Criar um Blog
Gerenciar um Blog
Visitar Próximo Blog
Denuncie

Cantinho da Célula - IBC - Werneck

Lição de Célula do Mês de JUNHO

01:35 PM, 13/6/2012 .. 0 comentários .. Link

IGREJA BATISTA DO CALVÁRIO
CÉLULA DE JOVENS E ADULTOS
VIVENDO EM EXCELÊNCIA

Momento de Louvor – Ministrar a  musica Eu escolho Deus( Talles)

Quebra gelo – Você sabe o que é excelência? Você faz as coisas com excelência?

Leitura. 1 Tm 4. 16

Diga para seu irmão do seu lado: "Nada menos do que a excelência”.
Esse deve ser o lema de todo cristão. O cristão tem um encontro marcado com a excelência porque tem um Salvador excelente, um Senhor excelente, um Evangelho cujos princípios são excelentes.
Você pode até dizer é difícil, com certeza é. Li algo que me chamou muito atenção, um pastor escreveu:  “Mas a verdade é que vivemos em um mundo medíocre. Para nos referirmos, primeiramente ao nosso querido Brasil: Aqui temos uma rainha; a Xuxa. Recebíamos lições de moral, ética, bons costumes do falecido Clodovil. O país se diverte assistindo Big Brother Brasil, tem uma classe política que causa náuseas. Apesar desse quadro, o brasileiro faz piada de tudo e quem faz piada de tudo na vida, acaba fazendo da vida uma piada” . Realmente é difícil ser excelente em um mundo tão medíocre. Mas nós não fazemos parte deste mundo. Lembra-se . Olha o que diz o apostolo Paulo: “Amados, exorto-vos (peço-vos), como a peregrinos e forasteiros, que vos abstenhais das concupiscências da carne, as quais combatem contra a alma;”1 Pe 2. 11. Isto significa que este mundo não é a nossa casa. Não pertencemos a este mundo.

Veja na integra o que  é viver com excelência?
1-    Excelência não é um conceito a ser conhecido, mas sim uma posição a ser tomada. Não basta definições e conceitos, é preciso mudar atitudes internas, quebrar paradigmas, confrontar valores e principalmente renovar a mente, tomando como modelo a mente de Cristo. Excelência começa na alma: o que pensamos, o que sentimos e o que queremos - pensamentos, sentimentos e vontade. Cristo já conquistou, por nós, na cruz do Calvário a posição de excelência. Libertos da cadeia do pecado, da cadeia que nos mantinha escravos da mediocridade.
2-    Excelência se opõe firmemente a mediocridade, a mesmice, a apatia, ao desleixo, ao desmazelo, excelência se opõe ao descuido, a fazer as coisas de qualquer maneira, sem ter cuidado, sem ter zelo. Como mulheres virtuosas, homens valentes e jovens nobres, vivendo em um nível de fé, em um nível de multiplicação e em um nível de guerra espiritual - queremos que nossa casa, nossa família, nossos relacionamentos, nossa célula, nosso ministério reflita esta excelência.
3-  Existem alguns princípios para se viver em excelência  baseado em Romanos 1:1-2:
1.Apresenteis o vosso corpo - a excelência é um exercício que envolve nosso corpo, em especial os nossos sentidos. Herdamos de nossa cultura uma filosofia de mediocridade, de desleixo, de fazer as coisas apressadamente, sem projetos e sem planejamento. O nosso corpo muitas vezes é escravo de práticas e de comportamentos, de vícios adquiridos por maus hábitos, e quebrar com este vínculo não é tão fácil, mas é necessário se quisermos entrar num outro nível, num nível de conquista, num nível de príncipes.
2.Não vos conformeis com este século - uma atitude de oposição para com a mediocridade que nos cerca. Temos uma forte arma de oposição a todo espírito de mediocridade, de miséria e de conformismo que se levanta contra os projetos de Deus em nossa vida - NOSSA BOCA. Nossa linguagem precisa ser liberta de o todo conceito de inferioridade, as sentenças que liberamos de nossa boca devem liberar vida, benção, saúde, vitória, graça. É preciso proclamar a Palavra viva de Deus que é saúde para nossos ossos, luz para os nossos caminhos - Debaixo de que proclamação você está sujeitando sua alma, você está caminhando debaixo de que céus? A boca fala do que está armazenado em seu coração - pense nisso. Debaixo de que regência você está? Regência de excelência e vitória ou regência de mediocridade e derrota?
3.Transformai-vos pela renovação da vossa mente - a mente é a sede dos conceitos, dos valores, das definições, é a voz de comando para todo o nosso corpo, estabelece os níveis que queremos andar: nível de fé, de santidade, nível de comprometimento, nível de amor, etc. Você quer mudar um padrão, mudar um conceito, submeta a sua mente ao senhorio de Cristo, deixe que a ação e a unção de Espírito Santo transforme sua mente e marque você com a mente de Cristo.
O Senhor nos quer vivendo em excelência:
a.    Excelência nos relacionamentos, vivendo intensamente a comunhão e o amor;
b.    Excelência no convívio familiar, amenizando as diferenças, apascentando as contendas, liberando perdão;
c.    . Excelência na obra das suas mãos, fazendo o melhor no seu trabalho, nos afazeres domésticos;
d.    . Excelência na célula, pontualidade, empenho, convites, ambiente espiritual, espontaneidade;
e.    . Excelência na consolidação, telefonando, visitando, orando, zelando pelo seu discípulo;
f.    . Excelência no ministério, fazendo o melhor que puder, exercitando seus dons, amando seus pastores;
g.    Excelência com seu corpo, libertando-se dos vícios, glutonaria, maus hábitos - livres para Deus.
MOMENTO DE ORAÇÃO:  Ore com a sua célula, repreendendo todo espírito de mediocridade que existe e para que todos venhamos alcançar um nível de excelência em nossa Vida espiritual, material, financeira, emocional.
COMUNICAÇÃO:
Prepare-se e contribua para festa na ROÇA. Haverá um momento na festa onde iremos fazer um ato PROFÉTICO pelo nosso bairro. VAMOS PROCLAMAR QUE ESTA COMUNIDADE É DO SENHOR JESUS.
Ore por este momento, será a oportunidade de mostrar para a comunidade que mesmo num momento mais descontraído nós adoramos a Deus, nós o amamos

www.terradoavivamento.com.br/ e maiello.blogspot.com.br

IGREJA BATISTA DO CALVÁRIO
Lição do Mês de JUNHO
CÉLULA KIDS E TEEN

PUREZA – GUARDE O SEU CORAÇÃO DO MAL

PUREZA: É  LIMPEZA DE CORAÇÃO E COMPORTAMENTO SEMPRE AGRADÁVEL A DEUS
OBJETIVO DA LIÇÃO: FUJIR DE TUDO O QUE POSSA ESTRAGAR SUA MENTE E SEU CORAÇÃO
CANTICOS: Eu escolho Deus ( Talles Roberto), ministre essa canção ao coração das crianças antes e depois da lição. ( escute o hino antes, várias vezes estude a letra para ministrá-la com mais facilidae)
Quebra gelo – Brincando de batata quente, coloca uma música e vai passando uma bata de mão em mão onde a musica parar a criança deve falar algo que desagrada a Deus e em seguida falar to fora.

LEITURA BÍBLICA: PROVERBIOS 4. 20-27

VERSICULO PARA DECORAR: "Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o teu coração, porque dele procedem as saídas da vida." Pv. 4. 23

HOJE É DIA DE DECISÃO -  Crianças vocês são inteligentes. Então se decidam hoje fugir. Mas Fugir de que? Fugir de tudo que nos faz mal e entristece nosso coração. O vicio, as más companhias, ver coisas que não agradam a Deus, falar palavrões, brigar,
Você sabe o que é fugir? Fugir é sair correndo. E correndo muito.  

PENSE NISSO...
Uma pessoa muito sábia disse: “Não costumo ir a lugar no qual Jesus não gostaria de entrar comigo. Você também pensa assim? Você acha que  Jesus, como seu amigo, o acompanharia aonde você costuma ir e se divertiria com o que você se diverte?” .

JESUS FOI PURO, VOCÊ TAMBÉM PODER SER

VEJA A FORÇA DO PODER
Jesus, quando viveu neste mundo, também sofreu as mesmas pressões e provas que você sofre, talvez houvesse   garotos (as) mais velhos ( as) que o convidavam  para fazer coisas erradas. Provavelmente diziam que Ele era certinho,  é tonto e bobo por não acompanhá-los. Por isso, Ele entende você e está sempre do seu lado para encorajá-lo nesses momentos e ajudá-lo a ser manter puro e especial diante dos seus olhos.

VOCÊ LUTA PELA PUREZA...
Quando decide escolher  só boas amizades.
Quando se diverte de maneira sábia.
Amigos da pureza: bons pensamentos, a firmeza de caráter ( ser obediente, não mexer nas coisas dos outros sem pedir, nem mesmo dos pais, avós, tios aquilo que não nos pertence, cumprir as nossas obrigações, da escola, da Igreja, no lar)  e a leitura da Bíblia. ( Incentive as crianças a decorarem um versículo toda semana).
Inimigos a vencer: As más companhias, a rebeldia, a falta de coragem para rejeitar os maus convites. Rejeite tudo o que faz mal a você;
Lembre-se: quem vive cometendo pecado vira escravo do pecado.
A bíblia diz que o diabo tenta atirar flechas venenosas em nosso coração para nos fazer pecar.
Cuidado com a ilusão de ótica!
Guarde e defenda seu coração!!

ORAÇÃO:  pedir a Deus que os ajude a resistir e vencer o mal, das más companhias, da rebeldia, dos vícios, etc..
PARA DECORAR: : "Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o teu coração, porque dele procedem as saídas da vida." Pv. 4. 23

 



RELACIONAMENTOS ENTRE SOLTEIROS

05:09 PM, 5/5/2012 .. 0 comentários .. Link

O que é, quando foi criado, quem criou e para que serve o namoro? No Dicionário, encontramos a seguinte definição: “Namorar: inspirar amor a ou tornar-se amoroso; apaixonar (-se), seduzir ou deixar (-se) seduzir, atrair ou sentir (-se) atraído. Terem duas pessoas relacionamento amoroso em que a aproximação física e psíquica, fundada numa atração recíproca, aspira à continuidade.”
E no manual do Pai das Luzes, a viva e eficaz Palavra de Deus. Que tal me ajudar um pouco e procurar na sua chave bíblica? Confesso que cansei de procurar na minha. Quem sabe uma tradução diferente, moderna, uma dessas NVI’s. Em um de nossos encontros com jovens solteiros desafiei-os a me mostrarem, ao menos a palavra namoro, na Bíblia. Até hoje espero, mas ninguém me mostrou nada.
Por quê? Porque não está lá. E nem perca seu tempo procurando. Em primeiro lugar, não existe namoro na Bíblia. Trata-se de uma prática mundana, e antes de pensar algo que você precisará pedir perdão à Deus depois, me escute, namoro surgiu para que as pessoas aproveitem os benefícios emocionais e físicos da intimidade sem a responsabilidade de um compromisso real, chamado casamento.
O namoro, como nós o conhecemos, não existia até o início do século XX. É um subproduto dessa cultura mundana voltada para a diversão e o entretenimento. É descartável como uma lâmina de barbear. Sejamos honestos. Não existe “Namoro Cristão”. Existem muitos motivos pelos quais um discípulo de Jesus não deveria namorar. Aqui, enumeramos seis.

1. O namoro conduz à intimidade, mas não necessariamente ao compromisso.
Aprofundar a intimidade a clara definição de um nível de compromisso é nitidamente perigoso. É como escalar uma montanha com uma parceira sem saber se ela quer a responsabilidade de segurar a sua corda. A intimidade sem compromisso desperta desejos, emocionais e físicos, que nenhum dos dois pode satisfazer se agirem conforme o padrão de Deus. E a Palavra é muito clara sobre o assunto em I Ts. 4:6. O termo é defraudar. Se não posso satisfazer, então porque vou começar? E normalmente essa intimidade começa com beijos. E “só beijos” são por pouco tempo, porque existe muito mais além dos lábios, que o corpo começa a pedir. É a mesma coisa quando você compra um sorvete e tira a embalagem. Antes de comer o sorvete, você percebe que ainda há um pouco de chocolate que ficou na embalagem e, antes de jogá-la fora, você lhe dá uma lambida para não estragar nada. Mas, quem vai parar por aí? Quem deixará o sorvete estragar estando contente por ter lambido o chocolate na embalagem? Ninguém. É ridículo pensar assim. Especialmente depois de provar um pedaço. É muito difícil não querer provar o resto. E isso é o que acontece no namoro. Afinal você prova o chocolate que ficou na embalagem e não vai desejar o resto? Sinto muito, mas não me fale o contrário, pois não consigo acreditar mesmo. Entenda que o verdadeiro problema é que não era para você estar tirando a embalagem, porque você ainda nem comprou o sorvete.

2. O namoro muitas vezes confunde contato físico com amor.
A nossa cultura como um todo entende as palavras “amor” e “sexo” como sinônimas, não deveríamos ficar surpresos que muitos relacionamentos confundem atração física e intimidade sexual com o verdadeiro amor. Quantas vidas já foram emocionalmente destruídas por causa dessa tal “prova de amor” que alguns exigem de seus namorados(as)?
Desde quando a relação sexual é uma prova de amor? Você pode até me dizer que o envolvimento físico pode fazer com que duas pessoas se sintam próximas, é verdade. Mas se muitos casais de namorados examinassem o foco do seu relacionamento, eles certamente descobririam que o que têm em comum é a lascívia.

3. O namoro tende a pular a fase da “amizade” de um relacionamento.
No namoro, a atração romântica geralmente é a base do relacionamento. Mas a premissa do namoro é: “Eu estou atraído por você; então vamos nos conhecer melhor.” O namoro rouba a grande possibilidade de iniciar o relacionamento pela estrada certa. Estrada da amizade. Afinal, a premissa da amizade é bem diferente: “Nós estamos interessados nas mesmas coisas; vamos aproveitar esses interesses comuns juntos”. C. S. Lewis descreve a amizade com sendo duas pessoas andando lado a lado em direção a um objetivo comum. Bem se já entendemos que ter intimidade sem compromisso é defraudar, agora precisamos entender que a intimidade sem amizade é algo totalmente superficial. Um relacionamento baseado somente na atração física e nos sentimentos românticos apenas durará enquanto durarem os sentimentos.

4. O namoro geralmente isola o casal de outros relacionamentos vitais.
Outro grave erro gerado pelo namoro é que, na prática, namorar significa basicamente duas pessoas com foco uma na outra. Infelizmente, na maioria dos casos o resto do mundo vira um pano de fundo. Se você já fez papel de vela, sabe do que estou falando. Agora pensemos um pouco sobre o estrago que isso pode fazer na Igreja: a atenção exclusiva, que é normalmente esperada em um namoro, vai roubar dos dois a paixão pelo serviço ao Senhor. Vai isolá-los dos irmãos e amigos que mais os amam, dos familiares e, o mais triste, até do próprio Senhor, cuja vontade é, de longe, mais importante do que qualquer interesse romântico. Preocupa-me ver que muitos jovens têm buscado guardarem-se fisicamente puros, mas entregam o coração a um romantismo hollywoodiano, exagerado e fora de tempo. Compensam a ausência de intimidade física com envolvimento emocional desenfreado, que joga por terra as motivações corretas e acaba conduzindo ao pecado.

5. O namoro em muitos casos, tira o foco da responsabilidade que é preparar-se para o casamento.
Uma das tendências mais tristes do namoro é desviar os jovens adultos do desenvolvimento dos seus talentos e habilidades dadas por Deus. É um grande momento para buscarem crescer em valores importantes para desempenhar bem seus papéis estabelecidos por Deus para uma família. Uma época propícia para equipar o caráter, cuidar da formação acadêmica e de obter experiência necessária ser bem sucedido na vida. Ao invés disso, muitos se permitem serem consumidos pelas necessidades momentâneas, pelas quais o namoro clama.

6. O namoro cria um ambiente artificial para avaliar caráter de outra pessoa.
O namoro cria um ambiente artificial que não exige que a pessoa apresente as suas características positivas e negativas. Em um namoro, a pessoa pode entrar no coração do parceiro usando verdadeiras máscaras de sedução. Por exemplo: ser um cara divertido em um passeio ou estar bem vestida não diz nada sobre o seu caráter ou sua habilidade em ser um bom marido ou esposa. Já pensou sobre as questões? Como ele interage com as pessoas que o conhecem melhor? Como ela reage quando as coisas não saem como planejado? Como é seu relacionamento com seus familiares? Ao considerar alguém um parceiro em potencial, uma pessoa que podemos observar, precisamos encontrar respostas a estas questões – questões que o namoro não irá responder.
Amados, convenhamos: a questão aqui não é de proibição. É de forma. Namoro é a forma do mundo. Vamos tomá-la para nós, ou cumprir o que nos diz o apóstolo Paulo em Romanos 12:2?
“E não vos conformeis com este século, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.”

FONTE:/www.juventudequebrilha.com



CÉLULA LUGAR DE COMUNHÃO

03:45 PM, 5/5/2012 .. 0 comentários .. Link

A célula deve ter olhos para dentro e para fora. O líder procura ajudar a cada membro a se tornar um ministro e procura ajudar a cada membro a se tornar fecundo espiritualmente.(Dica Quente da Videira Rio)



ABRIL - CÉLULA ADULTOS

02:22 PM, 23/4/2012 .. 2 comentários .. Link

O CRISTÃO E A SUA FALA

Quebra gelo - Telefone sem fio (para detectar problemas na recepção e transmissão). Explique a brincadeira. Faça um círculo e sussurre para o primeiro e este para o outro e assim por diante até chegar em todos. A frase é:

“Em um acidente entre 3 carros: um gol, um astra e uma perua Kombi morreram sete crianças, dois homens e três mulheres, porém duas outras pessoas foram salvas”.

Quando chegar ao último peça para que ele compartilhe o que chegou até ele.

 

Quando olhamos para a vida de muitos cristãos, vemos que a sua fala nem sempre condiz com a linha de pensamento da qual está inserido (Igreja) e com a forma na qual ele deveria se portar.

Muitos crentes têm adaptado o seu vocabulário (a sua fala) ao ambiente em que se encontra. Se está no meio de crentes, seu linguajar é de crente. Se está no meio de pessoas mundanas, a sua fala é como de um homem mundano. Parece um “camaleão” que se adapta rapidamente ao local em que se encontra.

Mas o que a Bíblia nos ensina sobre nossa fala?Mt 12. 34; Tg 3. 10;

I) A boca fala do que está cheio o coração (Mateus 12:34) – É de se estranhar esta adaptação rápida de um crente num ambiente mundano com relação a sua fala. Creio que acontece, pois o seu coração está vazio das coisas de Deus e por isso é rapidamente cheio com coisas mundanas, logo sua fala é contaminada. O inverso também acontece, quando esta pessoa começa a caminhar com o povo de Deus, sua fala rapidamente é transformada. O problema é que pessoas assim são inconstantes, facilmente levadas de um lado para outro e facilmente contaminadas. Para que não sejam assim, é necessário que possam ser cheias com a Palavra de Deus e que tenham comunhão com pessoas que possuem um coração cheio de valores espirituais. Isto encherá seu coração e a sua fala será transformada.

 

II) A nossa fala traz conseqüências – A Palavra diz que uma boca pode trazer bênçãos e ao mesmo tempo maldições (Tiago 3:10). Na realidade isto não deveria acontecer, pois se somos árvores boas, os nossos frutos precisam ser frutos bons e não ruins (Mateus 12:33). A pergunta que deveríamos nos fazer é: “o que tem saído dos nossos lábios? Será que temos entendido as consequências que poderá existir por causa de nossas palavras?” Será que de nossos lábios saem palavras assim: “você nunca vai ser ninguém na vida”, “o meu emprego é uma droga”, “esta obra não é de Deus”. Se estas palavras têm saído, precisamos nos consertar para que não venhamos proferir mais estas palavras e ao mesmo tempo colher maldições.

III) A nossa fala precisa nos condenar – Quando olhamos para a vida de Pedro (Mateus 26:73), vemos a expressão: “a tua fala te condena”. Na realidade a nossa fala precisa justamente dizer quem somos, qual o nosso alvo, nosso propósito e a quem servimos. Isto precisa ser bem visível em nossas vidas, mesmo que sejamos chamados de fanáticos ou loucos e que muitos não compreendam. Precisamos ter um linguajar que expresse nosso caráter cristão. Sua fala tem te condenado de que forma: “Cristão ou mundano?”

Conclusão: Se nosso coração é santo, nossas palavras são santas e carregadas de bênçãos. Por isso somos conhecidos como árvores boas que produzem bons frutos, inclusive em nossas palavras.

Atividades para a semana:

. Ler o Livro de Atos (anote aquilo que o Senhor ministrar em seu coração).

. Analise durante a semana problemas em sua fala: se é de acordo com o ambiente, se tem dito pequenas mentiras, se tem falado negativamente da vida dos outros, se não tem conseguido guardar segredos, se tem contado piadas indecentes, etc.

. Quando detectar algum problema, confesse, pois isto é pecado e precisamos tirar isto de nossas vidas.

 



ABRIL - CÉLULA KIDS E TEEN

02:18 PM, 23/4/2012 .. 4 comentários .. Link

LIÇÃO 4: JESUS ME CRUA

Textos Bíblicos: Isaías 53 : 4 e 5 – 2 Coríntios 5:7 – Tiago 5: 14 -15

Texto para decorar: “Verdadeiramente, ele tomou sobre si as nossas enfermidades e carregou com as nossas dores … “ Isaías 53 : 4

PRINCIPIO: “JESUS É PODEROSO PARA ME CURAR QUANDO ESTOU DOENTE”

OBJETIVOS: Ao finalizar a classe as crianças poderão:

- Confiar nos cuidados do Senhor Jesus e que Ele é poderoso para sarar e operar milagres.

- Aprender a orar por cura sempre que ela ou alguém da família estiver enfermo.

- Saber que Jesus já nos libertou das maldiçoes e doenças.

- Entender que devemos sempre ter fé e persistência para alcançar os milagres. 

QUEBRA-GELO: PELA FÉ

Faça um circuito com objetos em forma de obstáculos e leve uma venda para tampar os olhos das crianças. Peça que o grupo se separe em duplas. Uma das crianças devera ter os olhos tampados e a outra deverá guiar a criança somente com a voz. Quando a criança chegar ao final do circuito, peça que agora ela guia ao seu colega. Espere que todos passem pelo circuito com os olhos vendados. Depois pergunte:

·       O que vocês sentiram quando caminhavam sem enxergar?

Diga: Sabem? A Bíblia disse que os filhos de Deus andam por fé e não pelo que vem. Porque andamos por fé, e não por vista  2 Coríntios 5:7

 

HORA DA PALAVRA:

·       Você lembra de algum dia que esteve doente, de reposo, ou no hospital? O que tinha acontecido com você? (permita comentários)

·       Você lembra o que sentia quando estava doente? (permita comentários)

Com certeza se sentia triste, mal-humorado, indisposto, adoentado, muitas vezes sem vontade de comer, o muito fraco para se levantar…etc. Ficar doente é muito ruim!

Mas hoje quero lhe ensinar DUAS poderosas verdades que mudarão sua vida para sempre!

 

1) JÁ FOMOS SARADOS NA CRUZ.

A Bíblia disse que quando Jesus morreu na cruz do calvário ele pegou os pecados, tirou de nós as maldiçoes e as enfermidades e as cravou com ele na cruz. Entregando-nos em troca, a cura, a benção e a vida abundante para que vivamos! Que verdade gloriosa e maravilhosa! Veja

Isaías 53 : 4 e 5

- ” Verdadeiramente, ele tomou sobre si as nossas enfermidades e carregou com as nossas dores … “

Ele carregou mesmo com as nossas enfermidades!  E com que mais? Com as nossas dores também. Com todas as dores.

” E, nós o reputávamos por aflito, ferido de Deus e oprimido e ele foi ferido por causa dos nossos pecados, moído por causa da nossa iniquidade, o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras FOMOS SARADOS. “

O diz a Bíblia? Vamos ser sarados quando chegarmos ao céu? FOMOS!!!! FOMOS quando ?

FOMOS JÁ SARADOS NA CRUZ.

Preste atenção, que isto é muito importante: Quando Jesus morreu na cruz, Ele cravou lá os nossos pecados e enfermidades e dores. Você não precisa mais de carregar esses fardos.

Imagine uma pessoa com um saco às costas, muito pesado. Se Jesus lhe aparecesse e lhe dissesse : ” dá-me cá o saco, eu levo o saco “. Você não precisava mais de levar o saco.

É isso que Jesus está dizendo. Ele já providenciou tudo para a salvação e cura divina.

Hoje, quando uma pessoa quer ser salva, não é necessário vir Jesus morrer na cruz outra vez ! Ele morreu uma vez por todas. Então hoje a pessoa só tem que entregar a vida a Jesus e fica automaticamente salva.

CURA DIVINA é a mesma coisa. Eu só preciso de vir a Jesus e RECEBER a minha cura, porque ele já me curou na cruz do calvário. Ele crucificou as enfermidades TODAS na cruz. Então isso quer dizer que Jesus quer sarar a todos! Aleluia!

(VISUAL: Líder/ professor prepare uma cruz de cartolina e também a figura de uma pessoa. Escreva cartazes com as palavras: DORES –ENFERMIDADES-  MALDIÇÕES- MISÉRIA- ANGUSTIA- TRISTEZA- CONDENAÇÃO – PECADOS.  E também escreva: BENÇÃO – CURA-SAÚDE- ABUNDÂNCIA- ALEGRIA- PAZ- SALVAÇÃO-

Pregue de um lado a cruz e os cartazes de bênçãos nela e do outro a figura do homem com os de maldição ao redor. E diga que Jesus Quando Jesus morreu na cruz, Ele cravou lá os nossos pecados e enfermidades e dores. Pegue os cartazes de maldição e pregue-os na cruz. Logo pegue os de benção e diga: Jesus morreu na cruz do calvário ele pegou os pecados, tirou de nós as maldiçoes e as enfermidades e as cravou com ele na cruz. Entregando-nos em troca, a cura, a benção e a vida abundante para que vivamos! Que verdade gloriosa e maravilhosa! A isto chamamos da TROCA DA CRUZ.)

 

2) DEBO ACREDITAR QUE ESTOU CURADO AGORA, AINDA QUE NÃO VEJA E NÃO SINTA QUE ESTOU CURADO.

Algumas pessoas só acreditam que estão curadas, quando elas se podem ver-se curadas.

Quando elas se sentirem curadas, então elas vão acreditar que já estão curadas.

Quando elas virem o relatório médico a dizer que já está tudo bem, então é que elas vão acreditar que estão curadas.

Mas, isso não é fé. É o oposto de fé.

FÉ É ACREDITAR QUE ESTOU CURADO AGORA, SEM VER, SEM SENTIR NADA.

Quando eu vou a Jesus eu creio que recebo a minha cura, no momento que oro.

Fé, é eu acreditar que estou curado sem ver. Fé é acreditar que estou curado mesmo que não sinta nada.

Muitas vezes Jesus ordenava aos paralíticos que tomassem o seu leito estando eles ainda prostrados. Eles se levantavam em fé, sem sentir nada e um poderoso milagre acontecia.

Porque andamos por fé, e não por vista. 2 Coríntios 5:7

 

MOMENTO DE ORAR: Líder ore por cada criança, se alguma delas tiver alguma enfermidade crônica como asma, alergia, diabetes, obesidade, falta de crescimento, etc ore por elas com fé, ungindo-as com azeite. Está alguém entre vós doente? Chame os presbíteros da igreja, e orem sobre ele, ungindo-o com azeite em nome do Senhor. E a oração da fé salvará o doente, e o Senhor o levantará; 
Tiago 5: 14 -15

ATIVIDADE:

Fazer a folinha com a atividade. A TROCA DA CRUZ

 

 

 

 

 

Autora: Gabriela Pache de Fiúza

 

 

 

 

 

 

 



CORTE - RELACIONAMENTO A MODA DE DEUS

12:49 PM, 18/4/2012 .. 3 comentários .. Link



CORTE

12:31 PM, 18/4/2012 .. 0 comentários .. Link

O PADRÃO DE DEUS PARA A SUA VIDA

A corte é fruto de uma nova mentalidade e consciência da necessidade de santificação diante de Deus (Ef 4:22-24), para que casais possam chegar ao casamento inteiramente puros diante de Deus, sem traumas, sem sentimento de culpa e acusação, sem gravidez, sem feridas na alma e livres para desfrutar de forma plena a bênção do casamento. Isto só é possível a partir de um relacionamento fundamentado em princípios bíblicos, no padrão que o próprio Deus determinou para a sua vida (Rm 12:1,2). Precisamos entender que o namoro é um relacionamento no padrão do mundo, uma legalidade para a defraudação*, lascívia* e fornicação*; um conjunto de valores e atitudes que vão numa direção diferente daquela que Deus planejou para nós. Por seguirmos o modelo de relacionamento do mundo acabaremos perdendo o melhor de Deus para nós (Fp 1:9-10). Não existem “alternativas”, a alternativa é somente uma única: escolha padrão de Deus para você!
* Defraudação (I Ts 4:6): Prejudicar, iludir. Roubar alguém ao criar expectativas, sem satisfazer o que foi prometido. É despertar uma fome que não poderemos satisfazer justamente prometendo algo que não podemos ou não iremos cumprir.
* Lascívia (I Ts 4:5): luxúria, sensualidade, paixão de desejo desenfreado.
* Fornicação: sexo entre solteiros.
*Concupiscência (I Jo 2:16) = ânsia; desejo; cobiça; paixão incontrolável, violenta.
As fases da corte:
1. Amizade: O desenvolvimento de uma amizade entre o casal é o início de tudo. A amizade está relacionada a alguma coisa e não com as duas pessoas envolvidas no relacionamento. Já a intimidade está relacionada com as duas pessoas. Numa amizade, algo fora dos dois os une, eles estão absorvidos em algum interesse comum e não olhando um para o outro.
2. Direção de Deus (Mc 12:30): A partir de certo momento começará a haver um interesse mútuo, que despertará ambos para um relacionamento maior do que uma simples amizade. Quando o casal tiver convicção de um sentimento mútuo especial, deverá entrar em oração, colocando diante de Deus este sentimento de um pelo outro, buscando desta forma um direcionamento quanto à Sua soberana vontade. Ambos devem compartilhar com muita liberdade as suas convicções, seus sentimentos e se existe paz dentro de seus corações neste tempo de oração.
Há dois sinais verdes que você deve observar nesta fase: A palavra de Deus sobre o assunto e se você está pronto para o casamento. Você está consciente e preparado para as responsabilidades de ser marido ou esposa? Você já alcançou um nível de estabilidade espiritual e emocional como solteiro que lhe dá respaldo num compromisso para a vida toda? Você está preparado financeiramente? Você precisa responder a estas perguntas de forma honesta antes de ir em frente num relacionamento.
3. Permissão dos pais (Ex 20:12; Ef 6:1-3): No momento em que o casal tiver compreensão de que tais sentimentos são correspondidos e agradáveis diante de Deus, o rapaz deverá procurar o pai da moça e, na sua falta, a sua mãe e, na sua falta, a pessoa responsável por ela (pode ser inclusive o líder de sua célula), a fim de compartilhar e comunicar o desejo de manter um relacionamento mais próximo, visando o casamento. Havendo a permissão dos pais, o casal pode então prosseguir. Algo lindo que ocorre na corte é o envolvimento total dos familiares permitindo assim maior comunhão entre eles.
Se não houver a concordância daqueles que são teus pais e líderes espirituais, você deve considerar e esperar. As autoridades são ministros de Deus para o teu bem. Não se oponha a autoridade, para que você não venha resistir a ordenação de Deus e trazer sobre a tua vida condenação (Rm 13: 1-5). Talvez não seja o tempo...
4. Mantendo as prioridades (Mt 6:33): Sobretudo, durante este processo, o mais importante é que saibam investir no relacionamento com Deus, buscando uma vida de santificação e pureza, se fortalecendo pela Palavra e pela oração, para que possam levar a bom termo o relacionamento que, de acordo com a Bíblia, após o casamento, deverá ser “até que a morte os separe”.
5. Um relacionamento orientado pelo Espírito Santo (I Ts 4:1-8; Gl 5:16,24,25; Rm 8:5-8; Cl 3:5; II Tm 2:22): Não é nossa proposta ditar regras, uma vez que a Bíblia já deixa claro como deve ser o relacionamento do cristão antes do casamento. Mesmo assim, queremos esclarecer alguns pontos no tocante ao contato físico. A pessoa sabe, com certeza quando está defraudando ou sendo defraudada. Deverá ser desenvolvido então um relacionamento que permita ao casal estar junto sem, no entanto, elevar a temperatura, que é o grande risco. Pegar na mão, colocar a mão no ombro da moça, dar um beijo no rosto, na mão ou na testa são ações que podem eventualmente ser realizadas sem prejuízo para o casal. No entanto, cada pessoa tem o seu limite. Se qualquer uma destas atitudes leva o jovem a desejar o pecado e entrar em tentação, então não faça. Proteja-se. A defraudação começa exatamente neste ponto, despertando desejos que não poderão ser satisfeitos neste momento, partindo para abraços apertados, beijos na boca, carícias pelo corpo, etc. Em relação a isso, não só o contato físico pode gerar desejos pecaminosos, mas circunstâncias como: permanecer a sós em casa, no carro, em lugar escuro, deserto, etc. A interação física nos incentiva a começar algo que não devemos terminar, despertando desejos que não estamos autorizados a consumar, acendendo paixões que devemos apagar.
Deus exige pureza em todos os aspectos. Ele sabe que levaremos as memórias e alianças de nosso envolvimento físico do passado para o casamento, bem como traumas, culpa, insegurança e outras conseqüências que são extremamente prejudiciais.
Semeando boas sementes no casamento e na vida familiar

Precisamos entender que começamos a investir em nosso casamento e vida familiar muito antes de nos casarmos. A lei da semeadura e da colheita é um princípio espiritual que se aplica a qualquer área das nossas vidas e, especialmente nos relacionamentos. Seja qual for a semente que estivermos plantando ela certamente germinará, crescerá e frutificará com abundância (Mc 4:26-29).

Se antes do casamento semearmos defraudação, colheremos sentimentos de culpa, ciúmes, insegurança. Se semearmos lascívia, colheremos vida sexual problemática, adultério, luxúria ou então frigidez. É impossível semearmos pecado e colhermos bênçãos. Não podemos ter um relacionamento nos padrões do mundo e depois um casamento nos padrões de Deus; embora o nosso Deus seja poderoso para restaurar e restituir tudo aquilo que foi manchado pelo pecado e tocado por Satanás. Mesmo assim, as sementes sempre germinarão... e, inevitavelmente veremos os seus frutos. Casamentos fundamentados em más sementes um dia precisarão de libertação, cura interior, tratamento, e semeadura de muitas novas e boas sementes...

Por isso, a corte é um conjunto de atitudes e valores nobres e santos, é um bordão infinito de boas sementes para serem plantadas no campo fértil, abençoado e aprovado por Deus: o relacionamento entre duas pessoas que Ele mesmo uniu.

A corte nos coloca numa posição de alerta em relação às artimanhas do inimigo em semear sementes malignas. O texto de Mt 13:24-28 nos mostra que o inimigo semeia joio no meio do trigo enquanto todos dormem. O namoro tira a atenção e os pensamentos das coisas que são do alto (Cl 3:1-5), trazendo um adormecimento espiritual, e facilitando que o inimigo semeie más sementes. Quando a pessoa se dá por conta, o seu relacionamento até pode ter sementes boas, mas também encontrará joio plantado.

O problema do namoro
Namorar: Inspirar amor a; apaixonar; cativar; atrair; seduzir; desejar ardentemente; cobiçar; empregar todos os esforços por obter; fitar (alguma coisa) de maneira insistente e com vontade de possuí-la.
Namoro: Namoração, galanteio, chamego, grude.
O namoro é como um carrinho de compras desalinhado. Você quer andar em linha reta, mas o carrinho parece ter uma mente própria e insiste todo o tempo em desviar-se do curso e promover desastres. Uma pessoa com um carrinho desalinhado não tem sossego, cada manobra se torna uma verdadeira batalha. E quanto mais cheio o carrinho, pior fica!
Da mesma forma quando optamos pelo carrinho do namoro enfrentaremos inúmeras batalhas entre vontades. Ele quer sempre sair do caminho retilíneo e estreito que Deus nos propõe e nos ordena, mesmo que nossa vontade seja a de permanecer neste caminho!
Assim, muitos casais que tinham boas intenções acabam vendo seus relacionamentos pouco a pouco enveredarem por lutas na área de intimidade física e emocional, a experimentarem tensões contínuas e por fim ficarem totalmente desgastados.
Vemos incontáveis tentativas frustradas ao nosso redor, mas ainda achamos que nós conseguiremos domar o carrinho. A verdade é que nós jamais conseguiremos domar o carrinho do namoro. Ele é defeituoso! Toda a sua estrutura se baseia em atitudes e padrões culturais defeituosos para um relacionamento. Mesmo aqueles cristãos que evitam a maioria das armadilhas de sexo antes do casamento e términos de namoros traumáticos, geralmente gastam muita da sua energia lutando contra a tentação.
A seguir está uma lista de defeitos que o namoro tende a apresentar
1. O namoro leva à intimidade, mas não necessariamente a um compromisso.
A intimidade emocional que se aprofunda sem a definição de um nível de compromisso é initidamente perigosa. Compromisso define alvos e propósitos. A intimidade física é algo lindo que Deus deseja que experimentemos, mas apenas dentro do compromisso do casamento. A intimidade sem compromisso desperta desejos – emocionais e físicos – que nenhum dos dois pode satisfazer se agirem corretamente (É o que I Ts 4:6 chama de “defraudar”). Na intimidade ninguém nunca acha que vai “passar dos limites”, mas quem já viveu a triste experiência alerta: quanto mais se avança, mais difícil de retroceder. A tendência é ir sempre em frente.
Na corte o tempo de compromisso e dedicação é, na verdade, um privilégio. Compromisso é conhecer bem a outra pessoa com suas falhas e qualidades, conhecendo o seu caráter (uma das maneiras de se conhecer o caráter de alguém é pelas escolhas e decisões que a pessoa faz e toma a cada dia). Compromisso é ter em mente que àquela pessoa que você decidiu amar, é pelo resto de sua vida.

2. O namoro tende a pular a fase da “amizade” de um relacionamento.
Em uma amizade verdadeira você não se sente pressionado sabendo que gosta de outra pessoa, ou que ela gosta de você. Você se sente livre para ser você mesmo e fazer as coisas juntos sem gastar horas e horas na frente do espelho, assegurando-se de que você esteja perfeito e outras preocupações deste tipo.
Amizade é quando as duas pessoas andam lado a lado, em direção a um objetivo comum. Os interesses mútuos se aproximam (ex.: servir a Deus). Já o namoro faz com que as pessoas deixem de olhar para frente e comecem a olhar apenas uma para a outra.
3. O namoro geralmente confunde relacionamento físico com amor.
Se o estágio da amizade é pulado no relacionamento, a lascívia freqüentemente se torna o interesse comum que atrai o casal. Como resultado, eles avaliam a seriedade do seu relacionamento pelo nível de envolvimento físico.
4. O namoro geralmente isola o casal de outros relacionamentos vitais.
Pela própria definição, o namoro é basicamente duas pessoas com o foco uma na outra. O namoro é auto-centralizado. Na maioria dos casos o resto do mundo vira um pano de fundo esmaecido; o casal se isola de outros relacionamentos que são vitais e fonte de conselhos importantes (Pv 15:22).
A atenção exclusiva normalmente esperada em um namoro tem a tendência de roubar dos dois a prioridade pelo serviço na igreja, de isolar os amigos, familiares, etc...
5. O namoro, em muitos casos, tira a atenção dos jovens adultos de sua principal responsabilidade, que é preparar-se para o futuro.
Uma das tendências mais tristes do namoro é desviar os jovens adultos do desenvolvimento dos seus talentos e habilidades dadas por Deus. Ao invés de equiparem-se com o caráter, formação acadêmica e experiência necessária para obter o sucesso na vida, muitos permitem serem consumidos pelas necessidades atuais que o namoro enfatiza.
Manter um relacionamento requer muito tempo e energia. E isso pode tirar o foco do trabalho profissional, estudos, igreja, amigos e tantos outros.
6. O namoro pode causar desgosto com o tempo de estar solteiro dado por Deus.
Ec 8:6a nos fala: “ Porque para todo o propósito há tempo e modo” e Pv 15:23b: “... a palavra a seu tempo, quão boa é !”. O mundo prega a satisfação imediata, mas Deus nos instrui sobre o princípio das épocas certas para todas as coisas. Todas as estações da nossa vida tem diferentes ênfases, focos e beleza. Nenhuma é melhor do que a outra, e cada uma possui seus próprios tesouros singulares. Também cada época é construída com base na anterior.
Cuidado!!! Um relacionamento baseado na paixão, no dizer “Eu te amo”, fora do tempo certo, fora do real compromisso, tira oportunidades infinitas de crescimento, aprendizado, serviço, relacionamento com Deus, chamado. Podemos ser culpados de mau uso do privilégio de sermos solteiros. É quando permitimos que um desejo por algo que Deus obviamente ainda não nos deu, roube a nossa habilidade de aproveitar e apreciar o que Ele já nos deu.
O apóstolo Paulo tinha uma preocupação na maneira do solteiro em servir ao Senhor (I Co 7:32, 35). Deus quer que aprendamos a paciência e a confiança necessária para esperar pelo seu tempo perfeito em todas as coisas, incluindo a nossa vida amorosa. Isto significa confiar na bondade de Deus, sabendo que Deus nega coisas boas no presente somente porque Ele tem algo melhor para nós no futuro.
7 . O namoro cria um ambiente artificial para avaliar o caráter de outra pessoa.
Ambiente artificial podemos aqui, por analogia, entender por hipocrisia. Hipocrisia em português é o indivíduo que deliberadamente e por hábito professa ser bom, quando está consciente que não é tal. A origem do termo significa ator.
As pessoas que querem sinceramente descobrir se determinada pessoa é uma boa opção para o casamento precisam entender que o namoro típico, na verdade, atrapalha este processo. O namoro é um envolvimento num ambiente artificial para duas pessoas interagirem. Conseqüência disso, cada pessoa pode facilmente apresentar uma imagem igualmente artificial. Em um ambiente artificial (namoro), a pessoa pode usar atitudes cheias de charme, carro legal, paga as despesas, muitos presentes, etc. Ser uma pessoa divertida em um passeio não diz nada sobre o seu caráter ou a sua habilidade em ser um bom marido ou boa esposa.
Duas pessoas que estão avaliando a possibilidade de se casarem, precisam ter a certeza que elas interagem não apenas em situações divertidas e românticas.
O namoro é artificial, porém o casamento é real. Sabe por quê ???
O casamento retrata uma só carne, para consagrar um ao outro em amor e honra, vivendo na alegria ou na dor, na saúde ou na enfermidade, na riqueza ou na pobreza, conservando um para o outro um compromisso até “que a morte os separe”.
As novas atitudes que a corte propõe

Se quisermos viver o “estilo de vida de Deus” nós devemos abraçar um padrão revolucionário, um conjunto de atitudes e valores realmente radicais neste mundo que se corrompe. As atitudes e práticas do namoro na nossa cultura não são apenas pecaminosas e tendenciosas ao pecado, mas são também bagagens desnecessárias que nos atrapalham de correr com perseverança a carreira que nos está proposta (Hb 12:1-3).
Muitos cristãos chegam ao casamento com uma pergunta que não tem coragem de verbalizar: “Será que Deus tem me dado o melhor dele?”. No entanto, a questão que deveríamos fazer primeiro é: “Será que eu estou dando a Deus o melhor de mim?”. Queremos tanto que o Senhor separe para nós um cônjuge de Deus para com ele formarmos uma família de Deus, mas para isso precisamos ser um homem ou mulher de Deus que querem se relacionar à maneira de Deus! Se o namoro nos estimula a assumir o estilo de “amor” do mundo (egoísta, governado pelos sentimentos e pela carne), então o namoro deve partir. Devemos parar de tentar encaixar os princípios de Deus em estilos de vida que a sociedade define como bom. Os valores e atitudes de Deus devem redefinir o nosso modo de vida.
A corte propõe novas atitudes que são fruto da visão que Deus nos dá a respeito do amor, pureza e estar solteiro.
A seguir está uma lista destas novas atitudes que a corte propõe:
1. Cada relacionamento é uma oportunidade para dar forma ao amor de Cristo.
Quando se tem isto em mente, não se investirá tempo e esforço tentando chamar a atenção sobre si ou provocar uma reação de atração na outra pessoa. A corte propõe que se trate os outros como irmãos (Rm 12:10) e não como namorados em potencial. O apóstolo Paulo instruiu seu discípulo Timóteo a tratar as mulheres jovens “como irmãs, com toda pureza” (I Tm 5:2).,
O amor deve permear todos os nossos relacionamentos, e deve ser da forma como Deus o define: sincero, com coração de servo e abnegado. Não o tipo egoísta e sensual baseado naquilo que nos dá uma sensação gostosa. Não podemos amar como Deus ama e namorar como o mundo namora.
2. Os anos como solteiros são presentes de Deus para nós.
O namoro rouba muito da flexibilidade, liberdade e do foco de estar solteiro. Devemos entender que estar solteiro não é estar incompleto – como o mundo prega – mas é um período importantíssimo nas nossas vidas e um presente de Deus. É um tempo de andarmos rápido, com o tempo e a energia disponibilizada, podendo buscar amizades mais profundas com pessoas de ambos os sexos e um ministério mais eficiente. Como solteiro você tem a liberdade de explorar, estudar e crescer em todas as áreas. Nenhuma outra época da sua vida oferecerá isso.
Precisamos viver sabiamente, aproveitando ao máximo cada oportunidade, remindo o tempo (Ef 5:15). Ou seja, enquanto você espera pelo seu casamento... mexa-se! Quando nos concentramos em “aproveitar o tempo”, não só aproveitamos ao máximo cada momento, mas também nos preparamos para a próxima etapa de nossas vidas. Nossa fidelidade nas pequenas coisas nos garantirá o direito de lidar com responsabilidades maiores para frente.
3. A intimidade é a recompensa do compromisso – eu não preciso buscar um relacionamento romântico antes de estar pronto para me casar.
Deus criou cada um de nós com um desejo por intimidade e Ele quer satisfaze-lo. Enquanto estamos solteiros, este desejo não vai desaparecer, mas Deus quer que tenhamos paciência para esperar. Se não estamos em condições para entrar em um casamento, não é tempo para nos envolvermos com alguém. Muitos passam anos se iludindo num relacionamento para “um dia” dar em casamento.
A intimidade custa compromisso, este é o preço. Se eu não estiver preparado para isso, não devo ir em busca de um relacionamento romântico. É como sair para fazer compras sem dinheiro. De que adianta achar a roupa ideal se eu não tiver dinheiro para leva-la para casa? E eu não posso ficar anos e anos olhando-a na vitrine ou experimentando-a no provador.
4. Eu não posso “ser dono” de alguém fora do casamento.
O casamento é a única condição para que duas pessoas sejam uma só carne, compartilhando intimidade emocional, espiritual e física. Uma pessoa só é parte e dona da outra nesta condição (I Co 7:3-4). Isto quer dizer que eu não posso requerer o tempo, a afeição, o corpo e o futuro de alguém antes do casamento.
Além disso, Deus projetou a nossa sexualidade como uma expressão física da unidade do casamento. Deus a guarda cuidadosamente e coloca muitas condições, pois a considera extremamente preciosa. Um homem e uma mulher que comprometem as suas vidas um ao outro no casamento ganham o direito de expressarem-se sexualmente um ao outro; eles se pertencem.
Se alguém não é casado, não tem nenhum direito sobre o corpo de ninguém, nenhum direito a intimidade sexual. Se o corpo de outra pessoa não nos pertence (isto é, se não estamos casados), que direito temos de tratar alguém diferentemente de como uma pessoa casada trataria uma outra que não fosse o seu cônjuge? Esta questão é a que delimita os contatos físicos na corte. Ou seja: aquilo que uma pessoa casada não faria o solteiro também não deve fazer.
O mundo prega que o casado não pode ter intimidade com outra pessoa (sem ser o cônjuge) porque já se casou, mas o solteiro pode, porque está livre. Isto é uma mentira de Satanás! Nem o casado nem o solteiro podem ter intimidade com outra pessoa fora do casamento!
5. Evitarei situações que podem comprometer a pureza do meu corpo e mente.
A pureza vai muito além do que permanecer virgem. Para vivermos em pureza é preciso adotar um estilo de vida drasticamente diferente do mundo, evitando todo tipo de situações que favorecem o comprometimento de valores e que encorajam a tentação. A verdadeira pureza é uma busca persistente e determinada pela retidão, por agradar a Deus à maneira de Deus.
A impureza não é algo que entra de repente, mas vai tomando conta gradativamente, à medida que tiramos Deus do foco. Nos namoros, a impureza começa muito antes dos momentos de paixão carnal (Mt 5:28). A pureza não se define por uma linha ou regra. Se assim fosse, o que nos impediria de ir o mais perto possível da beirada? Deus exige um coração puro! (Sl 24:4). A direção da pureza começa no íntimo, você deve apóia-la em decisões práticas do dia-a-dia a respeito de onde, quando e com quem você escolhe estar.
Considerando o desafio:
Você está disposto a quebrar as regras da sua cultura para experimentar o melhor de Deus?
Você realmente confia Nele? Você crê que abrindo mão de algo “bom” agora por ser a horaerrada, Deus irá trazer algo melhor quando for a hora certa?
• Você está disposto a entregar tudo a Ele, consagrando –se com total desprendimento? Você e eu nunca experimentaremos o melhor de Deus – estando solteiros ou casados – até que entreguemos tudo a Ele. É tempo de uma nova atitude.
Você aceita o desafio de parar agora com o seu namoro para buscar a direção de Deus juntamente com o seu líder espiritual? Lembre-se: Continuar num relacionamento inadequado somente aumenta a dor quando ele finalmente termina. Tenha coragem de obedecer agora. A obediência irá preservar de muita tristeza e sofrimento no futuro.
Se você já tem a direção de Deus, mas não está pronto para casar-se em seguida, você está disposto a limitar o tempo e a energia que vocês estavam investindo um no outro? A transformar o seu namoro em corte? A parar de focalizar a atenção de um no outro para serem apenas amigos por enquanto? Passar a limpo nem sempre significa terminar um relacionamento. Algumas vezes é somente reajustar o foco dentro dos princípios de Deus para evitar que ele continue indo na direção errada. Faça uma aliança com o seu líder espiritual de prestar-lhe contas do seu relacionamento. Lembre-se: ele está do seu lado! Seja humilde para pedir-lhe conselhos e correção.
Você está disposto a guardar o seu coração (Pv 4:23), para que não venha se envolver emocionalmente com a pessoa errada ou na hora errada? Quando isso acontece é muito difícil lidarmos com o que vem a seguir, pois do coração procedem as fontes da vida. Não deixe que esta fonte fique poluída! Apresente o seu coração diante de Deus e peça-lhe que o ajude a guarda-lo para a pessoa certa e na hora certa. Lembre-se que o nosso coração é enganoso e desesperadamente corrupto (Jr 17:9). Precisamos orar como Davi: “Dispõe-me o coração para só temer o teu nome” (Sl 86:11) e “Cria em mim, ó Deus, um coração puro e renova dentro de mim um espírito inabalável” (Sl 51:10).
Você está disposto a eliminar da sua vida todo tipo de influência pecaminosa? Coisas como livros e filmes românticos, novelas, músicas mundanas, amigos obcecados por namoro, e coisas semelhantes que conflitam com o seu compromisso de buscar o melhor de Deus nos relacionamentos? Estas coisas causam descontentamento ou abandono dos valores de
Deus, e contaminam sua mente e sentimentos.Busque arrependimento genuíno a tudo que contaminou a sua vida na área de relacionamentos. Receba o perdão de Deus, porque Ele já o perdoou (Hb 8:12), e siga em frente. Uma vida de pureza o aguarda!
“Eu é que sei que pensamentos tenho a vosso respeito, diz o Senhor; pensamentos de paz e não de mal, para vos dar o fim que desejais” Jr 29:11

 

Fonte: www.atosdois.com.br

 



ESTUDA DA CÉLULA - LIÇÕES 2 - KIDS, TEEN, JOVENS E ADULTOS

08:47 AM, 16/4/2012 .. 1 comentários .. Link

LIÇÃO 2 - CÉLULAS KIDS E TEEN

JESUS ESTA COMIGO TODAS AS NOITES!

Textos Bíblicos: Êxodo 13:21b-22, Salmo 121:4

Texto para decorar:  “Quando me deito, durmo em paz, pois só tu, ó SENHOR, me fazes viver em segurança. Salmo 4:8”

PRINCIPIO: “Jesus esta comigo à noite. Não devo temer a escuridão”

OBJETIVOS:  Ao finalizar a classe as crianças poderão:

- Abrir o coração e expressar se eles tem medo a escuridão ou a noite.

- Entregar os seus temores ao Senhor em oração.

- Desenvolver o habito de orar antes de dormir, pedindo a proteção do Senhor.

QUEBRA-GELO: Noite- Dia

Um adaptação do MORTO-VIVO.

Quando o líder dizer NOITE, a criança deve se abaixar unindo as suas mãozinhas e de olhos fechados. Quando dizer DIA, devem ficar de pé de mãos abertas. A criança que errar a ordem dada pelo líder sai do jogo.

 HORA DA PALAVRA:

Na semana passada dissemos que o Senhor estava presente guiando o povo de Israel de dia no deserto através duma nuvem. Dissemos que de dia no deserto a temperatura alcança níveis altíssimos e que seria impossível viajar em essas condições. Mas também acontece algo muito estranho durante as noites no deserto! Você sabe o que é?

Sim! O clima cai vertiginosamente, há ventos gelados e às vezes a temperatura chega a vários graus negativos! Seria muito difícil para Israel sobreviver no deserto sem os cuidados e a ajuda do Senhor. Então, quando a noite chegava lemos no livro de Êxodo que o Senhor enviava uma coluna de FOGO! Vejamos Êxodo 13:21b-22

(mostre o desenho da coluna de fogo)

De dia o Senhor Deus deu uma nuvem pra proteger a Israel do calor e de noite enviou uma coluna de fogo para aquecer e guiar o povo na escuridão!

Deus é maravilhoso, não é verdade?  Israel esteve no deserto durante 40 anos e Deus jamais os abandonou! Deus é muito bom!

O que acham que os Israelitas tivessem sentido na escuridão e no frio do deserto se não tivessem a coluna de fogo do Senhor? (permita respostas)

Como vocês acham que se as crianças israelitas se comportariam em tremenda escuridão? Lembre que elas não tinham energia, nem TV nem lanternas como nos temos! (permita respostas)

Muitas crianças também tem medo quando chega à noite. Muitas têm medo do escuro, de dormir com a luz apagada, ou de ficar sozinho no quarto. Tem criança que jamais dorme sozinha!

Alguém aqui tem medo à noite? (permita respostas)

Do que você tem medo? (permita respostas)

Alguém aqui dorme com os seus pais? (permita respostas)

Com esta passagem Bíblica aprendemos que Deus também está com a gente em todo momento, assim como esteve com o povo de Israel numa coluna de fogo, na escuridão da noite.

A Palavra de Deus disse que o Senhor não dorme. Veja em Salmos 121:4

“O protetor do povo de Israel nunca dorme, nem cochila” Salmos 121:4

Ele é nosso protetor, ele não dorme nem cochila! Glória a Deus!Ele esta do nosso lado sempre, nos protegendo e guardando. Não devemos temer nada! Ele é a nossa coluna de fogo.

 Fiquemos de pé e declaremos bem alto:

Eu renuncio a todo medo de ficar sozinho, renuncio a todos medo a escuridão em nome de Jesus e declaro que Jesus esta sempre ao meu lado! Obrigado Jesus porque o Senhor nunca dorme nem cochila, me ajude a confiar no Senhor sempre! Em nome de Jesus amem!

Devemos também aprender a orar todas as noites antes de dormir, entregando nosso sono e descanso nas mãos do Senhor, pedir para que ele nos guarde de todo mal, dos pesadelos e que fique do nosso lado bem atento.

Que decisão tomará a partir de hoje? (permitir respostas e estimular aqueles que não dormiam sozinhos ou que tinham medo a que orem antes de dormir, confiem no Senhor e passem a dormir sós)

Declare o texto bíblico para decorar com as crianças até eles aprender. Peça para que o declarem a cada noite antes de dormir.

MOMENTO DE ORAR

Ore especificamente sobre as crianças que manifestaram que possuem medo para dormir ou à noite. Reprenda o medo e ministre a paz e a confiança do Senhor.

 ATIVIDADE

Entregue a folhinha com atividades.  Recorte pela linha de pontos, na metade da folhinha. Depois recorte a criança e dobre pelos braços e cole somente a parte inferior da barriguinha na cama. Então a criança poderá se assentar e fechar os braços para orar e logo poderá deitar na caminha para dormir de braços abertos.

 

LIÇÃO 2 - CÉLULA ADULTO E JOVENS

IGREJA BATISTA DO CALVÁRIO – WERNECK

 

LIÇÃO DA CÉLULA – MÊS DE ABRIL

 

 ONDE SÃO TRAVADAS AS BATALHAS ESPIRITUAIS

 

 

Quebra gelo - O líder da célula deverá pedir aos participantes, que, com base no que eles têm visto nos filmes de guerra, o que eles acham ser necessário para se ganhar um batalha.

O líder você deverá explicar que, uma guerra não se ganha lutando de qual quer forma, que as estratégias são indispensáveis para se ganhar qualquer batalha não importando o nível ou área de atuação: Espiritual, financeira, familiar etc.

 

TEXTO: Efésios 6:12. Por que não temos de lutar contra a carne e o sangue, mas sim contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostis espirituais da maldade, nos lugares celestiais.

 

Não podemos nos esquecer que:

1 – Nossa luta não é contra carne e sangue, ela é espiritual (Efésios 6:12).

2 – O nosso adversário é espírito, é um ser pessoal, porém não possui corpo físico próprio (Ezequiel 28:12-19).

3 – Está esperando apenas uma brecha em nossas vidas para entrar, por isso precisamos resistir a ele (Efésios 4:27) não dando-lhe lugar.

Sabendo quem Ele é e identificado o seu objetivo, queremos identificar onde são travadas as batalhas espirituais.

 

I) Na nossa mente - Ele procura atingir o nosso interior, o local que é o centro de nossas decisões, vontades, desejos, emoções e pensamentos. Ele procura fazer que nós não possamos adorar e honrar a Deus, e que não sejamos usados como instrumentos para a revelação do Senhor.

O Diabo tem tentado roubar de Deus os nossos corpos, nossa mente, nossas vontades, nossa adoração e tudo o mais que possa nos levar a rendermo-nos diante do Todo Poderoso, como o nosso único Deus e Senhor.

Como ele opera contra nossas vidas?

Ele nos ataca através da tentação – através dela ele procura nos levar ao pecado, tentando fazer com que desobedeçamos a Deus e possamos nos afastar de Sua presença. Vemos isto na queda de Adão e Eva. (Gênesis 3).

Existe uma ordem quando falamos em tentação (Gênesis 4:1-9):

a)  Começa com o orgulho (o meu eu começa a falar mais alto, a auto-suficiência, a dar ouvidos a vozes estranhas).

b)  O orgulho começa gerar a mentira (auto-engano, defesa do ego, o saber e questionar a todas as coisas).

c)  A mentira gera o homicídio (satisfação do ego, concretização do planejado).

As três principais áreas as quais precisamos tomar muito cuidado para que isto n&ati

Estudos de célula - ANO 2012

12:13 PM, 3/4/2012 .. 0 comentários .. Link

ESTUDOS PARA CÉLULA DO MÊS DE ABRIL 2012

 LIÇÃO 1 - ADULTOS

 QUALIDADES INDISPENSÁVEIS NA VIDA DO CRISTÃO

 Palavras de Boas vindas

Oração

Louvor

QUEBRA GELO -   Quando você morrer, o que gostaria que falassem a seu respeito?

LEITURA BÍBLICA - (Tito 1:12-13)

 Vemos que o apóstolo Paulo escreve três cartas pastorais: duas delas a Timóteo e uma delas a Tito.

Com relação a esta epístola a Tito, vemos que após ele se instalar na ilha de Creta, tinha uma difícil tarefa: colocar em ordem as igrejas que haviam naquele lugar, constituindo presbíteros que pudessem exercer um ministério segundo o coração de Deus e que fossem pessoas comprometidas com o Reino.

 Tito estava encontrando homens que eram imorais e preguiçosos (Tito 1:12-13) e que precisavam de líderes com autoridade, com poder, e com uma vida exemplar, que pudessem ser verdadeiros referenciais para a vida deles.

Analisando três textos veremos estas qualidades que são indispensáveis em nossas vidas, pois a bíblia diz que todos nós somos príncipes e sacerdotes.

 I) TITO 1:5-9

 . Ser irrepreensível, possuir uma única mulher, filhos crentes que não causam dissensões e não são insubordinados (v.6)

. Não arrogante, irascível, não dado ao vinho, não violento e não cobiçoso (v.7)

. Hospitaleiro, amigo do bem, sóbrio, justo, que tenha domínio de si (v.8)

. Apegado a Palavra, apto para exortar e convencer (v.9)

 

II) TITO 3:1-11 

 . Sujeitos aos governantes e autoridades (v.1)

 . Não contenciosos e não difamadores (v.2)

. Que a velha natureza esteja morta (v.3-5)

. Evita discussões, contendas, facções, pois isto é pecado e por isto será condenado (v.9-11) 

  III) TITO 1:10-16

 . Não deve ser insubordinado, com palavras vãs, enganadores (v.10)

 . Não usar de palavras e atitudes para destruir a fé de casas inteiras, desviando-as do caminho, ensinando-lhes o que não deve (v.11)

. Não se ocupar de fábulas, costumes, ou seja, viverem de religiosidade e de um legalismo que não leva a lugar algum (v.14)

. Não ter mente e consciência corrompidas, antes sermos sadios em todas as coisas.

. Viver o que prega e não simplesmente dizer que somos cristãos, mas nossas obras não diz o que somos.

 Olhando ainda para a carta de Paulo a Timóteo, vemo-lo alistando também qualificações que devem ser encontradas em um ministro do Senhor (I Timóteo 3:1-13):

  . Irrepreensível, única mulher, sóbrio, modesto, hospitaleiro e apto para ensinar (v.2) 

. Não dado ao vinho, não violento, inimigo de contendas e não avarento (v.3)

. Governe bem suas casa, criando os filhos sob disciplina e com respeito (v.4-5)

. Não neófito na fé (v.6), mas experimentados na fé (v.10)

. Que seja visto como exemplo de vida pelos de fora (v.7)

. Sejam respeitáveis, de uma só palavra (v.8)

. Respeitáveis, não maldizentes, temperantes e fiéis em tudo (v.11) 

Conclusão:

. Que cada pessoa possa analisar a sua vida, mediante estas características, qualidades e deveres. Ver se há alguma falha, arrependa-se e tenha um concerto com Deus.

. Deus precisa de homens e mulheres que tenham um caráter tratado, que sejam verdadeiros referenciais de vida, que tenham suas casas e suas vidas no altar do Senhor.

 AVISOS IMPORTANTES: Este mês estamos em festa é o Aniversário da Igreja. Todas as células farão uma apresentação. Prepare tudo com carinho é o nosso presente ao Senhor.Prepare a árvore geneolágica da sua célula. Capriche!! Ela vai para o mural da Igreja.

 

 

 

 

 

JESUS ESTA COMIGO TODOS OS DIAS!

LIÇÃO  1 - CÉLULA KIDS 

 

Textos Bíblicos: Êxodo 13:20-22 – Números-9:17-19 – 2ª Crônicas 16:9ª

Texto para decorar:  “Sei que a bondade e a fidelidade me acompanharão todos os dias…”  Salmo 23:6ª

PRINCIPIO: “Jesus esta comigo todos os dias”

OBJETIVOS:  Ao finalizar a classe as crianças poderão:

- Dar exemplos dos cuidados de Jesus nas suas vidas.

-Fazer uma lista dos momentos em que Jesus esta com eles no dia.

-Expressar como percebem os cuidados de Deus através de Jesus nas suas vidas.

QUEBRA-GELO: Chuva na casa do vizinho.

Material: Jornal para fazer muitas bolinhas de papel.

Divida a célula em dois grupos enfrentados, separados por uma linha.

Dizer: Como sabemos as nuvens estão carregadas de partículas de água e são elas que produzem a chuva. Vou colocar estas bolinhas de papal bem no meio dos dois grupos. A tarefa de vocês é pegar as bolinhas de papel e jogar na casa do vizinho (no grupo que esta na frente)

Depois de uns minutos o líder deve dar a ordem de se deter. O grupo que tiver mais bolinhas de papel perde.

(Líder  pode repetir o quebra gelo)

HORA DA PALAVRA:

As nuvens são muito lindas! Alguma vez deitou no chão de barriga pra cima, olhando para o céu cheio de nuvens? Já ficou observando as NUVENS… os formatos, os desenhos que elas fazem? Já brincou achando algum parecido ou forma às nuvens? As nuvens são um conjunto de partículas de água em suspensão na atmosfera terrestre, produzindo chuvas ou mesmo queda de granizo, geadas, etc.

Mas a Bíblia nos fala de uma nuvem muito especial. Vejamos o texto de Êxodo 13:20-22

 O Texto bíblico que lemos nos fala da NUVEM, não de uma nuvem qualquer, mas uma nuvem com o símbolo da presença de DEUS no meio do povo durante o dia. Não sabemos como era essa nuvem, o seu formato, se aparecia alguns desenhos nela, se era grande ou pequena…. mas uma coisa era certo: Era uma nuvem especial. Ela abrigava a presença de Deus. Essa nuvem  protegia e guiava o povo de Israel do sol. Aprendemos com isto preciosos princípios. (mostrar visual)

1)     TEMOS A PROTEÇÃO DE DEUS TODOS OS DIAS. JESUS ESTA CONOSCO SEMPRE! “ A coluna de nuvem sempre ia adiante deles durante o dia”… Ou seja que a NUVEM simbolizava a graça protetora de Deus na vida daquele povo. O texto esta afirmando que esta nuvem cobria, ou seja, servia de proteção ao povo. As temperaturas durante o dia no deserto passavam os 50 graus! Você já imaginou um dia tão quente?  A Nuvem era sombra para o dia ensolarado, mantinha o povo de Deus protegido e fresco. Era o cuidado de DEUS para a vida daquele povo.

DEUS deu uma nuvem para protegê-los no deserto. Por isso o salmista (91:1) diz que: “Aquele que habita no abrigo do Altíssimo descansa à sombra do Todo-Poderoso”. Ou seja, DEUS guardou o povo de desfalecer ou mesmo desistir da jornada rumo a terra prometida.

 E a bíblia diz que DEUS é o mesmo de ontem, hoje e eternamente. Por isso ELE continua também em nosso tempo pronto para proteger as nossas vidas. Quando você anda debaixo da nuvem de Deus, você conta com a proteção de Deus!

Salmos 121:5-8 diz: “O Senhor é o seu protetor; como sombra que o protege, ele está à sua direita. De dia o sol não o ferirá, nem a lua, de noite. O Senhor o protegerá de todo o mal, protegerá a sua vida. O Senhor protegerá a sua saída e a sua chegada, desde agora e para sempre”.Não devemos ter medo! Jesus está conosco sempre! Todos os dias.

 Você esta triste com algo? Está com medo? Tem algum problema em casa ou na escola? Então lembre que Jesus está do seu lado! Ore, peça a sua ajuda e proteção! Você não está só!  As vezes nos sentimos sufocados e tristes por algo, devemos nos colocar debaixo da NUVEM da presença de Deus!

·         Você tem sentido a proteção do Senhor e a presença amorosa de Jesus na sua vida?

·         Você precisa da proteção do Senhor nalguma área especifica da sua vida?

2)     DEUS NOS GUIA

Se você sair de férias com a sua família, e quer chegar ao mar… Como faz para se guiar até aquele lugar? (Permitir respostas) Sim, hoje temos muitas ferramentas e instrumentos para orientar-nos numa longa viagem. Por exemplo, GPS, mapas impressos, cartazes, postos de turismo, internet, computadores, celulares, rádios, etc. Mas no tempo bíblico não havia estas ferramentas. Você pode visualizar naquele deserto milhares de seres humanos avançando sem qualquer conhecimento da rota que deviam seguir? Uma multidão numerosa de homens, mulheres e crianças, viajando através num tremendo deserto arenoso, sem bússola, sem guia humano, sem um celular, sem um radinho a pilha?…

Vejamos  Números-9:17-19

O v. 17 diz: “Sempre que a nuvem se levantava de cima da Tenda, os israelitas partiam, e no lugar em que a nuvem descia, ali eles acampavam”. Ou seja, o povo de Deus precisava estar atento ao mover da Nuvem de Deus. A orientação de iniciar a caminhada ou parar para descansar vinha da Nuvem do Senhor.
Mas que espetáculo! Ali estava aquela multidão avançando sem qualquer conhecimento da rota que deviam seguir, apenas dependentes de Deus, dependentes da Sua Orientação. 

Eles não podiam fazer planos para o dia seguinte: quando acampavam, não sabiam quando deveriam pôr-se em marcha novamente; ou quando em marcha, não sabiam onde iriam acampar! O que eles tinham que fazer? … apenas olhar para cima a fim de receber orientação de Deus. Os seus movimentos eram dirigidos pela Nuvem de Deus.

 Assim como este povo estava com seus olhos fixos na nuvem esperando o cuidado de Deus, você também precisa olhar para o alto e buscar a orientação de Deus. 

JESUS em João 8.12 disse: “Eu sou a luz do mundo; quem me segue, nunca andará em trevas; mas terá a luz da vida”. Isto é direção! Isso é orientação divina. Você precisa dessa direção em todas as áreas da sua vida. Devemos estar com os nossos ouvidos atentos para ouvir a Palavra de Deus, ela nos guiará nos caminhos de retos do Senhor.

·         Quando você tem que decidir algo, costuma perguntar ao Senhor o que deve fazer?

IGREJA BATISTA DO CALVÁRIO - WERNECK

11:11 AM, 3/4/2012 .. 1 comentários .. Link

2012  - O ANO DA SAFRA ABUNDANTE



CÉLULA DULTOS - MÊS DE OUTUBRO 2011

10:45 AM, 25/10/2011 .. 2 comentários .. Link

ESTUDO PARA CÉLULAS OUTUBRO DE 2011

 TEMA: ATITUDES DE UM PAI VENCEDOR

 SUGESTÃO DE QUEBRA-GELO: Só Ria: O carioca perguntou para o mineiro... "ô mineiro é verdade que lá em minas vocês só falam as vogais?" O que o  mineiro respondeu: "uai ué"

 LOUVOR E ADORAÇÃO: Pai como eu confio em teu amor, Pai como eu confio no teu favor... Faça letra dessa música para os convidados.

 TEXTO – Marcos 5.21-24

 EDIFICAÇÃO: Hoje, nós vamos tomar como exemplo um pai muito especial que está na Bíblia chamado Jairo. Jairo, experimentou um grande milagre de Deus em sau casa. E o seu exemplo pode nos inspirar acerca do mialgre que necessitamos também.

            Vejamos pois, algumas atitudes que Jairo como pai teve e qeu nós também pais ou não devemos ter:

 Um pai vencedor...

I -  PERCEBE QUANDO A MORTE RONDA A SUA CASA(V.23)

1.1.       Quando Jairo recebeu a notícia de que sua filha estava doente, ele percebeu que a morte já estava rondando a sua casa.  Veja o verso 23:” minha filhinha está à morte”.

1.2.       Jairo era chefe da sinagoga e com certeza estava muito ocupado com seus afazeres religiosos. Ele deveria passar boa parte do dia na sinagoga resolvendo questões relacionadas à religião. Ele tinha que decidir, assinar, liberar, vetar, indicar... enfim, esse era Jairo, chefe na sinagoga.

1.3.       Mas Jairo também tinha família, e ele tinha uma filha de 12 anos. Um belo dia quando tudo estava aparentemente bem,  a menina ficou doente e agora ela estava a beira da morte. E o que é interessante nesse texto é que Jairo foi rápido para perceber que a morte esta rondando a sua casa.  

Muitas pessoas não conseguem perceber quando a morte está rondando a sua casa. No caso de Jairo era a morte física, mas em muitos lares nós podemos constatar a morte espiritual. Mesmo alguns pais, parece não perceber que há morte na sua casa.

o        Muitos são rápidos para perceber a morte física. Mas muitas vezes lentos para perceber quando a morte está entrando pelo mundanismo, pela sensualidade, com os argumentos contrários à Palavra.

o        Está na hora de abrir os olhos, os ouvidos e se conscientizar de que há morte espiritual rondando sua casa.

  Um pai vencedor...

II – NÃO SE CONFORMA COM A MORTE EM SUA CASA(V.22)

      2.1. Jairo não se conformou. Muitas coisas acontecem na nossa casa porque nos conformamos facilmente.

      2.2. Algumas pessoas, quando se conscientizam da morte ficam desesperados, mas outras aceitam pacificamente. Quantos que quando vêm a família sendo destruída dizem: “ é a vida é assim mesmo”. “Infelizmente eu não posso fazer nada!” E muitos entram num conformismo e aceitam a derrota e a destruição.

2.3.       Jairo foi uma pai que se posicionou. Jairo foi um pai que tomou uma atitude. Ele não aceitou a morte entrando na sua casa. Em outras palavras ele disse: “ eu não vou deixar o inimigo fazer festa na minha casa”. E naquele momento Jairo sai de casa disposto a buscar a solução. Ele vai se embrenhar no meio da multidão. Ele vai caminhar muito tempo a pé. Ele vai pedir informação. Ele vai em busca de algo ou de alguém que pudesse ajudá-lo!

·      O problema de muita gente é que quando ela começa a enxergar a morte entrando na sua casa o invés de reagir, ela se entrega. “ Eu não consigo mais orar” “ eu não tenho forças para congregar” . E a pessoa ao invés de se fortalecer no Senhor, através da Palavra, da oração da comunhão com os irmãos, ela se isola.

·      Quando se trata da morte entrando na nossa casa, nós temos que ser tomados por sentimento de revolta santa. E nos levantar em Deus para mudar a situação. Foi isso que Jairo fez.

·      Seja como Jairo, levante-se hoje, e lute pela sua casa. Lute pela sua família. Não aceite a morte nem a derrota na sua casa.

 Um pai vencedor...

III – BUSCA A AJUDA DO SENHOR(Vv.23,24)

      3.1. Jairo já estava consciente da morte na sua casa, mas agora Jairo se viu impotente diante da situação. O que fazer?  Ele tinha uma posição importante, mas ela não pôde ajudá-lo; ele tinha influência, mas ela não lhe serviu; ele tinha dinheiro para pagar bons médicos, mas nesse caso foi inútil; ele tinha amigos, mas não podiam fazer nada; ele era religioso, mas a religião não pôde salvar sua filha.

     3.2. Veja como Jairo agiu: Ele vai até Jesus. Mas ele não caminha, ele corre; ele não ora, ele clama; ele não ajoelha, ele se prostra. Isso toca o coração de Deus. Jairo tocou o coração de Jesus. Mc.5.23.

   Esse homem é um exemplo de pai que intercedeu e, por sua intercessão, a salvação entrou na sua casa. Jairo não é um modelo apenas para os pais. Mas para qualquer pessoa que precisa de um milagre de Deus.

·      A fé exige que andemos contra as evidências naturais. Foi isso que Jairo fez, ele ignorou o relatório humano e agarrou-se às palavras de Jesus como sua última esperança: Não temas, somente creia!

·      Você não precisa se contentar com o consolo da incredulidade nem  pelo riso da ironia daqueles que zombam de sua fé, agarrem-se à Palavra de Deus e creia que Ele é poderoso e fiel para fazê-la se cumprir em suas vidas e de sua família. 

1)  Quais as principais portas de entrada da morte numa casa, seja na vida dos filhos ou mesmo no casamento, na sua opinião?

2)  Como você reage quando percebe que a morte está rondando a sua casa?

3)  Qual das atitudes de Jairo marcou mais a sua vida?

 MOMENTO DE OFERTA E ORAÇÃO

·                 CLAMOR PELAS FAMÍLIAS:  Nesse momento coloque cada família diante de Deus e afugente todo espírito de morte.;

COMUNICAÇÕES:

Encontro com Deus na primeira semana do mês . Mande alguém de sua célula não esqueça de convidar as pessoas do cartão da oração por três



CÉLULA KIDS - MÊS DE OUTUBRO

01:29 PM, 13/10/2011 .. 0 comentários .. Link


LIÇÃO 1 - DANIEL REJEITA O BANQUETE DO REI

 PRINCÍPIO: Consagrar-se  é separar-se das coisas contaminadas do mundo.

VERSÍCULO: “Resolveu Daniel, firmemente, não contaminar-se com as coisas do rei da Babilônia”. Daniel    1.8  

ALVO: Mostrar às crianças que elas podem escolher viver de maneira que agrade a Deus, não se contaminando com as coisas erradas desse mundo.

Ø   QUEBRA-GELO: MATERIAL: Um copo com água limpa e outro sujo.

PROCEDIMENTO: Mostre às crianças um copo de água bem limpinha. Pergunte para elas: Quem gostaria de tomar um gole? Agora mostre um copo de água suja com terra. E agora, quem gostaria de beber desta água? (Deixe as crianças responderem). Por que não? É água do mesmo jeito. É claro que está um tanto suja, mas não deixou de ser água. Bem, dá para perceber que essa água suja não serve para você, não é verdade? É porque essa água está contaminada.

MORAL: Da mesma maneira para sermos usados por Deus, não podemos permitir contaminação, nos misturando com a sujeira do pecado.   

Ø    LOUVOR:  1. Eu tenho a Força de Deus” (Cristina Mel)

Ø    Na corte do Egito

Ø    CONTANDO A HISTÓRIA BÍBLICA:

COMENTÁRIO DO TEXTO  :

Muito bem, crianças. Hoje  quero te dizer algo que é muito importante! Vamos aprender algo sobre o profeta Daniel e saber o que aconteceu com ele.

2º) Leitura do texto-base:  Para começar vamos ler o texto da bíblia (o professor deve usar a bíblia gigante contendo o texto, mas deve saber bem a história para contá-la de maneira bem espontânea, e poder olhar para as crianças enquanto lê)

TEXTO BÍBLICO: DANIEL 1

         Um rei chamado Nabucodonosor atacou Jerusalém e mandou que levassem prisioneiros alguns jovens das famílias nobres, para trabalharem no seu palácio. O rei mandou que os jovens recebessem todos os dias a mesma comida e o mesmo vinho que ele, o rei, comia e bebia. Entre os escolhidos estavam Daniel, Sadraque, Mesaque e Abede-Nego. Daniel e seus amigos resolveram não comer a comida e beber o vinho que o rei lhes ofereceu. Comeram apenas legumes. Daniel disse: Durante dez dias, dê-nos somente legumes para comer e água para beber. No fim dos dez dias, faça uma comparação entre nós e os jovens que comem a comida do rei. Passados os dez dias, os quatro jovens israelitas estavam mais sadios e mais fortes do que os jovens que comiam a comida do rei. Deus deu aos quatro jovens um conhecimento profundo dos escritos e das ciências dos babilônios, mas a Daniel deu também o dom de explicar visões e sonhos. Daniel e seus amigos foram levados à presença do rei. Todas as vezes que o rei fazia perguntas a respeito de qualquer assunto que exigisse inteligência ou conhecimento, descobria que os quatro eram dez vezes mais inteligentes do que todos os sábios e adivinhos de toda a Babilônia.   

 Entendendo o que significa Babilônia: (mostrar na foto de um mapa mundi a localização enquanto explica)

  A bíblia fala lá no livro de Apocalipse  que a Babilônia é um lugar da religião falsa, que prega mentiras, engana as pessoas, tem muita sensualidade e distorce a verdade sobre Deus.

·                     AGORA APONTE PARA O RIO DE JANEIRO.

·                     Pois é, agora vamos vir aqui para o Brasil e ainda para o Rio de Janeiro. Hoje nós moramos num lugar que se parece muito com a Babilônia de Daniel. O Rio de Janeiro, por exemplo, é um lugar que tem muitas religiões falsas (pessoas que não servem a Jesus), onde o diabo engana as pessoas com muitas mentiras, onde tem muita sensualidade, e muito misticismo (cristais, bruxas, duendes, ...), aqui em Paraíba do Sul também tem todas estas coisas que não são de Deus.

 2º )Explicar o texto

  Mas sabe de uma coisa crianças, Daniel estava lá na Babilônia e mesmo com tantas coisas ruins lá, ele e seus amigos eram de Deus e decidiram não se contaminar com as coisas erradas.

Eles estavam na Babilônia mas não faziam as coisas da Babilônia.

Então nesse texto de Daniel vemos que:

DANIEL CONSAGROU-SE  A DEUS: Daniel foi um jovem que decidiu separar-se de coisas erradas da Babilônia para viver de uma maneira que agradasse a Deus. Ele tinha um coração puro e confiava em Deus completamente. Em vez de esquecer-se de Deus e aproveitar as coisas que o rei oferecia (porque esse rei não servia a Deus), ele as rejeitou porque creu que Deus tinha um plano melhor para ele.

MAS O QUE DANIEL FEZ PARA SE CONSAGRAR A DEUS? Daniel rejeitou comer a comida do rei, porque era oferecida aos ídolos. Daniel sabia que essa comida era contaminada, e por isso, não deveria comê-la. Hoje, doces oferecidos para santo são comidas contaminadas e você deve rejeitá-las. Mês que vem teremos o dia de Cosme e Damião. Esses doces são consagrados aos ídolos do mal. Daniel rejeitou a comida do palácio porque era sacrificada a demônios e, portanto, contaminada. Deus se agradou da atitude de Daniel e de seus amigos; por isso deu a eles mais inteligência do que todos os sábios que trabalhavam no palácio do rei.  

DANIEL FOI DIFERENTE: Daniel estava no vivendo num lugar cheio de pecados, mas ele DECIDIU não se envolver nem se contaminar.   

 Ø    APLICAÇÃO NA VIDA DA CRIANÇA:  

Agora, o que nós hoje aqui no Rio de janeiro podemos aprender com a atitude de Daniel?

1) O QUE VOCÊ PODE APRENDER COM DANIEL? Daniel nos ensina que, para viver de maneira agradável a Deus, você precisa crer que Ele tem um plano para sua vida. Somente depois disso é que você vai ter fé para rejeitar aquelas coisas que podem contaminar o seu coração. Existem muitas coisas que são contaminadas e que você deve rejeitar na sua vida? Por exemplo: comidas que são oferecidas a santos, desenhos e livros que ensinam bruxaria, feitiçaria, com amizades erradas etc... Quando você sabe que algo não agrada a Deus, mas faz assim mesmo, você está pecando. Por isso, muito cuidado. Saiba que você sempre pode escolher viver da maneira que agrada a Deus assim como Daniel. Isso é consagração! 

2) VALE A PENA ESCOLHER AGRADAR A DEUS: Daniel escolheu separar-se de coisas impuras, por isso, Deus o abençoou todos os dias de sua vida. Daniel era jovem e viveu no meio de pessoas que não conheciam a Deus. Mesmo assim, ele se separou de coisas contaminadas. Ele fez porque amava a Deus mais do que todas as coisas. O que faz você rejeitar coisas erradas é o seu amor por Jesus. Se você amar a Jesus mais do que tudo na sua vida, você sempre vai escolher o que agrada a Deus. Sabe o que vai acontecer? Deus vai abençoar você, mais do que os outros. E todos vão perceber que as coisas dão certo para você. Esse é o sinal de que vale a pena viver de maneira diferente para agradar a Deus.   

 Exercícios de Fixação

 v Qual o nome do jovem que foi levado da sua terra, como prisioneiro junto com seus amigos? Daniel!

v O que ele fez quando eles lhe ofereceram os banquetes do rei? Ele se recusou a comer. 

v Por que Daniel se recuou a comer os banquetes do rei? Porque era comida consagrada a ídolos.

v O que significa consagrar? É ter certeza que Deus tem um plano para sua vida.

v Por que Daniel escolheu comer outro tipo de comida? Só para ser diferente?  Não. Porque ele queria agradar a Deus.

v  Como você pode agradar a Deus! Amando mais a Jesus do que todas as outras coisas e rejeitando tudo que contamina sua vida.

v Vamos dizer o que Daniel fez quando podia escolher agradar a sua vontade? “Resolveu Daniel, firmemente, não contaminar-se com as coisas do rei da Babilônia”. Daniel    1.8  

Ø   APELO:

Ore e Imponha as mãos sobre a cabeça das crianças rejeitando todo o mal do Rio de janeiro (Babilônia de hoje) e ministrando poder de decisão e determinação em não se misturar nem se contaminar com esse mundo.

Ø    MEMORIZANDO O VERSÍCULO:

Use uma gravura do globo terrestre.

A criança vem à frente, aponta no mapa para a direção da Babilônia (hoje Israel-Ásia) e fala o versículo.

“Resolveu Daniel, firmemente, não contaminar-se com as coisas do rei da Babilônia”

 Ø    BRINCADEIRA: NOME DA BRINCADEIRA: FAÇA O CONTRÁRIO DO QUE EU DIGO

PROCEDIMENTO: Todas as crianças devem ficar bem atentas aos seus comandos. Quando você der um comando, as crianças devem fazer exatamente ao contrário. A criança que se confundir ou não fazer o gesto, deverá sair da roda.

COMANDOS: Agachar – Chorar – Abrir os olhos – Não orar – Não ler a Bíblia – Não falar o versículo do dia – Não abraçar o colega – Colocar um pé para frente – Abaixar as mãos – Brigar com o colega.

MORAL: Daniel decidiu não se contaminar. Agrade a Deus fazendo o contrário do que o mundo oferece. Assim, você será abençoado e se tornará uma criança mais inteligente e mais sábia do que todas!  

Ø    HORA DO LANCHE:

Fonte: wwww.videirario.com.br/suprimentoparacélulas

 



ESTUDOS DE CÉLULA - MÊS DE OUTUBRO DE 2011

01:18 PM, 13/10/2011 .. 0 comentários .. Link

tEMA: EXERCITANDO A FÉ PARA SACAR AS PROMESSAS

LOUVOR E ADORAÇÃO: Você conhece aquele cântico que diz: “ Por onde eu for a tua bênção, me seguirá...”? Então vamos cantá-lo!

SUGESTÃO DE QUEBRA-GELO: Charadinha: Sabe como se chama a lanchonete dos ferroviários do Rio? McNista's!

 LEITURA BÍBLICA :  I Timóteo 4.8

 INTRODUÇÃO : Sabemos que o corpo precisa ser disciplinado. A alma precisa ser transformada. Mas quanto ao espírito, ele precisa ser constantemente exercitado!         Tudo o que não é exercitado vai ficar atrofiado!

      O objetivo do exercício espiritual, não é tirar proveito dele. Mas em I Timóteo 4.8, o apóstolo diz que teremos a promessa da vida presente e da vida futura. Quando você exercita o seu espírito você vai experimentar as promessas de Deus. E quais são essas promessas?  Não são  apenas para a vida futura, mas para hoje. Paulo diz  que o exercício físico tem um pouquinho de proveito. Mas o exercício espiritual vai transformar você em um gigante espiritual.

            Muitos cristãos ficam na academia fazendo apenas exercício físico. Mas nada acontece na vida espiritual dele. Estão lá exercitando todos os dias(um, dois, três... Um dois três!), mas são espiritualmente muito pobres. O físico está cada vez mais poderoso. Mas eles não tem resistência espiritual. Por isso, precisamos exercitar a nossa fé! 

Em primeiro lugar para sacar as promessas...

 I – PRECISAMOS EXERCITAR OS NOSSOS OLHOS ESPIRITUAIS: Hb.11.3

     1.1. Por que muitas pessoas não experimentam as promessas de Deus? Vejamos o que diz Hebreus 11.3: “ Pela fé, entendemos que foi o universo formado pela palavra de Deus, de maneira que o visível veio a existir das coisas que não aparecem”

     1.2. O que é fé? Fé é a habilidade de enxergar no mundo espiritual. Você precisa exercitar os seus olhos espirituais, porque para viver no reino de Deus, você precisa ir a sala do trono, sentar ao lado de Jesus e enxergar com os seus olhos espirituais o que ele já fez por você!

* Muitos cristãos estão cegos. Eles andam por aí, eles não enxergam nada. Eles não vêem o reino de Deus. Por isso ficam correndo de um lado para o outro, atrás das bênçãos de Deus. São como cães correndo atrás do próprio rabo.

* Isso significa que você só vai sacar as promessas de Deus se você for capaz de enxergar antes o que ele já determinou no reino do espírito a seu respeito. Descubra o que Deus já desatou no céu e desate aqui na terra.  É isso que é a prática da oração. 

 Em segundo lugar para sacar as promessas...

II – PRECISAMOS EXERCITAR OS NOSSOS LÁBIOS: Hb.11.2

      2.1. Então, a regra número um é enxergar.  O primeiro passo é enxergar com os olhos espirituais. Todavia, só a  visão não trás a existência as promessas de Deus. Senão vejamos o que nos diz Hb.11.2.

      2.2. Fé não é só ver. Fé é também um testemunho. Fé é confessar. Fé é confissão. Portanto, você precisa confessar o que você já viu. Isso é um princípio. Mesmo sabendo que o reino virá, você precisa dizer: “Venha o teu reino. Seja feita a tua vontade.”  

      2.3. Quando você confessar você vai trazer a realidade do céu à existência presente. Então confesse. A fé é ativada pelo falar. Mas você só deve confessar aquilo que é da vontade de Deus e do seu reino.  E quando você faz isso, você está chamando a existência uma realidade do mundo espiritual invisível.

     * Quando uma esposa (o) aprende isso, e começa a confessar a vontade de Deus para o seu casamento ela vai experimentar a cura no seu relacionamento conjugal;

    * quando um filho (a) aprende isso, começa a confessar a vontade de Deus para sua família para vida de seus pais, irmãos.

   * Quando uma igreja entende isso e começa a exercitar, a vida das pessoas será totalmente transformada!

    * Coisas poderosas vão acontecer na sua vida, na sua família, na sua saúde,  nas suas finanças e no seu ministério quando você começar a aplicar esse princípio! Problemas que parecem sem solução será osolucionados.  Muitos não tem sacado nada, porque não confessam nada! Existe um grande depósito de bênçãos nos céus. Paulo diz, que lá existem promessa presentes e futuras.

 Em terceiro lugar para sacar as promessas...

III – PRECISAMOS PERSEVERAR NAS PROMESSAS: Hb.11.6

       3.1. Veja o que nos diz o texto: Quando nós nos aproximamos de Deus, precisamos crer. Cremos quando enxergamos, cremos quando confessamos, mas continuamos crendo até que as promessas se concretizem.

       3.2.  Esse é o exercício da fé. Todo dia você tem que crer. Todo dia você tem que exercitar a sua fé. Até que você possa se acostumar a enxergar o reino do espírito, confessar e chamar a existência as promessas de Deus, você precisa perseverar.

       3.3. Por que muitos cristãos não estão experimentando as promessas inabaláveis de Deus? Você quer experimentar as promessas inabaláveis do Senhor? Vamos ler Hebreus 6.11,12:

* Tem pessoas caminham até certo ponto com Deus. Mas chega uma hora que ela desiste. E quem desiste não vai ter a concretização da promessa. Por isso, o autor de Hebreus nos exorta a imitar o exemplo daqueles que alcançaram a promessa.

* Quando você desiste você nunca verá as promessas de Deus. Muitos não são diligentes para buscar as promessas. Uma vez que Deus lhe deu a visão das promessas. Não se cale. Calar é uma estratégia do diabo para impedir você de sacar as promessas de Deus na sua vida. Vá até o fim com o Senhor!

 Revisando a aprendizagem

 1)  Para exercitar os olhos espirituais precisamos gastar tempo em oração. Como está a sua vida de oração hoje?

2)  Para exercitar os lábios, precisamos confessar a Palavra. Como está a sua leitura da Palavra atualmente?

3)  Você tem perseverado nas promessas ou você é constantemente tentado a desistir na metade do caminho?

 TEMPO DE ORAÇÃO:  Tire um tempo com a célula para exercitar os princípios acima. Ensine os irmãos a sacar no reino do Espírito.

IGREJA BATISTA DO CALVÁRIO

 ESTUDO PARA CÉLULAS OUTUBRO DE 2011

 TEMA: VIVENDO NO REINO INABÁVEL

SUGESTÃO DE QUEBRA-GELO: SÓ RIA: A Importância do Abraço (Anexo) Faça cópia para os participantes.  

LOUVOR E ADORAÇÃO: Prepare cópias da letra da música “ Já estou crucificado com Cristo!” Do Fernandinho e ministre aos irmãos.

Introdução:  A Bíblia diz que todas as coisas um dia serão abaladas. Mas existe uma coisa que não será abalada é o reino de Deus. E se vivemos no reino de Deus que é inabalável, nós também não seremos abalados. Todavia, para vivermos no reino inabalável, precisamos fazer isso de três formas: a) De modo agradável; b) Com reverência e c) Com santo temor.

       Leia Romanos 12.1-2 e vejamos o que é preciso fazer para servir a Deus dessa maneira:

 Vivemos no reino  inabalável quando servimos...

 I – BASEADOS NA MISERICORDIA DE DEUS(Rm.12.1)

1.1.        O verdadeiro serviço a Deus, que Paulo chama também de uma oferta de adoração não é baseada nos seus esforços, nem na sua justiça própria. Mas porque Deus já nos redimiu e nos tornou justos e nos comprou pelo seu próprio sangue.

1.2.  Somos posse dele e por sua misericórdia podemos adorá-lo e podemos servi-lo. Então não ofereça nada a Deus baseado em seus esforços próprios, mas baseado na redenção e na misericórdia de Deus. E então esse culto será aceitável diante de Deus.

 



ESTUDOS DA CÉLULA MÊS DE SETEMBRO

01:03 PM, 13/10/2011 .. 0 comentários .. Link


IGREJA BATISTA DO CALVÁRIO

ESTUDO PARA CÉLULAS SETEMBRO DE 2011

 TEMA: O ESTILO DE VIDA DO REINO – Mateus 11.28-30

 SUGESTÃO DE QUEBRA-GELO: TRAVA A LÍNGUA: O que é que Cacá quer? Cacá quer caqui. Qual caqui que Cacá quer? Cacá quer qualquer caqui(Faça cópias em tiras de papel e entregue para cada participante. Valendo um bombom para quem não tropeçar na língua)

 LOUVOR E ADORAÇÃO: Jamais faça o louvor de improviso. Separe criteriosamente os louvores e imprima a letra para os visitantes.

 EDIFICAÇÃO: Para que uma pessoa tenha um estilo de vida do reino, não é algo instantâneo, é um processo que envolve tempo, aprendizado e mudança de mentalidade. E Jesus no seu convite nos mostra de maneira clara como podemos ter um estilo de vida orientada pelo reino de Deus. Senão vejamos:

  Em primeiro lugar uma vida de reino...

I – É UMA VIDA DE SUBMISSÃO A AUTORIDADE DO SENHOR:

     1.1. A primeira implicação do convite de Jesus é: “Tomai o meu jugo”. Jugo é aquela canga que se põe sobre os bois quando eles vão arar a terra. Porque se coloca os dois debaixo do mesmo jugo? Para que o boi mais novo possa aprender com o boi mais velho. O boi mais velho já tem habilidade, já sabe arar a terra. O boi mais velho é muito melhor do que o boi mais novo.

1.2. Então é isso que Jesus quis dizer quando disse tomai sobre vós o meu jugo.  O boi mais velho é Jesus e o boi mais novo é você! E assim como o boi mais novo andava nos passos do boi mais velho, devemos nós andar nos passos do Senhor Jesus.

Precisamos andar com Jesus todos os dias. Isto é vida do reino de Deus.

O problema de muita gente é a falta do jugo do Senhor. Assim como o problema da humanidade é não se submeter a autoridade de Cristo Jesus.

        1.3. A Bíblia diz que o Senhor nos transportou do império das trevas para o reino de sua luz(Cl.1.13). Portanto, você nunca de fato mandou na sua vida. Antes você estava sob o tacão do inimigo, e hoje você está debaixo do governo do rei Jesus. O evangelho do reino é o evangelho onde Jesus manda na sua vida, na sua casa e nos seus negócios.

  Em segundo lugar a vida de reino...

II – É UMA VIDA DE APRENDIZADO:

     2.1. Aprendam de mim: O boi mais novo precisa aprender do boi mais velho. Depois de algum tempo andando com o boi mais velho sob o mesmo jugo, o boi mais novo aprendia a fazer exatamente como o boi mais velho fazia.

     2.2. No tempo de Jesus cada vez que o discípulo queria aprender com o seu mestre ele não ia para uma sala de aula. O estilo ensino dos judeus era o seguinte: O estudante acompanhava o mestre. Naquele tempo não existia universidade. Se você queria aprender alguma coisa na vida ou você aprendia do seu pai ou do rabino. Esses eram os dois mestres da vida.

     2.3. Ele disse: “Tomai sobre vós o meu julgo e aprendei de mim”. Um discípulo para aprender do mestre ele tinha que gastar tempo com o seu mestre. Portanto, a chave para aprender de Jesus é gastar tempo com Ele. Sem gastar tempo com Jesus não podemos ser como Cristo.

 Você quer ser como Jesus? Gaste tempo com ele. Não somente fazendo uma devocional de 15 minutos por dia. Isso é muito bom. Mas Deus quer que você siga a Jesus Cristo pelo restante do dia.

·                                   Quantas vezes você pensa em Jesus durante o dia? Quantas vezes você invoca o nome de Jesus? Quantas vezes você pronuncia o nome Jesus? Faça o teste. Comece a contar.

·                                   Porque se o boi mais novo não gastar tempo andando com o boi mais velho ele nunca vai aprender a arar a terra.

·                                   Da mesma forma se você não gastar tempo andando com Jesus, você nunca vai ser como Ele é.  Por isso, a Bíblia ordena: “orai sem cessar!” Isso significa que você deve orar em todas as situações do seu dia e não apenas trancado no quarto.

·                                   O evangelho ode Cristo não é uma religião de final de semana, é um estilo de vida. É enquanto andamos com Ele que vamos aprendendo a ser como ele é

 

 Em terceiro lugar a vida de reino...

III – É UMA VIDA DE DESCANSO:

       3.1. Observe bem o que Jesus disse: “Aprendam de mim. Aí achareis descanso para  as vossas almas.” O que significa descanso? Você não vai ficar com problema. . Aprenda de mim e a sua alma encontrará descanso. Isso é andar no reino de Deus.

        3.3. O boi novo tem muito problema. O boi novo gosta de andar sozinho. O boi novo quer escolher o seu próprio caminho. Como boi novo não gosta de ser guiado,  o vaqueiro vai atrás espetando ele e tangendo-o com o cavalo. O boi novo tem muitos problemas.

            *  Muitos crentes estão vivendo assim: eles querem estar no reino, mas eles não querem o jugo do rei sobre o seu pescoço. Eles não querem ninguém dizendo o que eles têm que fazer. Eles ainda são bem independentes.  E essa vida de independência cansa a alma da pessoa! Com o passar do tempo ela vai ficando fatigada!Há muita gente cansada porque está lutando para não  se submeter ao governo do Senhor. E o primeiro passo, para viver no reino de Deus é: Tome o jugo. O segundo passo é aprenda dEle. E o que vem depois é o processo de alívio: encontrareis descanso para as vossas almas.                   Quando você se rende, você encontra o descanso. 

REVISANDO O APRENDIZADO

1)  Você já entendeu as implicações de chamar Jesus de Senhor ou ainda é algo estranho saber que você tem um dono?

2)  Explique para o grupo o que é orar sem cessar e como você tem aplicado isso em sua vida.

3)  Baseado no convite de Jesus, que conselho você daria a alguém que está se sentindo cansado, sobrecarregado e estressado? 

MOMENTO  E ORAÇÃO

 CADEIRINHA DA BÊNÇÃO: Escolha o visitante de primeira vez ou o aniversariante da semana e ore com imposição de mãos. 

COMUNICAÇÃO

 MOVER DO ESPÍRITO DIAS 22, 23 E 24 DE OUTUBRO – FAÇA JÁ A SUA INSCRIÇÃO COM A PRISCILA E  DIRCEU – VALOR R$50,00

Obs: Só podem ir irmãos que fizeram o encontro e já são batizados.

 

Os demônios só agem por legalidades

O reino espiritual é muito organizado e tudo o que existe é um reflexo do mundo espiritual.
Assim como existem leis que governam o mundo governam o nosso mundo concreto, também existem leis que governam o mundo espiritual.

Deus é tão justo que é justo até com o satanás. Ele respeita o terreno que o diabo tem legalidade, porque essa legalidade é dada pelo próprio homem, pelo seu livre arbítrio.
A legalidade funciona da seguinte maneira,: O diabo não possui poder para nada aqui nesta terra, a Bíblia já diz que:

“Tendo cancelado o escrito de dívida, que era contra nós e que constava de ordenanças, o qual nos era prejudicial, removeu-o inteiramente, encravando-o na cruz; e despojando os principados e potestades, os expôs ao desprezo, triunfando deles na cruz.” *Cl 2:14-15

Mas ele adquire poder através do nosso livre arbítrio, ou seja, nós entregamos poder a ele consciente ou inconscientemente.Aquilo que nos separa de Deus, nos aproxima do diabo, e essa aproximação dá poder ao inimigo, e o que nos separa de Deus é o pecado:

“Mas as vossas iniqüidades fazem separação entre vós e o vosso Deus; e os vossos pecados encobrem o seu rosto de vós, para que não vos ouça.” *Is 59:2.

Todo ato pecaminoso gera uma legalidade para os demônios agirem. Ou seja, legalidade é o direito que é dado pelo homem para o diabo agir. Muitas vezes não sabemos a causa de algum sofrimento em nossa vida ou, alguma maldição que nos acompanha. Isso pode ser fruto de uma legalidade.

Uma legalidade é um pecado não confessado, ou seja, que amarra os homens às trevas e a maldição.

“O que encobre as suas transgressões jamais prosperará; mas o que confessa e deixa alcançará misericórdia.” *Pv 28:13

Mas Jesus se tornou maldição em nosso lugar para que pela sua morte,tivéssemos vida.

Toda legalidade pode ser quebrada com uma oração de confissão e renúncia.

Não podemos continuar permitindo que o diabo roube aquilo que Deus nos deu: A Liberdade em Cristo! Pertence a nós de fato, mas precisamos nos posicionar como filhos, herdeiros de Deus e co-herdeiros com Cristo. Segundo o livro de provérbios, “...a maldição sem causa não prospera.” (Pv. 26:2). Retire toda sujeira que estava escondida na sua vida meu irmão. Confesse tudo aquilo que está oculto. Adultério, fornicação, roubo, homossexualismo. Um dia você cometeu algo mas muitas coisas você ocultou, não declarou, não confessou.

Saiba que a limpeza total da sua casa espiritual vai depender da tua confissão, chame um irmão (Pastor, líder, discipulador) de confiança e quebre toda maldição (Tg. 5:16).

 Deus quer te sarar completamente. Então seremos livres para conquistarmos e levarmos outros a liberdade em Cristo. Seja livre, pois “se o Filho te libertar verdadeiramente serás livre” (Jo. 8:36).

Pense:

-            Há sinais de maldição não quebradas na sua vida?

-            - Você conhece algum crente que sofre por causa de maldição?



Lição Kids - Mês de Julho

05:52 PM, 2/7/2011 .. 1 comentários .. Link

Lição 3 - Isaias e a brasa sobre o altar

 

QUEBRA-GELO: SIM, NÃO E PORQUE

PROCEDIMENTO: Coloque as crianças em círculo e diga que você vai fazer perguntas a cada uma. Mas elas não podem dizer: SIM, NÃO E PORQUE. Elas também não podem mentir.

SUGESTÃO DE PERGUNTAS: Tudo bem com você? Você matou aula hoje? Você sabe qual é o versículo de hoje? Por que você chegou atrasado à célula hoje? É você que tem cinco irmãos?

MORAL: Da mesma maneira que vocês precisam ter cuidado ao responder a perguntas para não falar as palavras proibidas, devemos ter cuidado com as palavras que saem de nossas bocas porque nossas bocas devem ser santas para falar de Deus!      

LOUVOR: 1. Isaías - Minha Boca deve ser Santa ( CD Radicais Kids)

ORAÇÃO: Ore com ousadia pelas crianças intercedendo a Deus que faça a palavra penetrar forte em seu coração. Declare que elas serão crianças cheias de palavras de Deus no coração e em sua boca.

REVISÃO: (Revisão da Lição Passada – o melhor é mostrar os pontos escritos, na tela da TV ou do note book. Melhora a memorização) Bem crianças, o que foi mesmo que aprendemos na segunda lição do profeta Eliseu? Aprendemos que: 1. A FÉ NOS FAZ CORAJOSOS 2. A FÉ NOS FAZ FORTES  3. A PALAVRA DE DEUS É A DIREÇÃO CERTA  4. DEUS VAI JUNTO COM VOCÊS!

CONTANDO A HISTÓRIA BÍBLICA:

Método: Contar História. (visual opcional na célula: uma BOCA – em tamanho grande para segurar na mão e mostrar enquanto conta o texto bíblico)

1º) Introdução: Muito bem, crianças. Hoje  quero te dizer algo que é muito importante! Vamos aprender sobre o profeta Isaías e a experiência que ele teve com Deus.

2º) Leitura do texto-base:  Para começar vamos ler o texto da bíblia (o professor deve ter a bíblia na mão, mas deve saber bem a história para contá-la de maneira bem espontânea, e poder olhar para as crianças enquanto lê) Use a gravura enquanto comenta o texto.

 

TEXTO BÍBLICO: TEXTO BÍBLICO: ISAÍAS 6

Isaías foi escolhido por Deus para ser profeta. Ele teve essa visão quando Deus o chamou: (REPITA: ELE TEVE UMA VISÃO. A VISÃO FOI A SEGUINTE: )Eu vi o Senhor sentado num trono alto e elevado. O seu manto se estendia pelo Templo inteiro, e em volta d’Ele estavam serafins. Cada um tinha seis asas: com duas eles cobriam o rosto, com duas cobriam o corpo e com as outras duas voavam. Eles diziam em voz alta: “Santo, santo, santo é o Senhor Todo-Poderoso; a sua presença gloriosa enche o mundo inteiro!” Então eu disse: Ai de mim! Estou perdido! Pois os meus lábios (MOSTRAR A BOCA) são impuros, e moro no meio de um povo que também tem lábios impuros. E com os meus próprios olhos vi o Rei, o Senhor Todo-Poderoso. Aí um dos serafins voou para mim, segurando com uma tenaz uma brasa que havia tirado do altar. Ele tocou a minha boca (MOSTRAR A BOCA) com a brasa e disse: Agora que esta brasa tocou os seus lábios, as suas culpas estão tiradas, e os seus pecados estão perdoados.  Em seguida, ouvi o Senhor dizer: Quem é que eu vou enviar? Quem será o nosso mensageiro? Então respondi: Aqui estou eu. Envia-me a mim!         

 

Ø APLICAÇÃO NA VIDA DA CRIANÇA:

SUA BOCA DEVE SER SANTA PARA FALAR DE DEUS:

(Visual Opcional: Uma menina (grande feita de Eva) com o coração (grande) no peito. Na parte da boca, tem que haver um “corte” para a passagem de tiras de papel com palavras. Faça tiras (duplicadas) com palavras de coisas (pensamentos/atitudes) feias. Prenda no coração e a medida que for mostrando o que está no coração, as mesmas “palavras” vão saindo de sua boca. Depois repita, agora com palavras/atitudes boas.)

 

# Deus precisava purificar a boca do profeta, pois ele é alguém que fala o que Deus fala. E tudo o que Deus fala é santo! Mas como as nossas bocas podem ser santas? Se limparmos nossos corações, nossas bocas serão santas! E o que sai da boca de alguém são palavras do coração. Se o meu coração for mau, a minha boca também vai ser. Vocês já falaram mal de alguém? Sempre que vocês falam palavras que ofendem alguém é porque seus corações estão cheios de pecados. Quando você fala bem de alguém, mostra que seu coração está cheio de amor e suas palavras são boas. Deixe Deus limpar seus corações e você terá uma boca santa.

Lembre-se que você é príncipe e princesa de Deus, então não devem ter palavras feias na sua boca, não é mesmo?

 

2) DEUS ESTÁ DIZENDO HOJE: A QUEM ENVIAREI? Isaías foi mensageiro da Palavra de Deus. Deus está fazendo à mesma pergunta hoje: “Quem eu vou enviar para falar de Jesus nas escolas e no lugar onde moram?" Será que Deus pode contar com vocês? Se vocês querem dar à mesma resposta que o profeta Isaías deu, façam essa oração comigo: (MOSTRE O CORAÇÃO)“Senhor Jesus, toque a minha boca e limpe todos os meus pecados. Limpe o meu coração de toda maldade, de todo ódio, de toda mágoa e tristeza. Limpe-me, assim como o Senhor limpou Isaías. E envia-me, assim como o Senhor o enviou para falar de Seu amor às pessoas. Em nome de Jesus, amém!”.  

 

Exercícios

 

Por que o anjo de Deus tocou na boca de Isaías? Para limpar os seus pecados.

Quem fala palavrões pode também ser usado por Deus para falar a Sua Palavra? Não. 

O que Deus quer limpar primeiro, antes de mudar as suas palavras? O coração.

De onde vêm as palavras da nossa boca? Do coração.

O que a Bíblia diz sobre falar com o coração? “Que a boca fala do que o coração está cheio” (Mt 12:34).

Depois que Deus tirou o pecado de Isaías, que pergunta Deus fez para ele? Quem é que eu vou enviar? (Is 6:8). 

O que Isaías respondeu? Aqui estou eu. Envia-me a mim! (Is 6:8).

 

APELO:

Faça um momento de oração para que cada criança decida ter o coração cheio de Deus e só falar palavras que abençoam. (coloque como fundo musical)

Ore com ousadia e intrepidez para que o Espírito Santo capacite as crianças a encherem o coração de Deus mais e mais.

MEMORIZANDO O VERSÍCULO: (introduzimos esse passo também na célula)

     Cada criança fala o versículo e depois bate palma.

BRINCADEIRA: (repetir do quebra-gelo)

NOME DA BRINCADEIRA: A MENSAGEM

MATERIAL: Mensagens escritas no papel.

PROCEDIMENTO: Escolha uma criança para iniciar a brincadeira e diga que ela deverá passar uma mensagem para outra criança. Essa criança escolherá alguém que será o mensageiro. E então, escolhe um papelzinho com a mensagem escrita e fala baixinho no ouvido do mensageiro a mensagem que deve ser transmitida. Em seguida, ela começa a descrever em voz alta a pessoa para quem o mensageiro deverá levar o recado (cor do cabelo, da roupa, etc...). O mensageiro tenta descobrir a pessoa a quem deverá transmitir a mensagem, vai até ela e repete ao seu ouvido a mensagem. Se o mensageiro passar o recado para a pessoa certa, ele escolhe uma nova mensagem e  o próximo mensageiro. Mas, se errar, outra criança será escolhida continuando a brincadeira.

MENSAGENS: 1) O profeta é alguém que fala o que Deus fala! 2) Sua boca deve ser santa para falar de Deus! 3) Guarde sua boca para falar apenas o que é bom! 4) Deus está chamando Seus mensageiros hoje! 5) Senhor, eis me aqui, me envia! 6) Deus tem um plano na sua vida!  (você pode criar outras mensagens)

MORAL: Deus quer usar vocês para serem os mensageiros e canais de Sua Palavra para que as pessoas O conheçam.

Ø HORA DO LANCHE:

 



Figura de Débora uma profetiza contra um exercito

05:38 PM, 2/7/2011 .. 0 comentários .. Link



Lição de Julho 2 - Kids e Teen

05:36 PM, 2/7/2011 .. 3 comentários .. Link

 

LIÇÃO 2 -  DÉBORA-UMA PROFETIZA CONTRA UM EXÉRCITO

 

PRINCÍPIO: Deus não usa os mais fortes, mas sim aqueles que crêem em Sua Palavra.

VERSÍCULO: “Deus escolheu aquilo que o mundo acha fraco, para envergonhar os poderosos”.  1 Coríntios 1:27

ALVO: Gerar nas crianças a fé para guerrear em oração contra as maldades do diabo.

 

QUEBRA-GELO: Batata-Quente

Faça uma folha escrito: Deus me faz forte! Passe de criança em criança e ao sinal, quem estiver com a frase, a Lê bem alto! A brincadeira continua mas ninguém sai da roda.

LOUVOR: 1.Débora Profetizou ( CD Radicais Kids)

ORAÇÃO: Ore com ousadia pelas crianças intercedendo a Deus que faça a palavra penetrar forte em seu coração. Declare que elas serão crianças com fé para guerrear em oração contra as maldades do diabo.

REVISÃO: (Revisão da Lição Passada) Bem crianças, o que foi mesmo que aprendemos na segunda lição do profeta Eliseu? Aprendemos que: 1) O PROFETA DE DEUS VÊ O QUE DEUS VÊ (temos que enxergar com os olhos de Deus) 2) TÊM ANJOS DE DEUS QUE CUIDAM DE NÓS (por isso não devemos temer, mas confiar)

CONTANDO A HISTÓRIA BÍBLICA:

Método: Contar História.

1º) Introdução: Muito bem, crianças. Hoje  quero te dizer algo que é muito importante! Vamos aprender sobre a profetiza Débora e a experiência que ela teve com Deus.

2º) Leitura do texto-base:  Para começar vamos ler o texto da bíblia (o líder deve ter a bíblia na mão, mas deve saber bem a história para contá-la de maneira bem espontânea, e poder olhar para as crianças enquanto lê) Use a gravura enquanto comenta o texto.

 

TEXTO BÍBLICO: JUÍZES 3:8-29

Débora era profetisa e também juíza dos israelitas. Ela julgava as questões que os israelitas traziam. Mandou chamar Baraque, chefe do exército de Israel, e lhe disse: O Senhor, o Deus de Israel está lhe dando esta ordem: “Escolha dez mil homens e os leve ao monte Tabor. Eu vou trazer Sísera, o comandante do exército de Jabim, para lutar contra você. Ele virá com seus carros de ferro e soldados, mas eu farei com que você o vença”. Então Baraque disse a Débora: Se você não for, eu também não irei. Ela respondeu: Está bem! Eu vou com você. Mas você não ficará com as honras da vitória, pois o Senhor Deus entregará o inimigo nas mãos de uma mulher. E Débora foi com Baraque para Quedes. Débora disse a Baraque: Vá agora porque é hoje que o Senhor lhe dará a vitória sobre seus inimigos. O Senhor está com você! Quando Baraque apareceu com o seu exército, o Senhor fez com que houvesse uma grande confusão no meio dos soldados e dos carros de Sísera. Baraque perseguiu todo o exército de Sísera que foi destruído; ninguém escapou. Naquele dia Débora e todo o povo de Deus cantavam e louvavam ao Senhor. E a terra ficou em paz por quarenta anos.        

 

APLICAÇÃO NA VIDA DA CRIANÇA:

1.                   A FÉ NOS FAZ CORAJOSOS: Débora era corajosa porque aprendeu a orar. Ela buscou a Deus e Ele a levantou como uma grande líder. Deus disse a Débora para ela falar algo ao chefe do exército do povo de Israel, a ordem era: que eles deveriam ir e lutar contra o exército do poderoso rei Jabim, pois Deus lhe daria a vitória. Era uma decisão fácil para Débora? Não. Débora precisou de fé para crer nessa palavra. E ela creu! Por isso ela falou! A fé nos faz corajosos! Débora só teve coragem de falar o que Deus mandou porque ela creu na palavra de Deus. Vocês teriam coragem de dizer para alguém algo que Deus mandou falar? Débora entregou a Palavra de Deus o que Ele havia falado isso exigiu dela muita fé.   A fé nos faz corajosos!

2.                   A FÉ NOS FAZ FORTES! Débora era forte para vencer o exército do rei? Não. Mas por que eles venceram? Porque Deus lutou por eles. Vocês acham que um rei poderoso teria medo de uma mulher? Com certeza não. Débora não apresentava nenhum perigo para o inimigo. Mas eles não sabiam que ela tinha uma arma mais poderosa do que todo o exército. Sua arma era a oração. Enquanto Débora orava, Deus dava a vitória para o seu povo na guerra. Vocês não precisam ser fortes, apenas creia no poder de Deus e Ele dará a vocês a vitória sobre todos os seus inimigos.   

3.                   A PALAVRA DE DEUS É A DIREÇÃO CERTA: A Palavra de Deus é como uma bússola. Mostra exatamente a direção que Deus quer nos levar. É a fé na Palavra de Deus que lhe dá forças para ir na direção que Deus quer que você vá. A fé de Débora estava no que Deus falou, por isso, ela tinha certeza que estava indo na direção certa. Cada vez que o exército inimigo se aproximava, ela sabia que a vitória estava mais perto. Débora foi vitoriosa! Você também vai ser vitorioso se procurar sempre a bíblia que é a Palavra de Deus para saber o que deve fazer. A bíblia é a verdade de Deus para sua vida!

4.                   DEUS VAI JUNTO COM VOCÊS! A fé é que nos ajuda a ir na direção que Deus nos manda ir. Débora obedeceu à direção de Deus porque creu que Deus iria junto com ela, lutaria por ela e lhe daria a vitória. Nós também não lutamos sozinhos, Jesus luta por nós. Você crê que Deus luta por você?  (Enquanto você explica, ela deve abraçar o cartaz “DEUS”)

 

Ø BÔNUS: (Caso consiga uma luva de box, faça essa explicação.)

Explique que Nós temos a força de Deus para vencer as maldades e os ataques do diabo.

·      O líder, usando a luva, fica dando “golpes” no ar como se estivesse lutando com alguém. Faça um resumo/conclusão dos 4 pontos falados sobre a fé em Deus e a força que ele nos dá.

·      Agora, pergunte às crianças: mas será, crianças, que devemos usar uma luva como essa e ficar lutando contra as pessoas na rua e em casa e na escola quando nos fizerem algum mal? Claro que não!

·      Tire a luva e diga: não, eu não preciso dessa luva. Eu nem preciso ser grande, forte, fazer academia, ficar musculoso, nada disso. Não importa o meu tamanho.

·      Pegue a bíblia e diga: Sabem do que eu preciso para ser forte e vencer sempre? Da fé na Palavra de Deus, na bíblia.

·      Fé é acreditar que tudo o que está na bíblia é verdade! E na bíblia, assim como aconteceu com Débora, será conosco também. Débora creu em Deus que lhe daria a vitória. Nós também temos que crer que Deus também nos dará vitória em todas as situações!

·      Recoloque a luva e diga: nós não temos que usar essa luva na rua, na nossa vida, mas o que acontece é que Deus nos faz fortes COMO se estivéssemos com uma força muito grande e vamos conseguir vencer em tudo na nossa vida!

COMPARTILHAMENTO:

Qual o nome da mulher que enfrentou um exército? Débora.

Quem era Débora? Uma profetiza. 

Como ela ajudou o seu povo? Orando e falando a verdade de Deus para eles.

O que Deus disse para Débora falar ao chefe do exército do seu povo? Para eles lutarem contra o poderoso exército inimigo porque Deus lhes daria vitória.

Por que vocês acham que Débora falou o que Deus disse? Porque ela creu na palavra de Deus.

O que nos faz corajosos? Fé. 

Quem é o nosso inimigo e como devemos lutar contra ele? O diabo. Devemos lutar com oração.

Quem luta contra o diabo por vocês? Jesus!

O que a Bíblia diz sobre ser fraco? “Deus escolheu aquilo que o mundo acha fraco, para envergonhar os poderosos”.  1 Coríntios 1:27

APELO:

Faça um momento de oração para que cada criança decida viver uma vida de fé em Deus em todo o tempo e em qualquer situação. (coloque como fundo musical)

Ore co ousadia e intrepidez para que o Espírito Santo capacite as crianças a terem fé em Deus.

MEMORIZANDO O VERSÍCULO: (introduzimos esse passo também na célula)

Use a luva. A criança vem à frente, põe a luva, e fala o versículo. Repita com mais crianças.

BRINCADEIRA: (repetir do quebra-gelo)

Batata-Quente

Faça uma folha escrito: Deus me faz forte! Passe de criança em criança e ao sinal, quem estiver com a frase, a Lê bem alto! A brincadeira continua mas ninguém sai da roda.

HORA DO LANCHE:



Figura Lição Eliseu e os carros de fogo

05:18 PM, 2/7/2011 .. 0 comentários .. Link



{ Última Página } { Página 1 de 2 } { Próxima Página }

Sobre Mim

Home
Perfil
Arquivos
Amigos
Álbum de Fotos

Links

sementinhakids
videirario

Categorias

Religião

Últimos Posts

Lição de Célula do Mês de JUNHO
RELACIONAMENTOS ENTRE SOLTEIROS
CÉLULA LUGAR DE COMUNHÃO
ABRIL - CÉLULA ADULTOS
ABRIL - CÉLULA KIDS E TEEN

Amigos