                       Expectativas de salário mais baixas;

·                       Mais familiarizados com as novas tecnologias;

·                       Criativos.

Qualidades estereotipadas atribuídas aos empregados com mais idade:

·                       Experientes;

·                       Fiáveis;

·                       Estáveis;

·                       Com sólidos conhecimentos práticos;

·                       Maduros.

Aproveite esta lista e em vez de evidenciar as qualidades típicas da sua idade, afirme ser uma pessoa dinâmica, enérgica, desportista, à vontade com as tecnologias da informação e flexível.

 

DINÂMICA DE GRUPO

A dinâmica de grupo é defendida por muitos especialistas em recursos humanos como um instrumento eficiente de observação do comportamento humano. Nela, vários candidatos são colocados diante das mais diversas situações e suas reações são avaliadas por um ou mais observadores da empresa contratante. É uma forma de testar a capacidade de adaptação da pessoa, verificar como ela interage com o outro e, em alguns casos, como ela age sob pressão. A prática da dinâmica é voltada, principalmente, para trainees, analistas e profissionais da área de vendas.

Algumas dicas para passar pela dinâmica de grupo sem traumas:

1. Procure entender as características do cargo para o qual está se candidatando. Você terá uma ideia do que se espera observar na dinâmica: criatividade, liderança ou colaboração.
2. Elabore previamente uma apresentação com suas principais características. Faça também uma versão reduzida, para falar em 60 segundos.
3. Procure demonstrar que tem como contribuir para o objetivo proposto.
4. Nem tente ser o centro das atenções nem se omita. “Participe e deixe o outro participar”, diz Sílvia Nogueira, da consultoria Ricardo Xavier.
5. "Não seja nem o primeiro a falar nem o último", diz Paulo Pontes, diretor da Michael Page.
6. Em vez de só ficar pensando no que falar, preste atenção na pessoa que conduz a dinâmica e nos candidatos. Isso dará a munição que precisa.

ENTREVISTA


A entrevista é provavelmente a etapa mais importante dentro de um processo de seleção. É a oportunidade que você tem de mostrar por que é a pessoa certa para o cargo. Portanto, não exagere, pois em vez de passar a imagem de um profissional preparado, pode ser tachado de chato.

O segredo está no equilíbrio, seja objetivo nas respostas. A entrevista serve para você complementar as informações que estão no currículo. Se o selecionador perguntar sobre os resultados alcançados em seu último emprego,  fale de fatos concretos,  exemplo: como uma idéia sua ajudou a aumentar o lucro da empresa.

Para estar afiado na hora da entrevista, siga algumas instruções:

1. Selecione, previamente, as melhores fases do seu passado profissional. Contendo exemplos de criatividade, capacidade de resolução de problemas e de aprendizado.
2. Dificuldades fazem parte da trajetória profissional. Os entrevistadores gostam de candidatos realistas. Se lhe perguntarem sobre fracassos, conte. Mas sempre mostre o lado positivo ou o que aprendeu com essa experiência.
3. Se você foi demitido do emprego anterior, não minta. Nem pense em falar mal de chefes anteriores, isso não cai bem nunca..
4. Pergunte para o entrevistador quais serão suas responsabilidades, os planos da empresa, como seu desempenho será avaliado. Ter atitude é demonstração de interesse.
5. Prepare-se para responder a perguntas acerca de seus pontos fracos; que situação difícil encontrou na carreira e como teve de lidar com ela.
6. Fique atento aos sinais dados pelo entrevistador. Se ele estiver lhe interrompendo, pode ser que esteja querendo mais objetividade de sua parte.

BATE-PAPO COM O FUTURO CHEFE

Se você chegou até aqui, parabéns! Está na reta final. Conversar com o gestor da área, aquele que poderá ser seu chefe direto, é o último passo para ser admitido em uma empresa. A disputa é dura nesta etapa, geralmente sobraram 4 ou 3 candidatos.. Você concorrerá com pessoas que também tem grandes chances. Portanto comporte se naturalmente, já que quem vai escolher será por empatia. Os critérios de escolha tornam-se subjetivos e fogem ao controle do candidato. Não se desmotive se ficar de fora.

IMAGEM É TUDO

A primeira impressão é a que fica, capriche no visual para o dia da entrevista.
Mulheres

Um vestido em tom sóbrio, na altura do joelho, é uma boa alternativa ao terninho básico. Invista em acessórios elegantes e, para arrematar, sapato clássico preto de salto médio e bolsa de couro também média e preta. Evite decotes e excesso de perfume e de maquiagem.

Homens / social

Aposte num terno bem cortado de cor sóbria e camisa branca. Quanto à gravata, a regra é: ela deve ter a cor da camisa ou do terno. O sapato é preto, de amarrar e, para ser considerado social, tem de ter sola de couro.

Homens / casual

Em empresas mais informais, como as de varejo, o terno é dispensável. Adote um visual mais descontraído, como calça de sarja cáqui, camisa branca (com duas dobras no punho) e mocassim marrom. Mas não abuse do despojamento: tênis nem pensar.

 

Dicas de como conseguir se inserir novamente no mercado de trabalho

9:59 AM, 10/7/2013

 

Dicas para o empregador

 

Se você é empregador, reveja seus conceitos e a maneira como você se sente interiormente, você também vai chegar aos 40, 50, 60, 70 anos ou mais,  com certeza não se sentirá velho e acabado.

 

As pessoas com mais de 40 anos estão diferentes, estão mais bonitas, com energia de sobra e além de acumularem conhecimento e experiencias de vida  e  o empregador que  ignorar isto estará apenas perdendo uma oportunidade de conseguir um ótimo empregado.

 

Se você for contratar alguém, não se preocupe com a idade, mas sim com o caráter, experiência e potencial do profissional. Seja justo em suas considerações, não tenha preconceitos, tente e verá que fez uma ótima escolha ao contratar alguém mais experiente para sua equipe.

 

Muitos jovens empregadores se sentem intimidados por profissionais mais velhos, todos somos no fundo colegas de trabalho e sempre temos algo que aprender um com os outros.  Procure aconselhamento ou consultoria para a aprender a lidar com subordinados mais maduros que você, e demonstre a eles que você tem interesse a aprender e a se relacionar com seus conselhos e atitudes.

 

Estimule seus funcionários a trocarem  experiências e a ter relacionamentos de igualdade entre os seus colaboradores e  toda a equipe vai ganhar com a diversidade.

 


 

 

Dicas para o empregado com mais de 40 anos

  • Em primeiro lugar se atualise, seja criativo, inove, tente aprender algo com as pessoas mais jovens ao seu redor e participe da equipe. O seu tempo é HOJE não fique repetindo feitos do PASSADO!
  • Use a experiência acumulada para explorar novas oportunidades. 
  • Reveja sua carreira profissional e pense no que quer fazer na segunda metade de sua vida. Não pare no tempo faça cursos de atualização e quem sabe desenvolva uma nova carreira. Há profissionais com 70 e poucos anos ainda na ativa!
  • Supere eventuais diferenças culturais e aproveite para troca de experiência e aprendizado mútuo.
  • Frequente  palestras, existem muitos cursos e workshop gratuítos ou mesmo de valores acessíveis para se atualizar. Nestes cursos aprenderá e ainda conhecerá pessoas novas que podem ajudar a se reintregar na sociedade e quem sabe em um novo emprego .
  • Não se limite, aceite novas formas de trabalho, você pode estar perdendo oportunidades que podem mudar sua vida. Hoje existem novas formas de trabalhar como: contrato temporário, de tempo parcial, de prestação de serviços, trabalho por projetos, contratação como pessoa jurídica, etc. 
  • O entusiasmo e a energia são fundamentais, portanto busque nas formas de lazer, frequente um clube, pratique um esporte.
  • Cuide da aparência e saúde. Ninguém quer um funcionário que só se queixa de dores o tempo todo.
  • Tenha seu objetivo profissional bem definido. Faça um portfólio profissional adequado com foco na área em que pretende atuar. No setor de serviços, o mais experiente é muito requisitado.
  • Não tenha medo de transmitir seus conhecimentos para os mais jovens. Vários setores estão adotando essa prática, devido à dificuldade com qualificação profissional.
  • Venda a oportunidade para os empregadores reduzirem custos com encargos sociais, contratando-o por projetos, como prestador de serviço, entre outras opções.
  • Pratique o Marketing Pessoal.
  • Insira-se e participe em redes de relacionamento. 
  • Procure emprego pela Internet. A maioria deles está disponível em sites ou portais. Utilize a rede de amigos para recolocar-se no mercado.
  • Mesmo que tenha um currículo completo, a falta de habilidades de comunicação e até mesmo bom humor podem fazer a diferença na hora da entrevista. Cada empresa possui uma cultura e por muitas vezes o candidato não se encaixa no ambiente de trabalho e acaba sendo eliminado antes mesmo de ser efetivado.
  • Aposentadoria:  alguns profissionais mais velhos tendem a estar mais acomodados e entediados pelo fato de fazer a mesma coisa há muito tempo, portanto estar próximo da aposentadoria não deve afetar seu estado de ânimo, pois uma nova empresa pode lhe dar um novo estimulo de vida.
  • As empresas afirmam que estão a cada dia mais conscientes de que a idade não deve ser um fator determinante para decidir se contratam ou não determinado profissional. 

Brasil, o gigante acordou!!!!

12:13 PM, 19/6/2013

 

 

Muita perplexidade, dentro e fora do País, com a crise repentina que surgiu no Brasil com o surgimento de manifestações de rua, primeiro em cidades grandes como São Paulo e Rio, estendendo-se por todo o País e envolvendo brasileiros até no exterior.

 

No momento há mais perguntas para se entender o que está ocorrendo do que respostas. Há apenas um consenso de que o Brasil, até agora invejado internacionalmente, vive uma espécie de revolta coletiva pelos exageros do governo e este diz não entender quais são as reivindicações do povo, pois são muitas.

O governo diz que não entender o que o povo quer com essas passeatas, então vou listar aqui para ver se quem sabe eles entendem:

1- Transporte público de qualidade, assim poderemos deixar nossos carros em casa e usar o ônibus e o metro, sem nos sentirmos como uma sardinha na lata, ou sermos esfregados por estranhos. Os vinte centavos é apenas a gota d'água que caiu do copo.

2- Segurança, mudança nas leis, parar com esse prende de um lado e solta de outro, precisamos moralizar a justiça e a nossa polícia. Resgatar a liberdade de ir e vir, sem ter medo de morrer assassinado ou queimado, por bandidos.

3 - Hospitais e postos de saúde de qualidade.

4 – Emprego e salários dignos para todos, se todos tivessem qualidade de vida e um emprego digno, ninguém precisaria se humilhar para pegar bolsa família e todas essas bolsas que existem por ai.

5 - Educação de qualidade, salário digno parar os professores. As famílias têm que entender que o professor tem que ensinar, mas respeito e boa educação vêm do berço.

6 - Acabar com a corrupção, PEC 37 e todas as formas que o governo inventa pra driblar seus próprios erros.

7 - Diminuir a inflação que esta subindo a olhos vistos. Vejo sempre as pessoas deixarem suas compras no carrinho, por que ficou mais caro do que podiam pagar.

8 - Aqui no Brasil quase todos gostam de futebol, ninguém é contra a COPA ou os JOGADORES, mas contra os investimentos que estão sendo feitos, sem priorizar o que realmente o País esta necessitando.

9 - Cansamos de tudo acabar em pizza.

10 - Agora se o governo não sabe o que fazer, pede pra sair.

By Ivana Riformatto

 

 

 

Empregos para maiores de 40 anos

2:48 PM, 6/5/2013

Atenção!

 

 

Empresários de todo Brasil e  agências de emprego.

Se você é empresário ou tem uma agência de emprego, publique sua vaga aqui. Envie sua oferta de vaga de emprego para maiores de 40 anos.

Publique aqui no blog, este espaço é todo seu.

 

Publique sua vaga, contendo os seguintes dados:

Vaga:
Descrição da vaga:
Salario:
Empresa:
Endereço:
Bairro:                
Cidade:              
Estado:      
Fone:
Horário da entrevista:  
Procurar por:

 

 

 

 

 

 

 

 

Saiba quais áreas contratam pessoas acima dos 40 anos

10:55 AM, 11/2/2013

O mercado de trabalho tem se modificado e agora as empresas estão focando nos profissionais acima de 40 anos. As empresas se mostram cada vez mais dispostas a empregar candidatos deste perfil. Por isso não custa tentar pesquisar empregos nessas áreas.

De acordo com a pesquisa realizado pela Curriculum, as áreas que mais buscam candidatos acima de 40 anos são: 

Administradoras, Corretoras e Consultorias de Seguros; 
Administradoras: Planos de Saúde e Previdência Privada; 
Advogacia: Escritórios e Serviços Jurídicos; 
Auditorias, Empresas de Gestão, Assessoria Empresarial e Logística; 
Automação Industrial; 
Bancos e Instituições Financeiras; 
Call Centers, Telemarketing e Suporte por Telefone; 
Comércio Atacadista; 
Comércio Varejista; 
Comércio: Alimentos e Bebidas, Distribuição; 
Comércio: Automóveis e Veículos; 
Comércio: Distribuição de Produtos Farmacêuticos; 
Comércio: Informática, Hardware e Software; 
Comércio: Máquinas e Ferramentas Industriais; 
Comércio: Supermercado Atacadista; 
Comércio: Supermercado Varejista; 
Construção Civil; 
Consultoria Empresarial; 
Consultoria Industrial; 
Consultoria: Informática e Sistemas; 
Consultoria: Tecnologia da Informação; 
Engenharia Civil; 
Escolas e Instituições de Ensino em Geral; 
Escritórios de Contabilidade; 
Escritórios de Engenharia em Geral; 
Hospitais, Maternidades, Consultórios, Clínicas e Prontos-socorros; 
Indústria Alimentícia: Alimentos e Bebidas; 
Indústria Alimentícia: Café e Derivados; 
Indústria Alimentícia: Frigoríficos e Abatedouros; 
Indústria Automobilística. 

(Fonte: Infomoney).

Feliz Natal e um prospero 2013!!!

3:57 PM, 19/12/2012


Deixem um pouco de lado os problemas, curtam seus familiares e se de um momento de paz. 

Renove as esperanças num Ano Novo melhor, com muita prosperidade, muito trabalho e saúde.

Estamos no final de mais um ano, época em que nós paramos para somar as coisas boas que aconteceram em nossas vidas.

Que você possa ser feliz, que consiga tudo o que vem buscando, porque o tempo passa e é com o passar do tempo que a gente consegue definir o que é realmente bom na vida, não perca a fé, nem a esperança em dias melhores, quem sabe 2013 será o recomeço de uma vida melhor e te traga a grata surpresa de um novo emprego ou um novo empreendimento que tirara você da sombra e o levará a luz e ao sucesso.

Desejo a todos um  Um feliz Natal e Ano Novo Maravilhoso!

 

 

O plano B da meia-idade

1:22 PM, 7/11/2012

 

Se você já se aposentou ou esta desempregado poderá tentar algumas em algumas profissões que antes nem passavam em sua idéia, se voce esta busca de uma nova oportunidade, faça como muitos quarentões que estão de volta aos estudos, se aperfeiçoando para ingressar em uma nova carreira.

Veja alguns exemplos:

Corretor de imóveis


O corretor de imóveis, também conhecido como corretor imobiliário, é a pessoa que intermedeia, durante a transação de um imóvel (urbano ou rural), a relação comercial entre o vendedor e o cliente comprador. Cabe, portanto, ao corretor apresentar ao(s) comprador(es) o imóvel que será negociado, disponibilizando as informações necessárias para que a venda seja efetuada.

Para seguir esta carreira legalmente é preciso que o corretor esteja credenciado junto ao CRECI (Conselho Regional de Corretores de Imóveis). O corretor de imóveis pode ser bacharel em Ciências Imobiliárias, curso que tem duração de quatro anos. Pode também ter o curso de Gestão Imobiliária (com duração de dois anos) ou pode especializar-se como técnico em Transações Imobiliárias, cuja duração é de apenas um ano. Outra opção para exercer esta profissão é fazer o Exame de Proficiência, fato que lhe permite não somente ser um corretor, como também possuir sua própria administradora de imóveis (imobiliária).

Dentre as características necessárias para ser um corretor podemos citar a aptidão e o gosto por vendas. O trabalho deste profissional fica muito mais fácil se ele possuir carisma, bom humor, raciocínio espacial aguçado, paciência e aptidão para relacionar-se com o público, dedicação, argumentação e capacidade de convencimento, boa aparência e manter-se bem informado.

As principais atividades de um corretor de imóveis são a organização da compra, locação, permuta, venda e incorporação de imóveis e a reunião dos documentos e papéis que serão usados na negociação; apresentação de imóveis para a visitação do público, bem como do projeto desenvolvido e dos arredores do imóvel; a intermediação da negociação e a verificação da correta construção do imóvel.

O corretor pode trabalhar em empresas imobiliárias, construtoras, cartórios de registros de imóveis, leilões (empresas judiciárias), consórcios imobiliários, empresas de loteamento e planejamento imobiliário, etc.

Maiores informações: http://www.crecisp.gov.br

 

Guia de Turismo

Para se tornar um Guia de Turismo, você deve fazer um curso de QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL DE NÍVEL TÉCNICO EM GUIA DE TURISMO. Informações no SENAC de seu Estado.
Após terminar o curso e ser aprovado, deverá dirigir-se à Secretaria de Turismo de seu Estado para solicitar a credencial de Guia de Turismo;
Após receber sua credencial emitida pelo Ministério do Turismo, você poderá associar-se à ABGTUR, entidade legalmente constituída e representativa da classe.

Conforme a formação profissional e as atividades desempenhadas comprovadas no Decreto 946 de 1º de Outubro de 1993, o Guia de Turismo é cadastrado nas seguintes categorias:

GUIA REGIONAL: quando das suas atividades compreender a recepção, o traslado, o acompanhamento, a prestação de informações e assistência a turistas, em itinerários ou roteiros locais ou intermunicipais de uma determinada unidade da Federação, para visita a seus atrativos turísticos;

GUIA DE EXCURSÃO NACIONAL: quando das suas atividades compreender o acompanhamento e a assistência a grupos de turistas durante todo o percurso da excursão de âmbito nacional ou realizada na América do Sul, adotando em nome da agência de turismo responsável pelo roteiro, todas as atribuições de natureza técnica e administrativa necessárias à fiel execução do programa;

GUIA DE EXCURSÃO INTERNACIONAL: quando das suas atividades compreender as atividades do Guia de Excursão Nacional para os demais países do mundo;

GUIA ESPECIALIZADO EM ATRATIVO TURÍSTICO: quando das suas atividades compreender a prestação de informações técnico-especializadas, sobre determinado tipo de atrativo natural ou cultural de interesse turístico, na unidade da Federação para o qual o mesmo se submeteu a formação profissional específica.

 

Maiores informações : http://www.abgtur.tur.br

O que devemos evitar e omitir no currículo

8:29 AM, 24/10/2012

 

 

 1. Mentiras

Jamais minta no seu currículo, porque é algo muito fácil de ser verificado. Primeiro, o recrutador pode buscar na internet e descobrir isso em minutos. Segundo, ele pode verificar isso mesmo na entrevista. Ele vai perguntar sobre uma habilidade constada no seu currículo que você não tem e você vai dar uma série de pistas que está mentindo: por exemplo, vai evitar contato visual, vai mudar de assunto mais rápido possível e não fornecerá as informações nas especificidades típicas de alguém que tem aquela qualificação.

2. Redes sociais

Não é que você esteja estritamente proibido de fornecer suas redes sociais. Mas não é necessário porque ele vai pesquisar de qualquer forma se estiver realmente interessado em você. O que você não deve fazer é fornecer as suas redes sociais se elas não estiverem adaptadas para um profissional.

3. Atividades sem sentido

Não adianta dizer que você joga baseball se você está se candidatando para uma vaga de professor de português. O currículo é um documento que não deve conter muitas páginas, portanto, escreva somente o necessário.

O que você DEVE pôr no currículo

 

1. Contribuições concretas

Não caia no erro de colocar “experiência" em determinada área em seu currículo. Os recrutadores não querem simplesmente saber onde você trabalhou, com o que e no que você adquiriu experiência. Eles querem saber o que você fez lá. Portanto, escreva contribuições concretas à empresa onde você trabalhou.

O que você deve OMITIR no currículo

 

1. Demissões

Não precisa dizer que você foi despedido no seu currículo. Não é mentir, é só não contar uma informação que pode ser muito bem omitida. Mas se você for perguntado, não minta. Conte o que aconteceu e explique você aprendeu a lição.

2. Interrupções

Você não precisa dizer que deixou certo emprego porque queria viajar, fazer um intercâmbio, ou qualquer outra razão menos “nobre” aos olhos do seu recrutador. É o tipo de informação que realmente não vale a pena ser mencionada.

http://www.trabalhando.com/conteudo/noticia/20522?utm_source=newsletter&utm_medium=mail&utm_campaign=newsletter

4:05 PM, 12/10/2012

DICAS PARA ENCONTRAR TRABALHO DEPOIS DOS 50

Se jovens reclamam do mercado de trabalho, o que dizer de profissionais acima dos 50 anos? 

Ainda existe muito preconceito contra profissionais mais velhos no ambiente de trabalho. Por parte dos responsáveis pelos processos de contratação, dos gerentes que irão liderar esses profissionais ou por política da própria empresa, que acredita que um quadro de funcionários compostos basicamente por jovens irá passar uma imagem de modernidade e agilidade.

Independente de tudo isso, profissionais experientes estão decididos a retornar ao mercado de trabalho com uma freequência cada vez maior, seja por questões pessoais, profissionais ou financeiras.

De modo geral, se você é um candidato mais velho e está preocupado com o fato de que sua idade pode pesar contra você no processo de seleção, o melhor a fazer é achar uma forma de desviar a atenção do quesito idade e passar a dar ênfase à sua capacidade de contribuir de forma concreta para o sucesso da empresa. Veja a seguir algumas estratégias que você pode adotar em sua busca por uma colocação profissional:

·Antes de mais nada, revise seu currículo - consulte um expert se necessário. Fique atento a erros de ortografia e concordância e a inconsistências nas datas. Além disso, é provável que o currículo que você utilizou anos atrás já não seja adequado atualmente.

·
Registre-se em empresas de trabalho temporário de sua região, já que elas não se importam tanto com a idade mas sim com suas experiências e habilidades. Além do mais, serviços temporários irão enriquecer e atualizar seu currículo para outras oportunidades.

·Tente obter uma entrevista em uma empresa na qual não esteja interessado em trabalhar - esta é uma forma de praticar suas habilidades de entrevistado. Afinal, você não vai querer fazer a primeira entrevista, depois de muito tempo longe do mercado, com a empresa de seus sonhos.

·Coloque seu nome em painéis e outras ferramentas de colocação profissional que disponibilizem vagas para profissionais mais velhos.

·Esteja aberto a trabalhar por projetos ou em caráter temporário, uma vez que esse tipo de colocação aparece com mais freqüência do que trabalho permanente ou em período integral.

·Considere entrar no segmento de Saúde e Bem Estar. Estude e obtenha certificação em profissões ligadas à área, como enfermeira, fisioterapeuta, etc. A demanda é crescente nestas áreas e a idade é normalmente vista como sinônimo de confiança e responsabilidade.

·Passe menos tempo procurando uma posição em aberto e mais tempo criando a posição que deseja. Procure empresas que necessitem do tipo de experiência que você tem a oferecer. Consiga uma entrevista pessoal com um dos líderes da empresa através da rede social que você desenvolveu e manteve durante todos esses anos. Converse sobre as metas da empresa. Ouça bastante mas fale também sobre como você pode ajudá-los a atingir essas metas.

·As coisas são mais difíceis depois dos 50, portanto aumente sua rede social, amplie sua área de interesse, envie mais cartas de apresentação, dê mais telefonemas e sinta-se energizado por tudo que conseguir a cada dia.

·Tenha estratégias definidas para cada canal: amigos, antigos empregadores, anúncios, internet, contatos sociais, recrutadores.

·Mantenha o contato com os headhunters em base regular, mas seja criativo em seus contatos. Comente um artigo escrito pelo consultor, uma notícia sobre o mercado de trabalho, etc.

·Não leve a falta de resposta para o lado pessoal. A maioria das empresas recebe muito mais solicitações do que pode atender. As respostas que receber são importantes portanto trate-as como tal.

·Amplie sua rede de contatos. Use o Linkedin, Facebook, Orkut para se reconectar com pessoas que não encontra há tempos. Participe de reuniões e conferências patrocinadas por instituições acadêmicas, profissionais ou culturais.

·Buscar emprego hoje é muito diferente do que era há alguns anos atrás. Quase todas as vagas são postadas online. Graças a ferramentas como o Facebook, Plaxo, LinkedIn, é provável que você esteja a apenas 6 graus de separação do emprego dos seus sonhos. Assegure-se de que você está otimizando suas conexões.

·Use as ferramentas de contato virtuais para se manter conectado com as pessoas no mundo real. Envolva-se com as empresas de seu interesse e com as comunidades a elas relacionadas. LinkedIn possui uma seção Empresas que pode ajudá-lo nesse sentido. 

Além das idéias preconcebidas sobre sua produtividade, capacidade de se adaptar a mudanças ou flexibilidade para trabalhar com pessoas mais jovens, profissionais mais velhos ainda podem se deparar com o impacto dos fatores econômicos sobre o mercado de trabalho.

Não há muito que se possa fazer com relação à economia, mas a situação é outra quando se trata de como você se apresenta a seu potencial empregador. As dicas abaixo podem ajudá-lo a otimizar suas chances no mercado de trabalho.

ENTREVISTA

·Ao ser entrevistado para um trabalho, informe que está disposto a trabalhar por projeto ou por tempo determinado. Isso representa uma vantagem sobre trabalhadores mais jovens, que normalmente não podem aceitar esse tipo de vínculo.

·Deixe claro que embora você tenha muita experiência, não se acomodou. Demonstre que está em dia com as novas tendências de administração, ferramentas, estratégias de seu campo e que sabe como aplicá-las no trabalho. Esteja consciente de que em grandes empresas você provavelmente estará lidando com pessoas de diferentes gerações e enfatize que você é flexível e se adapta a diferentes estilos de trabalho de modo a atingir um objetivo comum.

·Idade é um número e você pode usar esse número a seu favor - ou não. Considere as vantagens advindas com a idade: experiência, maturidade, responsabilidade, uma perspectiva mais realista, confiança, um conjunto mais equilibrado de habilidades técnicas e comportamentais, e muito mais. Concentre-se no que o faz especial, no que tem a oferecer, no que realizou e deixe que as pessoas saibam disso.

·É impossível e desaconselhável mentir sobre a idade mas também não é necessário listar empresas nas quais trabalhou há 25 anos - mesmo porque você provavelmente ocupava uma posição bastante diferente daquela para a qual está se candidatando agora.

·Sua aparência é importante, já que muitas pessoas ainda se deixam influenciar pela primeira impressão. Idade não é problema, mas parecer velho sim. Cuidado com gravatas ultrapassadas, cintos e sapatos gastos, bolsas que já viram melhores dias. Compre um vestido ou terno novo e aproveite para atualizar o corte de cabelo. Invista em um novo par de óculos. Você não terá uma segunda chance de causar uma boa primeira impressão. Atualize seu guarda-roupa com a ajuda de um estilista - várias lojas de departamentos têm profissionais que podem orientá-lo sem custo algum. Obtenha noções de maquiagem (oferecidas gratuitamente por marcas de cosméticos em lojas especializadas ou de departamentos). Avalie a necessidade de melhorar a estética de seus dentes, trocando restaurações ou fazendo clareamento.

·Enfatize suas realizações: anos de experiência como gerente ou executivo; liderou processos de mudança; responsável pela governança corporativa. Mesmo que tenha ficado fora do mercado de trabalho por um tempo, olhe para o que tem feito de outro modo: você tem sido um free lancer.

ATITUDE

·Idade é um estado de espírito. Se agir como velho, será visto como velho. Se você é energético, positivo, profissional e talentoso, é isso que o entrevistador verá, e não a quantidade de cabelos brancos em sua cabeça.

·Não assuma que por ser mais velho que seus colegas você sabe mais que eles. Todo mundo traz algo de valor para a mesa, independente da idade ou do nível de experiência.

·Mostre como poderá usar de imediato as habilidades adquiridas em seu último trabalho no trabalho atual. 

·Não reclame de sua última empresa, sua situação financeira, sua saúde, seus filhos, etc. O entrevistador está interessado em melhorar os resultados da empresa, não em resolver seus problemas. 

·Cuidado para não passar a impressão de que nada é mais novidade para você. Você precisa demonstrar entusiasmo e excitação com relação a tudo, mesmo que tenha feito isso nos últimos 30 anos

ATUALIZE-SE

·Não pare no tempo: aprenda novas tecnologias, conheça as novas linhas do pensamento econômico, novas teorias de administração, novas formas de fazer negócio e novas tendências culturais. Assine revistas de negócios ou use a internet para se manter em dia com o mundo corporativo. 

·Mantenha-se atualizado com relação às novas tecnologias de sua área de atuação. Por exemplo, se sua área for Vendas, saiba fazer uso da tecnologia móvel como Smart Phones e aplicativos de Web 2.0.  Domine o PowerPoint, Excel, Publisher e saiba como iniciar e postar em um blog. Se for atuar como consultor, é importante ter um escritório bem montado em sua casa, incluindo computador, fax, impressora, conexão de banda larga. Os aplicativos de seu computador devem estar atualizados e serem compatíveis com os softwares usados na maioria das empresas. 

·Saiba como usar o Facebook, Orkut, MySpace, Twitter e afins. Se você não souber do que estamos falando, peça a ajuda de seus filhos ou dos netos. Eles com certeza dominarão essas ferramentas e ficarão felizes em ensiná-lo a usá-las. Afinal, esses instrumentos fazem parte da vida nos dias de hoje e você vai acabar se surpreendendo e se divertindo muito com eles.

·Faça uma auto-avaliação honesta: como as pessoas o vêem: sua aparência, as palavras que usa, suas atitudes. Dê um jeito em sua imagem antes de entrar no mercado.

Buscar emprego quando se é mais velho é um desafio, porque você não traz somente anos de experiência para a mesa - você traz também a expectativa (presumida pelo menos) de um salário mais alto, menor flexibilidade para fazer as coisas de um novo jeito, menor tolerância para acabar ordens de uma pessoa mais jovem. Por isso, é vital conhecer o negócio, os objetivos e a cultura de seu potencial empregador, de modo a poder demonstrar como irá contribuir para o seu sucesso. Em resumo, mostrar que você se encaixa tão bem na vaga e na empresa que a idade não faz qualquer diferença!

Como fazer uma boa entrevista mesmo se sentindo feio

9:40 AM, 31/7/2012

 

Há dias em que, simplesmente, não nos sentimos bem com a nossa aparência e pode ser que isso aconteça no dia da sua entrevista de emprego. O que fazer?

Você acordou cedo, desligou o despertador, se espreguiçou, tomou café e foi se olhar no espelho antes de se arrumar para a sua entrevista de emprego. Tudo está um desastre. Você dormiu com o cabelo molhado, aquela espinha nasceu, você tem olheiras e nenhuma roupa parece apropriada para você. Isso é totalmente passível de acontecer e, com certeza, muitos já passaram por isso. O nervosismo pode prejudicar-nos tanto que chegamos a pensar que não nos sairemos bem por causa de nossa aparência. Mas mesmo assim, há uma saída para isso.

Como fazer uma entrevista mesmo se sentindo feio?

Saiba como:

 

Como fazer uma boa entrevista mesmo se sentindo feio - 1. Examine sua aparência

 

Você é/está realmente feio ou está sendo duro demais consigo mesmo? Entrevistas de emprego normalmente nos deixam nervosos e vulneráveis. Portanto, é necessário que você reflita e considere realmente a sua aparência. Pense se não é o seu nervosismo que está pondo você para baixo antes de se considerar pouco atrativo.

Como fazer uma boa entrevista mesmo se sentindo feio - 2. Considere suas características

A maioria das pessoas tem características que elas gostam mais e menos. Por isso, se você acha seu olho bonito, destaque-o com uma maquiagem, por exemplo. Ser atraente é saber jogar bem com essas qualidades e defeitos. Ninguém é perfeito, todos temos defeitos. Mas isso não é desculpa para acentuá-los usando roupas inapropriadas, não arrumar o cabelo direito, agir sem confiança ou andar cabisbaixo.

Como fazer uma boa entrevista mesmo se sentindo feio - 3. Investigue a empresa

Cada empresa tem seu próprio estilo. Investigue o estilo de cada um que trabalha lá. Que tal aparecer por lá uns dias antes? Talvez seja mais importante incorporar o estilo da companhia do que propriamente parecer bonito. Afinal das contas, a menos que a entrevista seja para modelos, a aparência não é essencial.

Como fazer uma boa entrevista mesmo se sentindo feio - 4. Ajuda profissional

Se, mesmo assim, tudo está perdido, procure ajuda profissional. Conte para o seu cabeleireiro ou esteticista sobre os seus objetivos profissionais, sobre a empresa para a qual você quer trabalhar. No entanto, evite fazer mudanças drásticas, como botox e cirurgias plásticas. Lembre-se de que a busca incessante pela beleza é um labirinto sem volta.

Como fazer uma boa entrevista mesmo se sentindo feio - 5. Roupas

Antes de considerar se você está bonito ou não, é mais importante estar vestido apropriadamente. Como já dito, procure descobrir o estilo da empresa. Descubra se você tem que ir de social, sport fino, casual, etc. Depois invista numa roupa bonita para a entrevista. Você pode também pedir conselhos para estilistas e até para o vendedor da loja.

Como fazer uma boa entrevista mesmo se sentindo feio - 6. Inteligência

Se você não é muito atraente, garanta-se pela sua inteligência. Se você se mostra esperto e como alguém que tem maestria na sua área, é provável que o entrevistador não se atenha à sua aparência e, sim, à sua inteligência e maestria.

 

Fonte: Universia Brasi
l

CURSOS ONLINE E GRATUITOS PARA VOCÊ RECICLAR SEUS CONHECIMENTOS

10:37 AM, 26/4/2012

 Aqui você vai conhecer uma infinidade de cursos on-line, tutoriais, apostilas, vídeos-aulas, redes sociais, enfim, tudo aquilo que a internet nos proporciona gratuitamente e que nos ajuda a aprender sobre tudo o que se possa imaginar, e quem sabe fazer conseguir um novo emprego ou abrir um novo negócio.

Aproveite!!!

Click nos link na cor azul e será direcionado no site do curso

IDIOMAS: INGLÊS

ADVANCED ENGLISH LESSONS

Site, em inglês, para quem já é iniciado no idioma e quer conteúdos um pouco mais avançados. Aborda gramática, tempos verbais, gerúndios, preposições, verbos irregulares, etc. Apresenta alguns tipos de dicionários também (inglês para estrangeiros, inglês-inglês, verbos irregulares, Phrasal Verbs, etc.).

BBC LEARNING ENGLISH

Desenvolvido pela BBC de Londres, visa o aprendizado do idioma inglês através de diversos conteúdos segmentados (gramática e vocabulário, textos diversos, notícias, conteúdos para professores,etc.).

ENGLISH EXPERTS

Blog que pretende ser uma guia para quem estuda inglês por conta própria via internet. Há uma infinidade de dicas para todos os níveis de aprendizado.

INGLÊS ON LINE

Curso para iniciantes, com dicas de pronúncia e lições.

VERB 2 VERBE

Conjugador de verbos em inglês e em francês. Você coloca o verbo que deseja verificar e ele mostra a conjugação de todos os tempos verbais.

YAPPR

Rede social onde os integrantes aprendem inglês através de bate-papo e vídeos.

 

IDIOMAS: ESPANHOL

CENTRO VIRTUAL CERVANTES

Desenvolvido pelo Instituto Cervantes, possui extenso material de leitura (alguns dedicados, também, a professores de língua espanhola).

 

IDIOMAS: ALEMÃO E FRANCÊS

DEUTSCHE WELLE

Os recursos oferecidos por este site ajudam tanto iniciantes quanto estudantes avançados da língua alemã. São áudios, vídeos e textos que treinam, de forma autodidata, a compreensão, a conversação e a pronúncia. O site pode ser configurado em diversos idiomas, inclusive o português.

FRANÇAIS INTERACTIF

O internauta aprende o idioma e a cultura ao acompanhar estudantes da Universidade do Texas em um programa de verão em Lyon, na França. Há vídeos e áudios. O site está em inglês.

FRANCO CLIC

Destinado aos alunos e professores interessados na aprendizagem e no ensino da língua francesa e das culturas francófonas. É resultado de uma parceria entre a Embaixada da França no Brasil e o Ministério brasileiro da Educação.

LEARN FRENCH

Esse site, em inglês, oferece lições básicas da língua francesa. É possível aprender conjugações de verbo, frases para as situações mais comuns e a pronúncia das palavras. As aulas estão disponíveis em áudio e vídeo.

 

 

IDIOMAS: CHINÊS E JAPONÊS

A-CHINA.INFO (chinês)

Oferece diversos recursos para aprender o idioma e saber mais sobre a cultura chinesa.

APRENDA CHINÊS COM 500 PALAVRAS

Livro que pode ser obtido via donload gratuitamente. Desenvolvido pela Comissão dos Assuntos Referentes aos Chineses no Exterior, foi escrito pela Profª Ji-Hua Liou, da Universidade Nacional Cheng Chih e traduzida para o português pelo Profº Dr. Alexander Chung Yuan Yang, da Universidade de São Paulo – USP.

APRENDENDO JAPONÊS

Blog que oferece informações e dicas sobre alternativas, novos métodos e materiais para o estudo da língua japonesa (através de músicas, filmes, cultura pop, etc.) voltadas para todos os níveis de conhecimento.

LÍNGUA JAPONESA

O site está em português e organiza diversos tipos de recursos para quem tem interesse em aprender a língua. O link acima direciona para um guia que orienta nos primeiros passos para iniciar os estudos.

JAPANESE IN ANIME & MANGA

Site, em inglês, direcionado a estudantes e professores da língua japonesa que gostam de mangá (quadrinhos) e anime (desenhos animados). O método visa proporcionar o aprendizado do idioma de forma divertida, desde os níveis iniciantes até os avançados.

NHK WORLD

Conta com várias lições voltadas para iniciantes, em português. Os vídeos e áudios (estes podem ser baixados em seu tocador de MP3) ajudam a assimilar a pronúncia. Foi desenvolvido pela NHK, emissora pública de TV e rádio do Japão.

 

IDIOMAS: RECURSOS MULTILÍNGUES

BITESIZED LANGUAGES

Comunidade on-line voltada para o intercâmbio e aprendizagem de línguas. Os cadastrados recebem diariamente um e-mail contendo a “palavra do dia” no idioma escolhido, uma frase aplicando-a e um link para áudio para ouvir a sua pronúncia.

Apresenta uma interface em português também: 
http://portugues.bitesizedlanguages.com

EPHISTO

Comunidade global de idiomas. O idioma padrão da página é inglês, mas ele pode ser configurado para outro (como o português), para facilitar. Aqui a pessoa pode ler notícias em tempo real e discutir artigos no idioma escolhido.

FORVO

O site, considerado o maior guia de pronúncias do mundo, oferece mais de 693 mil pronúncias em 258 idiomas distintos, todas disponibilizadas por voluntários do mundo todo.

ITALKI

Semelhante ao Livemocha, é uma rede social que reúne pessoas dispostas a trocar informações sobre seus idiomas nativos com outros que querem aprendê-los. Além de novos conhecimentos, ganha-se novos amigos.

LANGUAGE GUIDE

Oferece recursos de som integrado para o aprendizado de línguas. Abrange os seguintes idiomas (inglês, espanhol, francês, alemão, italiano, português, russo, hebraico, árabe, mandarim, japonês, vietnamita e hindu).

LINGUEE

Diferente de um tradutor ou dicionário de idiomas, o seu sistema usa textos bilíngues, já disponíveis na rede, para oferecer traduções contextualizadas aos seus usuários. Quando há mais de um resultado para as buscas, as opções mais bem votadas pelos usuários do site ficam em destaque.

LIVEMOCHA

Rede social que reúne pessoas, do mundo todo, que querem aprender com os nativos do idioma de interesse. Abrange 21 idiomas diferentes e as lições cobrem leitura, compreensão e expressão oral, escrita e gramática. Você pode aprender ao mesmo tempo que ensina um outro usuário.

ODDCAST

Este site permite com que as pessoas testem a pronúncia e a audição de termos em diversas línguas (como, por exemplo, inglês e espanhol).

WEBLÍNGUAS

As aulas são dadas através e-mails semanais, com pequenas lições, enviadas aos alunos, com exercícios no idioma escolhido para cada aluno cadastrado. Os alunos ainda podem ter acesso às lições enviadas anteriormente e suas respectivas respostas.

 

INFORMÁTICA E TECNOLOGIA

CADERNOS ELETRÔNICOS DO ACESSA SÃO PAULO

O site do programa Acessa São Paulo – cujo objetivo é a inclusão digital da população do Estado de São Paulo - tem muitos conteúdos que ensinam muitas coisas interessantes. Os cadernos eletrônicos, que podem ser “baixados” em PDF, vão desde noções básicas de informática e internet (como usar e gerenciar e-mails) até um pouco mais avançadas (noções de Web 2.0 e aplicativos on-line).

CURSO DE BLOGS - VÍDEO-AULA

O Acessa São Paulo também disponibiliza uma série de vídeos que ensinam a fazer um blog.

ESCOL@ VIRTUAL DA FUNDAÇÃO BRADESCO

Criada pela Fundação Bradesco em parceria com empresas de TI, a escola oferece uma infinidade de cursos gratuitos, totalmente on-line ou semi-presenciais. Há cursos introdutórios de desenvolvimento Client e Web, informática básica, infra-estrutura e projetos de sistemas.

IDEAL GRÁTIS CURSOS

Reúne cursos, apostilas, manuais e e-books gratuitos sobre os mais diversos temas: alimentação, artes, música, informática, etc. Disponibiliza cursos de PHP, lógica de programação, CGI, ASP, HTML, entre outros.

INFO DICAS

Na página da revista Info Abri há diversas dicas, tutorias e cursos gratuitos sobre os mais diversos recursos e plataformas (utilitários de escritório, internet, vídeo, segurança, banco de dados, etc.). É possível fazer cursos gratuitos de Flash, configuração de redes Wi-Fi, entre outros.

JEDI – DFJUG-BRASIL

Portal de cursos a distância com foco em Java. Abrange cursos sobre banco de dados, segurança, sistemas operacionais e outros. Está disponível em português, francês e inglês.

MINI CURSOS VIRTUAIS DA UNICAMP

Projeto desenvolvido pela equipe de Educação a Distância do Centro de Documentação Computação da Unicamp. Não é necessário se inscrever. O estudo pode ser feito on-line ou através de um arquivo que contém todo o material do curso. Há cursos de CSS, busca na Web, tecnologia XML, conceitos básicos sobre videoconferência, etc.

NEXT GENERATION CENTER - INTEL

Portal, desenvolvido pela Intel, voltado para formação e aperfeiçoamento de estudantes e profissionais de TI. Disponibiliza cursos gratuitos em português sobre os mais diversos temas que envolvem tecnologia e gestão (aplicativos de business intelligence, CRM, convergência, segurança, gestão de negócios, etc.)

STANFORD ENGINEERING EVERYWHERE

A Universidade de Standford (California, EUA) disponibiliza alguns cursos de Introdução à Ciência da Computação, Inteligência Artificial e Sistemas Lineares e Otimização. O conteúdo está todo em inglês.

TI MASTER

Site voltado para profissionais de Tecnologia da Informação. Oferece diversos cursos on-line gratuitos em parceria com instituições de ensino e fabricantes. Há cursos de desenvolvimento básico de websites, introdução de reces, extranets, etc.

 

MATEMÁTICA E FÍSICA

E-FÍSICA - ENSINO DE FÍSICA ONLINE

O Centro de Ensino e Pesquisa Aplicada do Instituto de Física da Universidade de São Paulo disponibiliza diversos cursos na área do ensino de Física (Mecânica, Ótica, Eletricidade e Magnetismo, Oscilações e Ondas, Mecânica Quântica e Física Moderna)

FÍSICA DÁ FUTEBOL

Aqui o interessado aprende noções de Física tendo como pano de fundo o futebol. Coordenado pela USP, é um projeto de divulgação científica da Incubadora Virtual Fapesp.

O FASCINANTE NÚMERO PI

Página criada por alunas da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, para contar a história e curiosidades sobre o número Pi.

 

 

ARTES E ARTESANATO

AULAS DE TRICÔ DA REGINA

Aulas, em PDF, para aqueles que querem aprender a tricotar, elaboradas por Regina Rogers, especialista na técnica.

CURSOS AGULHA DE OURO

O site ensina diversas técnicas que utilizam linhas e agulhas (tricô, crochê, renda, bordado, etc.), através de orientações, fotos e vídeos. Desenvolvidos pela revista Agulha de Ouro.

CURSO DE FOTOGRAFIA DA KODAK

No site da Kodak, há dicas e tutoriais sobre história da fotografia, cursos de fotografia tradicional e digital e dicas para se tirar uma boa foto.

FEITO À MÃO

Apresenta mais de 30 aulas com o passo-a-passo completo para confeccionar peças artesanais. Faz parte da Escol@ Virtual da Fundação Bradesco, em parceria com o canal Futura.

IDEAL GRÁTIS

Reúne cursos, apostilas, manuais e e-books gratuitos sobre os mais diversos temas: alimentação, artes, música, informática, etc. Há cursos para corte e costura, etiqueta, curso básico de teoria musical, violão, saxofone, bonsai e artesanatos em geral.

INTRODUÇÃO À HISTÓRIA DA ARTE

Um site bastante completo com vídeos que explicam cada período artístico desde a arte primitiva e rupestre até a arte contemporânea.

 

EDUCAÇÃO

LABORATÓRIO DIDÁTICO VIRTUAL DA USP

Coordenado pela Faculdade de Educação da USP - Universidade de São Paulo, o site do projeto apresenta simulações feitas pela equipe do laboratório a partir de roteiros de alunos do ensino médio das escolas da rede pública, links interessantes e exemplos de projetos educacionais nas áreas da Física e Química.

LUDOTECA DO INSTITUTO DE FÍSICA DA USP

Desenvolvido pelo Instituto de Física da Universidade de São Paulo. O projeto elabora materiais didáticos, experimentos, brinquedos e jogos em Física para o ensino fundamental e médio.

PORTAL DO PROFESSOR

Portal, lançado em 2008, pelo Ministério da Educação em parceria com o Ministério da Ciência e Tecnologia, com o objetivo de apoiar os processos de formação dos professores brasileiros e enriquecer sua prática pedagógica. Através do portal é possível: produzir e compartilhar sugestão de aulas; acessar informações sobre prática educacional; acessar e baixar coleção de recursos multimídia, etc.

RIVED - REDE INTERATIVA VIRTUAL DE EDUCAÇÃO

Programa da Secretaria de Educação a Distância - SEED, que tem por objetivo a produção de conteúdos pedagógicos digitais, na forma de objetos de aprendizagem. Eles vêm acompanhados de um guia do professor com sugestões de uso. Os conteúdos são públicos e estão sendo, gradativamene, licenciados pelo Creative Commons.

 

UNIVERSIDADES (CONTEÚDOS DE CURSOS DIVERSOS)

UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL

A UAB é uma rede, criada pelo Ministério da Educação em 2005, que disponibiliza cursos superiores a distância (graduação e pós-graduação) , em diversas instituições de ensino superior de todo o Brasil. Há cursos gratuitos e pagos. O processo de seleção segue o modelo tradicional dos cursos presenciais, que é o de prestar vestibular. A exigência é de que os candidatos tenham concluído o ensino médio. A realização das provas fica a cargo das instituições públicas de ensino superior.

OPEN COURSE WARE CONSORTIUM

O OCW é um consórcio de instituições de ensino de diversos países que oferecem conteúdos e materiais didáticos gratuitamente pela internet em diversas áreas. Sua missão é prover educação e capacitar pessoas no mundo todo. Geralmente, os cursos não proporcionam certificados ou títulos, mas contribuem para troca e aquisição de conhecimento.

MASSACHUSSETS INSTITUTE OF TECHNOLOGY (MIT)

O conceituado instituto disponibiliza através do programa Open Course Ware mais de mil cursos gratuitos pela web. Os interessados podem ter acesso a notas de leitura, situações-problema, exercícios, vídeos, etc. Porém, o próprio MIT adverte: o sistema não confere títulos ou certificados, não é um processo para seleção de entrada em cursos do MIT e os materiais podem não refletir a íntegra dos conteúdos dos cursos. Há cursos em todas as áreas: Engenharia, Biologia, Linguística, Economia, Artes, Antropologia, entre outras.

Veja os cursos disponíveis em português.

PORTAL DE ENSINO ABERTO DA UNICAMP

Oferece acesso livre ao material didático utilizado nos cursos da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas).

CURSO DE REDAÇÃO CIENTÍFICA DA UNESP

Curso gratuito e aberto de redação científica, oferecido por meio de vídeos. Proporciona a programas de pós-graduação conteúdo destinado à formação de mestres e doutores. Aborda temas como: importância das bases filosóficas, ciência e tecnologia, passos para a publicação, tipos de pesquisa, por onde começar a redação, entre outros.

 

GESTÃO PÚBLICA, POLÍTICA E CIDADANIA

CURSO A DISTÂNCIA DE INICIAÇÃO POLÍTICA DO ILP E FUNDAÇÃO MÁRIO COVAS

Curso desenvolvido pelo Instituto Legislativo Paulista, em parceria com a Fundação Mário Covas, e destinado a jovens de 14 a 19 anos que se interessem pelo tema. O curso divide-se em 5 módulos e não há limites para período de matrícula ou para início. Há prova final e certificado.

CURSO DO INSTITUTO LEGISLATIVO BRASILEIRO DO SENADO FEDERAL

O ILB é um setor do Senado Federal que visa a capacitação técnico-profissional voltado a servidores públicos de todas as esferas do Poder Legislativo e de órgãos conveniados a ele, em todo o Brasil. Oferece cursos de educação a distância (com ou sem tutoria) e de educação presencial.

ESCOLA NACIONAL DE ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA - ENAP

Vinculada ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, tem como missão a capacitação de dirigentes para a gestão de políticas públicas. Oferece recursos diversos sobre o tema: cursos presenciais e à distância, comunidades e oficinas virtuais, além de publicações em texto integral.

JURIS WAY

Disponibiliza mais de 700 cursos sobre temas jurídicos (diversas áreas do Direito) e áreas de apoio, como Português, Inglês e Desenvolvimento Pessoal. Não oferece certificado.

 

NEGÓCIOS, EMPREENDEDORISMO, ADMINISTRAÇÃO E FINANÇAS

CURSOS A DISTÂNCIA DO CIEE

Cursos diversos oferecidos pelo Centro Integração Empresa-Escola. O acesso é feito mediante cadastro que deve ser realizado conforme o perfil do interessado: visitante, estagiário, estudante com interesse em programas de estágio, adolescente aprendiz, trainee, entre outros. Há cursos como: administração do tempo, atendimento ao cliente, atitude empreendedora, como se comportar em entrevistas, finanças, flash, matemática básica, introdução a projetos, entre outros.

CURSOS DA BOVESPA

A Bolsa de Valores de São Paulo cursos gratuitos e presenciais (Finanças Pessoais e Introdução ao Mercado de Ações) aos interessados de todas as idades. Mas também há recursos para que as pessoas aprendam pela internet, como os cursos básicos para iniciantes, o guia on-line do mercado, os vídeos de palestras, o dicionário de finanças e diversas publicações que podem ser obtidas via download.

EDUCAÇÃO SEBRAE

Desenvolvido pelo SEBRAE, este ambiente é voltado para a educação empreeendedora. Os cursos a distância oferecidos são: Aprender a Empreender, Análise e Planejamento Financeiro, Como Vender Mais e Melhor, D-Olho na Qualidade: 5Ss para os Pequenos Negócios, Gestão de Cooperativas de Crédito.

FGV ON-LINE

A Fundação Getúlio Vargas faz parte do consórcio de instituições de ensino de diversos países que oferecem conteúdos e materiais didáticos gratuitamente pela internet, o Open Course Ware Consortium. Os cursos são introdutórios e organizam-se nas áreas de gestão empresarial e metodologia; além de cursos para professores do Ensino Médio.

RECEITA FEDERAL - ENSINO A DISTÂNCIA

Página em que a Receita Federal disponibiliza cursos a distância, tutoriais e dicas para facilitar o entendimento sobre CNPJ, PER/DCOMP, Simples Nacional, DCTF e Dacon Mensal 1.0 e o preenchimentos dos documentos referentes a eles.

 

Fonte: http://www.bibliotecavirtual.sp.gov.br/temasdiversos-cursos.php

Algumas idéias para conseguir emprego depois dos 40

10:59 AM, 24/4/2012

 

Não desanime, muito menos entre em pânico, se está atualmente no desemprego, daremos dez dicas que poderão ajudá-lo a regressar à vida ativa.

 

Se está desempregado, volte à estudar e melhore as suas qualidades profissionais

 

1. Recicle os seus conhecimentos e adquira novas competências. É importante que esteja familiarizado com as novas tecnologias e as aplicações informáticas mais utilizadas. Existem ações de formação que são gratuitas. Informe-se nos centros culturais ou no CEU mais próximos de sua residencia; lá existem alguns cursos profissiolalizantes gratuitos.

2. Procure emprego o mais rápido possível,  lembre-se que quanto mais afastado estiver do mercado de trabalho, mais difícil será regressar;

3. Procure empresas que tenham preferência por pessoas com mais idade;

4. Utilize as redes sociais para informar seus amigos ou antigos colegas de trabalho que está à procura de emprego. Envie o seu curriculum vitae aos que se mostrarem disponíveis para ajudar. Assim poderá entrar em contato com potenciais empregadores e alargar a sua rede de contatos;

5. Se está há procura de trabalho remunerado há muito tempo e não encontra nada, procure uma instituição de caridade ou alguma associação sem fins lucrativos e ofereça-se para fazer voluntariado. Aí poderá alargar o seu tecido social e fazer conhecimentos que mais tarde poderão ajudá-lo a conseguir uma oportunidade de trabalho;

6. Pense em criar o seu próprio negócio. Agora que tem mais tempo que tal investir em algo que sempre teve vontade de fazer e nunca teve tempo.

7. Considere opções flexíveis. Agora que já tem mais idade e potencialmente os seus filhos já não dependem tanto de si, candidate-se a ofertas de emprego com horários que à partida outras pessoas com filhos pequenos não escolheriam;

8. Esteja aberto a novas possibilidades, nomeadamente outras áreas de trabalho. Pense nas suas qualidades, competências e potencialidades e candidate-se a ofertas de várias categorias profissionais;

9. Faça algum tipo de esporte, mantenha-se dinâmico, com boa aparência, jovial e confiante. A apresentação nas entrevistas é um fator chave para ser bem sucedido, pois a primeira impressão conta muito. Provavelmente irá ser entrevistado por alguém mais novo do que si, mas não se deixe intimidar pela situação;

10. Não permita que ninguém o inferiorize pela idade que tem ou subestime o seu valor. Use essa característica como um ponto a seu favor, transformando idade em experiência

 

Qualidades estereotipadas atribuídas aos empregados jovens:

  • Fisicamente mais aptos e saudáveis;
  • Mais fáceis de supervisionar e coordenar;
  • Expectativas de salário mais baixas;
  • Mais familiarizados com as novas tecnologias;
  • Criativos.

 

Qualidades estereotipadas atribuídas aos empregados com mais idade:

  • Confiáveis;
  • Estáveis;
  • Com sólidos conhecimentos práticos;
  • Maduros.

 

Aproveite esta lista e em vez de evidenciar as qualidades típicas da sua idade, afirme ser uma pessoa dinâmica, enérgica, esportista, à vontade com as tecnologias da informação e flexível.

Boa Sorte!!!!

 

 

Veja o vídeo na uol

10:42 AM, 24/4/2012

 Cresce o número de vagas no mercado de trabalho, para quem tem mais de 50 anos de idade. Alguns já são aposentados, mas não abrem mão da atividade. Mais informações em UOL Notícias http://noticias.uol.com.br/

http://mais.uol.com.br/view/99at89ajv6h1/o-emprego-para-quem-tem-mais-de-50-anos-melhora-04023270D8A18346?types=A&

 

O que os selecionadores querem saber

9:58 AM, 10/4/2012

 Confira as perguntas mais freqüentes durante uma entrevista de emprego e prepare-se bem para o processo seletivo

 

Momento crucial de qualquer processo de seleção, a entrevista de emprego é a sua grande oportunidade para mostrar ao entrevistador que você é a melhor opção para a empresa. No entanto, devido à sua importância, é justamente nessa fase que o candidato pode colocar tudo a perder com alguma resposta inapropriada. Por conta disso, fizemos um levantamento das perguntas mais presentes nas entrevistas para descobrir o que os selecionadores querem saber dos entrevistados, e ainda sugerimos alguns exemplos de respostas que podem ajudá-lo a se preparar para enfrentar essa situação com segurança e objetividade.

Leia com atenção e treine. Mas, lembre-se, essas são sugestões e exemplos, cada entrevista tem suas peculiaridades. Acima de tudo, seja você mesmo, pois de nada adiantará parecer um robô com respostas decoradas. Aposte em suas qualidades e boa sorte!

1. Fale sobre você. 
Essa resposta deve ser muito bem praticada. Procure ser sucinto, direto e focalize os resultados. Fale somente sobre assuntos profissionais.

2. Quais são seus objetivos a curto prazo? 
Seja específico. "Quero ser gerente de vendas", por exemplo.

3. Quais são seus objetivos a longo prazo? 
Fale em termos profissionais, sendo bem objetivo: ser diretor de engenharia, gerente-geral ou algo similar. Mostre também que traçou metas, pretende fazer cursos, MBA e idiomas. É recomendável não se referir à vida particular.

4. O que você procura em um determinado emprego? 
Desafio, envolvimento e chance para contribuir para a empresa. Essa é uma das melhores respostas.

5. Você é capaz de trabalhar sob pressão e com prazos definidos? 
Sim. Dê exemplos de situações vividas em seus trabalhos anteriores.

6. Por que devemos contratá-lo? Como você poderá contribuir para o desenvolvimento e crescimento da empresa? 
Conte os benefícios que você vai trazer e como pode, com seu desempenho, gerar lucros para a empresa.

7. O que você sabe sobre nossa organização? O que o atrai nela? 
Para responder da melhor forma a essa pergunta, é preciso se preparar fazendo uma pesquisa sobre a empresa. Os melhores meios de encontrar informação são no próprio site da empresa, em revistas e conversando com pessoas que trabalham e trabalharam lá.

8. Fale sobre resultados que tenha alcançado e que tenham lhe dado grande satisfação. Liste as maiores realizações em sua carreira ou em seu emprego atual. 
Escolha bem essas realizações e mencione aquelas mais recentes e condizentes com seu objetivo profissional.

9. Quais são seus pontos fortes? 
Lembre-se, o intuito do selecionador é saber, sob seu ponto de vista, qual é o seu diferencial, ou seja, o que você tem de interessante que possa ser de substancial importância para a vaga. Utilize essa questão a seu favor, fazendo seu marketing pessoal. Liste anteriormente quais são as suas características mais positivas, principalmente aquelas relacionadas ao seu trabalho. No que você se destaca? Quais as características pessoais ou qualidades que você possui que acredita serem interessantes para a área ou empresa à qual você está se candidatando? Não tenha medo de falar sobre suas qualidades, achando que vai parecer pretensão de sua parte. Se você não mostrá-las ou se falar sem muito entusiasmo delas, poderá não despertar interesse no selecionador. Por isso, a forma como você fala é muitas vezes mais importante do que as próprias características que você cita. Você pode citar características universalmente desejadas também, tais como entusiasmo, persistência, dedicação, criatividade, iniciativa (pró-atividade) responsabilidade e competência na área técnica.

10. Quais são seus pontos fracos? 
Saiba que, aquele truque de responder algo positivo como se fosse negativo - por exemplo, perfeccionista, exigente demais -, não cola mais. Substitua pontos fracos por "Pontos a Desenvolver". Colocando desta forma, seja qual for o ponto que você citar, deixará claro, em primeiro lugar, que você está consciente de suas deficiências, que você não é perfeito e tem alguns pontos que precisa melhorar. Em segundo lugar, mostrará que procura não deixar que isso atrapalhe o desenvolvimento de suas atividades, tentando lidar com eles da melhor forma possível e procurando melhorar sempre. Claro, será necessário fazer uma reflexão sobre esses pontos antes da entrevista. O principal é demonstrar que você se conhece e que sabe exatamente em que sentido suas características serão positivas para a empresa e sabe também como não deixar que o que não é tão positivo assim atrapalhe.

11. O que você não gostava no seu emprego anterior? Por qual motivo você saiu (ou quer sair) da empresa? 
Deve dizer que gostava do emprego. Jamais se queixe, não deve nunca falar mal. Não aponte defeitos do emprego anterior. Se você foi demitido conte o motivo. Se está saindo por vontade própria, fale que está em busca de novos desafios e aprendizado.

12. Você poderia descrever alguma situação na qual seu trabalho tenha sido criticado? 
Não deve reconhecer críticas ao seu trabalho, mas dizer que certas vezes ele foi discutido e com isso, você sempre aprendeu e cresceu.

13. Como você avalia a empresa que trabalha atualmente e as que já trabalhou? 
Outra vez, não se queixe. Fale algo de bom. Por exemplo, que a empresa tem um bom produto e possui potencial para crescimento.

14. Você tem espírito de liderança? Conte um fato que demonstre isso. 
Responda a essa pergunta com realizações do seu passado.

15. Você contribui para o aumento das vendas, dos lucros? Como? 
Exemplifique com resultados e realizações de sua carreira.

16. Você ajudou a reduzir custos? Como? 
Exemplifique com resultados e realizações.

17. O que você considera importante num colaborador? 
Cite as competências para o cargo, além de dedicação ao trabalho, boa índole, iniciativa, criatividade e entusiasmo.

18. Descreva um típico dia de trabalho no atual/último emprego. 
Essa pergunta é para conhecer seu nível de energia. Procure descrever um dia bastante ativo e tente mostrar alto nível de energia.

19. Quais decisões são mais difíceis para você? 
Deve demonstrar sua capacidade analítica e dizer que aborda o processo decisório de forma lógica, identificando as alternativas e as premissas da decisão. Como ser humano, sabe que as decisões mais difíceis são as referentes à vida de seus subordinados.

20. O que você sente dificuldade para realizar? 
Outra vez não se deve mencionar nada negativo, só positivo. Diga que enfrenta as necessidades de seu trabalho e que não escolhe o tipo de trabalho.

21. O que você tem feito que mostre iniciativa? Quanto de iniciativa você tem? Dê exemplos. 
Sua resposta deverá ser uma série de realizações de sua carreira.

22. Com que tipo de pessoa você prefere trabalhar? Com que tipo de pessoa você encontra dificuldade para trabalhar? 
Novamente não mencione nada de negativo. Você pode dizer que não há melhor ou pior pessoa para trabalhar junto. Há pessoas diferentes. Claro que sempre é bom trabalhar com pessoas bem humoradas e que gostem de lidar com pessoas. Mas diga que você se adapta às necessidades do trabalho e que se relaciona facilmente, tanto com operários como com a diretoria da empresa.

23. Se pudesse começar tudo de novo, o que faria de diferente em sua carreira? 
Deve mostrar ser uma pessoa segura, dizendo que basicamente não mudaria nada. Obviamente, existem pequenas coisas na carreira que poderiam ter sido feitas melhores e deveriam ser corrigidas. Procure não mencioná-las.

24. Em qual tipo de ambiente de trabalho você se sente mais confortável? 
Diga que você se adapta a qualquer tipo de ambiente, mas esteja preparado para descrevê-lo caso o selecionador insista. Pode citar um ambiente que seja propício para você realizar o seu trabalho da melhor maneira possível, onde exista sinergia entre os colaboradores e todos tenham como objetivo o crescimento da empresa.

25. Por que você escolheu essa carreira? 
Para essa pergunta não há resposta certa ou errada. Aqui o que vale é ser sucinto e coerente.

26. Descreva uma situação difícil que teve e como fez para sair dela. 
Procure uma situação difícil e de grande relevância para o bom andamento da empresa, que você tenha solucionado.

27. Você estaria disposto a mudar de cidade, estado ou país? E trabalhar além do horário de trabalho? 
Fale a verdade sobre sua disposição quanto a mudar de cidade e principalmente, coloque as opções e condições para que a mudança aconteça, já que isso interfere na vida da família. Quanto ao fato de trabalhar além do horário determinado, responda de imediato: "Claro, sempre que houver necessidade".

28. Na prática, o que esses cursos (faculdade, extensão...) contribuíram para sua formação? No que você mudou? 
Avalie bem e tente descobrir as contribuições e mudanças que ocorreram graças aos cursos. De qualquer forma, diga que contribuíram não só em conhecimentos técnicos como também para o seu crescimento pessoal e no relacionamento com as pessoas.

29. Qual seria seu emprego ideal? 
Com base na pesquisa realizada sobre a empresa, tente descrever o emprego mais próximo daquele que está sendo ofertado pela empresa.

30. O que você faz no seu tempo livre? Tem algum hobby 
Fale a verdade. Mas saiba que é importante ter hobbies e ocupações no seu tempo livre. Isso demonstra sua preocupação com o seu desenvolvimento pessoal, sua habilidade em administrar seu tempo e o seu bom relacionamento com as pessoas.

31. Onde você se vê em cinco anos? 
Mostre que já traçou um plano consistente de carreira e que sabe o que fazer para realizá-lo.

32. Qual o último livro que você leu? 
A pergunta subliminar é "Você tem o hábito de leitura?". Pode ser que suas leituras de livros estejam atrasadas, mas você lê constantemente jornais comuns e artigos especializados, revistas (Exame, Você S.A., Veja, etc...). Comente, então, os artigos mais recentes. Nunca cite dramaturgias comuns e banais; sempre volte-se para literaturas que irão desenvolver seu potencial profissional. Em tempo: nunca vá a uma entrevista sem ter lido o jornal do dia.

33. Você prefere trabalhar sozinho ou em equipe? 
Dependendo do tipo de trabalho, o profissional desenvolve seus trabalhos com maior ou menor grau de contato com pares, superiores e subordinados. Tudo dependerá do cargo.

34. Quando você ou seus colegas estão vivendo um dia ruim, o que você faz para contornar a situação? 
Sempre devemos dizer a verdade. Se você utiliza algum artifício para quebrar o clima ruim e fazer com que as pessoas tirem seu foco do que tem causado desconforto, cite-os.

35. Descreva a sua filosofia de vida. 
Diga quais são os princípios que permeiam seus atos, sua vida.

36. Se você não precisasse do dinheiro, o que estaria fazendo? 

Mencione quais seriam as suas atividades nesta situação, mas devem ser situações que realmente agreguem valores ao seu desenvolvimento pessoal. É importante que o candidato passe sempre uma imagem empreendedora, ativa, dinâmica, de quem busca sempre crescer.

http://carreiras.empregos.com.br/carreira/administracao/ge/entrevista/preparese/120508-perguntas_maiscomuns.shtm

 

Você tem experiência?

2:19 PM, 6/5/2011

 

Na nossa idade (acima dos 40 anos) é dificil não ter experiencia, isso só aconteceria se tivessemos sido mantidos numa bolha.... rs

 "Você tem experiência???

Quantas vezes sentimos por dentro uma revolta tão grande, que  dá  vontade de gritar, lembrar das lutas para se conseguir cursar a universidade, de todos os momentos transcorridos na vida, dos sapos engolidos  no caminho de nossa existência, injustiças, enfim leia esse texto, realmente fantástico e vejam se concordam comigo.

Beijos a todos

 

 

 

 

Você tem experiência?

 

No processo de seleção da Volkswagen do Brasil, os candidatos deveriam responder a seguinte pergunta: 

'Você tem experiência?'

 

A redação abaixo foi desenvolvida por um dos candidatos. Ele foi aprovado e seu texto está fazendo sucesso, e com certeza ele será sempre lembrado por sua criatividade, sua poesia e acima de tudo por sua alma.

 

Redação Vencedora:

 

Já fiz cosquinha na minha irmã pra ela parar de chorar.

Já me queimei brincando com vela.

Eu já fiz bola de chiclete e melequei todo o rosto.

Já conversei com o espelho, e até já brinquei de ser bruxo.

Já quis ser astronauta, violonista, mágico, caçador e trapezista.

Já me escondi atrás da cortina e esqueci os pés pra fora.

Já passei trote por telefone.

Já tomei banho de chuva e acabei me viciando.

Já roubei beijo.

Já confundi sentimentos.

Ja peguei atalho errado e continuo andando pelo desconhecido.

Já raspei o fundo da panela de arroz carreteiro.

Já me cortei fazendo a barba apressado.

Já chorei ouvindo música no ônibus.

Já tentei esquecer algumas pessoas, mas descobri que eram as mais difíceis de esquecer.

Já subi escondido no telhado pra tentar pegar estrelas.

Já subi em árvore pra roubar fruta.

Já caí da escada de bunda.

Já fiz juras eternas.

Já escrevi no muro da escola.

Já chorei sentado no chão do banheiro.

Já fugi de casa pra sempre, e voltei no outro instante.

Já corri pra não deixar alguém chorando.

Já fiquei sozinho no meio de mil pessoas sentindo falta de uma só.

Já vi pôr-do-sol cor-de-rosa e alaranjado.

Já me joguei na piscina sem vontade de voltar.

Já bebi uísque até sentir dormente os meus lábios.

Já olhei a cidade de cima e mesmo assim não encontrei meu lugar.

Já senti medo do escuro, já tremi de nervoso.

Já quase morri de amor, mas renasci novamente pra ver o sorriso de alguém especial.

Já acordei no meio da noite e fiquei com medo de levantar.

Já apostei em correr descalço na rua.

Já gritei de felicidade.

Já roubei rosas num enorme jardim.

Já me apaixonei e achei que era para sempre, mas sempre era um 'para sempre' pela metade.

Já deitei na grama de madrugada e vi a Lua virar Sol.

Já chorei por ver amigos partindo, mas descobri que logo chegam novos, e a vida é mesmo um ir e vir sem razão.

 

Foram tantas coisas feitas...

 

Tantos momentos fotografados pelas lentes da emoção e guardados num baú, chamado coração.

E agora um formulário me interroga, me encosta na parede e grita: 'Qual sua experiência?' Essa pergunta ecoa no meu cérebro: experiência... experiência... Será que ser 'plantador de sorrisos' é uma boa experiência? Sonhos!!! Talvez eles não saibam ainda colher sonhos! Agora gostaria de indagar uma pequena coisa para quem formulou esta pergunta: Experiência? Quem a tem, se a todo o momento tudo se renova?

 

 (Publicado no jornal interno do RH - Volkswagen do Brasil - nome do candidato não mencionado)

3 1
contador
counter2