Criar um Blog
Gerenciar um Blog
Visitar Próximo Blog
Denuncie

AMAPÁ TERRA TUCUJUS

• 23/3/2011 - Ordem Cronologica dos Prefeitos do Municipio de Santana

Santana foi elevado nível de distrito, em 1981, pela Lei nº 153/81 PMM, sendo seu primeiro agente distrital Francisco Correa Nobre. Em seguida Santana foi elevado à categoria de município através do Decreto-lei nº 7369 de 17 de dezembro de 1987. Foi nomeado como prefeito interino Heitor de Azevedo Picanço em 15 de novembro de 1988. Neste mesmo ano foi realizada a primeira eleição direta, onde foi eleito prefeito de Santana Rosemiro Rocha Freires, primeiro prefeito eleito do município. E desta forma segue as as eleições e gestões cronologica dos prefeitos do municipio de santana:

Eleição de
1988
Prefeito: ROSEMIRO ROCHA FREIRE
Vice – Prefeito: ONEIDE GOMES SILVA
Período: 1989 a 1992

Eleição de
1992
Prefeito: GEOVANI PINHEIRO BORGES - PMDB
Vice – Prefeito: GERONIMO ACÁCIO
Período: 1993 a 1996

Eleição de
1996
Prefeito: JUDAS TADEU DE ALMEIDA MEDEIROS - PSDB
Vice – Prefeito: FELIX RAMALHO
Período: 1997 a 2000

Eleição de
2000
Prefeito: RESEMIRO ROCHA FREIRE - PL
Vice – Prefeito: REDIMILSON ANSELMO NOBRE
Período: 2001 a 2004

Eleição de
2004
Prefeito: JOSÉ ANTONIO NOGUEIRA DE SOUSA - PT
Vice – Prefeito: MELQUIZES PEREIRA DE LIMA - PC do B
Período: 2005 a 2008

Eleição de
2008
Prefeito: JOSÉ ANTONIO NOGUEIRA DE SOUSA - PT
Vice – Prefeito: CARLOS MATIAS - PR
Período: 2008 a 2012
 
 

Ordem Cronologica dos Vereadores do Municipio de Santana

 
Eleição de 1988
JOÃO P .F. CARDOSO - PFL
DIOGO S. MARANHÃO - PFL
JOSÉ V. S. MARQUES - PDT
FRANCISCO CHAGAS S. RÊGO - PDT
MANOEL ROCHA CAMPOS - PDT
ALUÍZIO LOBATO MONTEIRO - PDT
ODENILSON M PEREIRA - PL
RAIMUNDO B. DE MATOS – PL
CLAUDOMIRO DE MORAES GUEDES – PL
Período: 1989 a 1992

Eleição de
1992
JUDAS TADEU DE ALMEIDA MEDEIROS - PFL
DIOGO DE SOUSA RAMALHO - PMDB
CLAUDOMIRO DE MORAES GUEDES
ALDENOR FURTADO REBELO - PTR
ALBERTO RONALD PEREIRA CRUZ - PSD
PAULO SERGIO DA SILVA MELO - PDS
EDMUNDO RIBEIRO TORK - PFL
JOÃO BATISTA BEZERRA NUNES - PMDB
MIGUEL DA SILVA DUARTE - PL
JOÃO BATISTA SANTANA TAVARES - PDT
WLAUDIMIR BARBOSA DE ARAUJO - PSDB
Período: 1993 a 1996

Eleição de
1996
AUGUSTO DO SOCORRO DA SILVA FAVACHO - PTB2
JOÃO BATISTA BEZERRA NUNES – PMDB
DIOGO DE SOUZA RAMALHO - PMDB
JOSE ANTONIO NOGUEIRA DE SOUSA – PT
JOSIVALDO SANTOS ABRANTES - PL
JOÃO BATISTA SANTANA TAVARES – PDT
PAULO SERGIO DA SILVA MELO - PSDB
FRANCISCO DAS CHAGAS SOARES REGO – PFL
CLAUDOMIRO DE MORAES GUEDES - PSDB
RAINILDO DO CARMO ELIAS AGUIAR – PDT
BENEDITO AFONSO SOARES DE FARIAS - PSD
PAULO SÉRGIO LOBATO NUNES – PL
IZAEL CUNHA LEÃO – PFL
Período: 1996 a 2000

Eleição de
2000
MÁRIO LEONARDO VELOSO SILVA - PSD
JOSE ANTONIO NOGUEIRA DE SOUSA - PT
JOSIVALDO SANTOS ABRANTES - PSDB
DIOGO DE SOUZA RAMALHO - PL
ROSELI DE ARAÚJO CORREA - PC do B
RANOLFO FERREIRA GATO NETO - PFL
CLAUDOMIRO DE MORAES GUEDES - PSDB
ODENILSON MARQUES PEREIRA - PSB
JOSE VICENTE DA SILVA MARQUES - PFL
PAULO SERGIO LOBATO NUNES - PL
ESTER DE PAULA DE ARAÚJO - PDT
PAULO SERGIO DA SILVA MELO – PFL
WALDON CHAVES DOS SANTOS – PT do B
FRANCISCO JEOVÁ SÁ DA SILVA – PC do B (substituiu a ROSELI DE ARAUJO CORREA)
AROLDO DE MELO VASCONCELOS - PSB (substituiu JOSÉ ANTONIO NOGUEIRA DE SOUSA)
Período: 2001 a 2004

Eleição de
2004
LUIZ NUNES DE MELO - PPS
DIOGO DE SOUZA RAMALHO - PL
CLAUDOMIRO DE MORAES GUEDES - PTB
MARIO LEONARDO VELOSO SILVA - PDT
EDINARDO TAVARES DE SOUZA - PL
FRANCISCO DO CARMO SOUZA DE OLIVEIRA - PFL
JOUCIER CHAVES PINTO – PT do B
NILTON LUIZ CABRAL TORK - PMDB
JOSÉ LUIZ NOGUEIRA DE SOUSA – PT
RUBERNEI MONTES DO CARMO PC do B
Período: 2005 a 2008

Eleição de 2008
ROSELI DE ARAUJO CORREA – DEM
JOSÉ ROBERTO AFONSO PANTOJA – PT
JOSÉ LUIZ NOGUEIROA DE SOUSA – PT
ROBSON SANTANA ROCHA FREIRES – PTB
FABIO JOSÉ DOS SANTOS – PMDB
JAILSON GILSON SOARES NUNES – PDT
JOSIVALDO SANTOS ABRANTES – PSDB
MARIO LEONARDO VELOSO SILVA – PTB
ADELSON BORGES ROCHA – PPS
ROBSON ROGER CORDEIRO COUTINHO – PPS
Período: 2009 a 2012
 
Comentários (0) :: Permalink

• 23/3/2011 - Projeto do Linhão de Tucuruí é apresentado ao GEA

Chegada do Linhão trará uma série de benefícios ao povo amapaense. Entre eles, o fim da dependência da energia termoelétrica no Amapá e a possibilidade da implantação da Banda Larga no Estado.

O projeto da implantação da Linha de Transmissão de energia elétrica, proveniente da Hidrelétrica de Tucuruí, no Pará, foi apresentado na noite desta segunda-feira, 21, no Palácio do Setentrião, ao governador do Amapá, Camilo Capiberibe. A multinacional espanhola Isolux Corsán ganhou a licitação da construção do Linhão no Estado.

Segundo o diretor geral da empresa, Ailton Costa Ferreira, os serviços iniciarão em aproximadamente 40 dias. Segundo ele, a ação gerará, durante sua implantação, cerca de 3.000 empregos diretos e 1.400 indiretos no Estado, sendo somente 30% de mão-de-obra de fora do Amapá e 70% para a população local.

O objetivo do Linhão é inserir o Estado no Sistema Interligado Nacional (SIN), reduzir a deficiência do abastecimento de energia no Amapá e melhorar a oferta do serviço à população. A obra tem conclusão prevista para dezembro de 2012 e com prazo máximo até julho de 2013.

O Linhão cortará a floresta Amazônica, atravessando sete municípios do Pará e quatro do Amapá, até chegar a Macapá. Segundo o diretor geral da Isolux, o cabeamento acompanha a Estrada Transamazônica até o Xingú (PA), onde a transmissão passa por cima do rio Amazonas por meio de uma grande estrutura metálica, uma torre de 295 metros, até o município de Laranjal do Jari (AP).

Conforme Ailton Ferreira, a tecnologia para a implantação do Linhão de Tucuruí na Amazônia foi importada da China. “Projetamos essa torre para o grande desafio que é transpor o rio Amazonas. Será a maior torre de linhas de transmissão do Brasil e a segunda mais alta do mundo”, explicou Ailton Ferreira.

Ele disse ainda que todas as licenças ambientais para a obra já foram aprovadas pelos órgãos responsáveis no Amapá. O contrato com o governo federal prevê que a Isolux faça a manutenção da linha de transmissão durante 30 anos.

Além do governador e do diretor geral da concessionária do Linhão, também participaram do encontro o diretor da Isolux, Angel Prada, o assessor comercial da empresa espanhola, Hélio Santos, o secretário de Estado da Infra-Estrutura (Seinf), Joel Banha, secretário da Receita Estadual (SRE), Cláudio Pinho, o diretor presidente da Companhia de Eletricidade do Amapá (CEA), José Ramalho e o diretor da CEA, Jucicleber Castro.

Para o governador, a chegada do Linhão trará uma série de benefícios ao povo amapaense. Entre eles, o fim da dependência da energia termoelétrica no Amapá e a possibilidade da implantação da Banda Larga no Estado.

“O Linhão conectará o Amapá no SIN, acabando com a dependência do Estado da energia termoelétrica, já que a energia hidráulica é muito mais barata, resultando em um desdobramento positivo para o governo do Estado e trazendo benefícios diversos para a nossa população”, enfatizou Camilo Capiberibe.

A Isolux

A Isolux Corsán tem 78 anos de existência, destes, dez no Brasil. A multinacional atua em 23 países do mundo em várias frentes, como engenharia, concessão, energias renováveis e construção.

“No ano 2000, os apagões ocorridos no Brasil foram causados por linhas de transmissão de energia. Com o Linhão, o Amapá não terá problemas desta natureza”, pontuou Ailton Costa Ferreira.

Projeto paralelo

O governo do Amapá, por meio da CEA, apresentará na próxima semana, para a empresa Isolux, um projeto para a construção de subestações para baixar a tensão da energia proveniente do Linhão e também de ramais de linha de transmissão para interligar as subestações da CEA ao Linhão, que é de 230 kV para 69 kV, depois para 13,8 kV.

De acordo com a equipe técnica da CEA, após essa redução de tensão, a energia passa por um transformador, que rebaixa essa tensão para 120 e 220 volts, que é o adequado para o abastecimento da capital e dos municípios do Estado, para fins domésticos, industriais e comerciais.

Segundo o titular da CEA, José Ramalho, o projeto de rebaixamento de tensão elétrica ocorrerá em paralelo à chegada do Linhão. Será um serviço distinto, contratado pelo governo do Estado para que a população seja beneficiada pela nova fonte de energia.


Elton Tavares
Assessor de Comunicação

Fonte: amapadigital.net

Comentários (0) :: Permalink

• 23/3/2011 - Em Ferreira Gomes. Conselheiros do Sebrae promovem primeira reunião itinerante

Os representantes das entidades que compõem o Conselho Deliberativo Estadual do Sebrae no Amapá, iniciam atividades itinerantes nos municípios, apresentando projetos institucionais para o estado
 

Denyse Quintas


Na próxima terça-feira, 22, às 9h30, no Centro Cultural Antônio de Souza Mareco, em Ferreira Gomes, acontece a primeira reunião itinerante do Conselho Deliberativo Estadual (CDE) do Sebrae no Amapá que contará com a presença do presidente, Alfeu Dantas Junior. Na ocasião, o Sebrae reúne empresários, gestores públicos e autoridades para análise do ambiente de negócios na região e perspectivas de desenvolvimento dos setores serviço, turismo, cultural e energias renováveis.


Para o presidente do Sebrae, Alfeu Dantas Junior, a iniciativa de planejamento reunindo setores privados e públicos proporciona para a região e moradores diversos benefícios, entre eles, valorização das atividades de serviços, turismo, geração de empregos e capacitação de mão-de-obra local. “O aquecimento da economia torna a região mais independente e conseqüentemente, desenvolve os municípios de Ferreira Gomes, Porto Grande e Tartarugalzinho”.

Na programação consta ainda, visita à Prefeitura de Ferreira Gomes e visita monitorada às obras da hidrelétrica de Ferreira Gomes que se instala abrangendo discussões sobre o uso turismo e lazer no entorno dos reservatórios artificiais com o Plano Ambiental de Conservação.


Foram convidados para a ação itinerante os prefeitos dos municípios de Ferreira Gomes, Porto Grande e Tartarugalzinho, o promotor e o juiz de Ferreira Gomes, o diretor da empresa Alupar Ferreira Gomes Energia, responsável pela construção da Hidrelétrica, e os presidentes das Associações Comerciais de Porto Grande e Ferreira Gomes.


Conselho do Sebrae

As instituições que integram o Conselho Deliberativo Estadual do Sebrae são – Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia (Sudam), Associação Comercial e Industrial do Amapá (ACIA), Banco da Amazônia S.A., Banco do Brasil S.A. (BB), Caixa Econômica Federal (CEF), Câmara de Dirigentes Lojistas de Macapá (CDL), Governo do Estado do Amapá (GEA), Instituto de Pesquisas Científicas e Tecnológicas do Estado do Amapá (Iepa), Federação das Entidades de Micro Empresas e Empresas de Pequeno Porte (Femicro), Federação dos Pescadores e Aquicultores do Amapá (Fepap), Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Amapá (Faeap), Federação das Indústrias do Estado do Amapá (Fieap), Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Amapá (Fecomércio), Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e Universidade Federal do Amapá (Unifap).


Programação
7h – Saída do ônibus executivo da Sede do Sebrae

9h – Café da manhã (Restaurante Marju Grill em Ferreira Gomes)

9h30 - Início da Reunião

13h30 - Almoço (Restaurante Marju Grill em Ferreira Gomes)

14h30 - Visita à Prefeitura de Ferreira Gomes

15h - Visita monitorada às obras da hidrelétrica de Ferreira Gomes

15h30 - Visita à hidrelétrica Coaracy Nunes no Paredão

16h - Retorno a Macapá

 

Serviço:
Sebrae no Amapá:
Unidade de Marketing e Comunicação: (96) 3312-2832
Call Center: 0800 570 0800
Agência de Notícias: www.ap.agenciasebrae.com.br

Fonte: amapadigital.net

Comentários (0) :: Permalink

• 23/3/2011 - Audiência Pública do processo da usina de asfalto será sexta-feira

Imagem

O juiz Paulo Madeira, da 6ª Vara Cível e de Fazenda Pública de Macapá, vai realizar, na Escola Reinaldo Damasceno, audiência pública para tratar do funcionamento e paralisação das usinas de produção de asfalto de Macapá. Segundo os moradores do entorno da área, durante a produção de asfalto a poluição é tanta que vem prejudicando as atividades domésticas, além do risco que corre a saúde dos moradores em razão da poluição do ar motivada por um pó de cor acinzentado expelido junto com a fumaça.

Outro fator agravado por essa atividade é quanto à ameaça de contaminação das águas da área de ressaca da localidade. No relatório de vistoria técnica do batalhão ambiental, apresentado na Ação Civil Pública Ambiental, movida pelo Ministério Público do Estado, foram constatados inúmeros focos de despejo de óleo queimado e outros resíduos, sem qualquer espécie de tratamento direcionado a área de ressaca, a qual se encontra parcialmente ocupada, com danos aos recursos hídricos, ictio fauna, animais domésticos, além da flora existente no local.

Na última decisão sobre o caso, o juiz Paulo Madeira determinou a retirada de alguns tanques com vazamento de material tóxico, acautelando-se em relação à paralisação da usina como um todo. O prazo estabelecido para a retirada foi de quinze dias, tendo expirado no dia 02 do corrente mês. De acordo com as informações da 6ª Vara Cível, até a presente data não há informações sobre o cumprimento da ordem.

Ao propor a realização da audiência, o juiz pretende aferir os possíveis danos à saúde da população ouvindo a própria comunidade do entorno, e se possível pactuar, na medida dos interesses envolvidos, uma solução que possa ser referendada pelos entes público envolvidos.

A Escola Reinaldo Damasceno, está localizada às proximidades da área conhecida como Cuba de Asfalto (Novo Buritizal). O evento vai acontecer na sexta-feira, dia 25, às 16h. Em razão da importância do caso, o magistrado convida a comunidade, moradores e respectivos representantes do bairro a participarem da audiência.

 
Assessoria de Comunicação Social do TJAP

Fonte: amapadigital.net

Comentários (0) :: Permalink

• 23/3/2011 - Membros do MP-AP participam de seminário sobre Nota Fiscal Eletrônica

O Amapá já aderiu à padronização dos serviços tributários implantando o Projeto Nota Fiscal Eletrônica (NF-e), desenvolvido de forma integrada pelas Secretarias de Fazenda dos Estados (SEFAZ) e a Receita Federal do Brasil (RFB). O tema foi debatido hoje (22), no auditório do Sebrae-AP, com a presença de gestores da área financeira e administrativa.

A palestra foi ministrada pelo Secretário da Receita Estadual Claudio Pinho Santana, na qual informou que, a partir do dia 1º de abril de 2011, a nota fiscal eletrônica se tornará obrigatória nas operações destinadas à Administração Pública direta e indireta, empresas públicas e sociedade de economia mista, de qualquer dos Poderes da União, do Estado e dos Municípios, ou seja, os contribuintes que fornecem produtos ao setor público deverão emitir Nota Fiscal Eletrônica–NF-e, substituindo a nota fiscal em modelo tradicional no papel.

O cadastro da nota fiscal é obrigatório, disponibilizado apenas para empresas prestadoras de serviços, como escolas, construtoras, empresas de segurança e serviços.

O Subprocurador-Geral de Justiça para assuntos administrativos e institucionais, Márcio Augusto Alves e o Promotor de Justiça Adauto Barbosa, titular da Promotoria de Justiça da Defesa do Patrimônio Público, foram convidados a participar do encontro, objetivando levar ao Ministério Público Estadual informações sobre os novos procedimentos relativos à emissão da NF-e.

O Subprocurador Márcio Alves, falou dos benefícios da implementação do novo modelo de nota fiscal sob o aspecto tributário quanto ao ambiental. “Sob o aspecto contábil e fiscal irá aumentar o controle da fiscalização no Estado e causará impacto na redução da sonegação fiscal e, com certeza, haverá melhoria na parte administrativa, além do reflexo positivo na arrecadação financeira. É importante destacar também a questão ambiental, em que será reduzida a utilização de papel, redução de volumes dos arquivos e pastas nas empresas”.

Para o Promotor de Justiça Adauto Barbosa, a NF-e vai impulsionar a modernização do sistema de arrecadação no Amapá, facilitando tanto o trabalho de fiscalização do Tribunal de Contas quanto do Ministério Público, e, 1ºconsequentemente, beneficiará a sociedade em geral.

O seminário foi uma realização do Governo do Estado e da Secretaria da Receita Federal.
Mais informações acesse: www.nfe.fazenda.gov.br


SERVIÇO:
Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Estado do Amapá
Contato: (96) 3198-1616 E-mail: asscom@mp.ap.gov.br

Fonte: amapadigital.net

Comentários (0) :: Permalink

• 23/3/2011 - Ministério Público e Polícia Civil se unem em defesa da sociedade


 

Ministério Público e Polícia Civil se unem em defesa da sociedade

 

Com o intuito de alinhar estratégias para garantir a defesa da sociedade, os promotores de Justiça titulares da Promotoria de Investigações Cíveis e Criminais (PICC), Eder Abreu, Marco Antônio Vicente, Moisés Rivaldo e Andréia Guedes receberam no auditório da Promotoria de Justiça de Macapá, delegados de Polícia do Estado do Amapá.
 
A reunião buscou aproximar o Ministério Público Estadual e a Polícia Civil para, desta forma, manter uma união fortificada em prol da sociedade amapaense. “Somos acessíveis e queremos compartilhar com a Polícia Civil nossas experiências, uma vez que temos os mesmos objetivos, proporcionar segurança à população de nosso Estado”, ressaltou o promotor de Justiça Eder Abreu.  
 
Na ocasião, foi estabelecida entre promotores de Justiça e delegados de Polícia, parceria no desenvolvimento dos trabalhos das instituições. “Nossa parceria tem tido grandes resultados, pois conseguimos resolver os grandes crimes deste Estado, juntos”, disse o delegado Ronaldo Coelho, coordenador do Centro Integrado de Operações de Segurança (CIOSP), do bairro Pacoval.
 
Para o presidente da Associação dos Delegados de Polícia do Amapá, Fábio Araújo, a iniciativa do Ministério Público é louvável. “É muito importante esta iniciativa dos promotores em estreitar as relações entre as instituições. Sempre que precisamos, temos uma relação respeitosa e de troca de conhecimentos com os membros da Promotoria”, informou Fábio Araújo.
 
O promotor de Justiça Marco Antônio Vicente, esclareceu que a Promotoria de Investigações Cíveis e Criminais possui atribuição em todo o Estado, podendo os delegados do interior, em qualquer eventualidade, entrar em contato com os membros titulares das comarcas do interior do Estado, assim como, com os promotores da PICC.
 
 
SERVIÇO:
Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Estado do Amapá
Contato: 3198-1616 Email: asscom@mp.ap.gov.br

Fonte: amapadigital.net

Comentários (0) :: Permalink

• 23/3/2011 - Cresce o número de trabalhadoras na mineração amapaense

Imagem

Alem do crescimento da participação feminina, uma das servidoras do setor está prestes a se tornar a primeira maquinista de trem do Amapá

Fernando França
 
No mês dedicado às mulheres, um levantamento feito numa das maiores mineradoras do Amapá, a Anglo American, mostra o crescimento na participação do sexo feminino em atividades de mineração que anteriormente eram exercidas somente por homens. No setor ferroviário da empresa, uma funcionária está prestes a se tonarem as primeiras maquinistas de trem do Estado.


O número de mulheres na mineração vem aumentando a cada dia. De acordo com estatísticas da Anglo American – sistema Amapá, a participação feminina é um das mais altas do Estado. Dos 633 trabalhadores que a empresa mantém hoje no Amapá, 68 são mulheres, o que representa 11 % por cento da força de trabalho da empresa. Para uma indústria cujos cargos eram praticamente todos ocupados por homens, até há pouco tempo, esse percentual representa uma evolução positiva e a tendência, segundo a mineradora, é aumentar no decorrer de 2011.


As mulheres estão em praticamente em todos os setores da empresa, desde a geologia, até o porto, passando pela mina, usina, meio ambiente, áreas de manutenção e escritórios. Até no setor ferroviário, atividade sempre desenvolvida por homens, a Anglo American conta com a participação feminina. E desse setor que vem a novidade.


Das 68 mulheres, duas já trabalham na área operacional na Estrada de Ferro do Amapá, Marli Moura Uchoa e Roziclei Bezerra da Silva, sendo que a primeira, trabalhou como motorista intermunicipal e rodoviário na extinta empresa de transporte Estrela de Ouro. Também atuou em outras duas (Catani e Garra) e está sendo treinada para ser a primeira maquinista de trem do Estado.


Roziclei Silva, que antes de entrar na mineradora, trabalhava como motorista de entrega numa distribuidora de cerveja. Segundo ela, é importante a oportunidade concedida ao público feminino, principalmente quando se prioriza a capacitação da mão de obra local no Estado.


Desde pequena, Roziclei diz que regava a admiração e desejo de trabalhar na área de transporte de carga. “Trabalhar na operação ferroviária está sendo um grande desafio que vai enriquecer minha vida profissional”, enfatizou.


Conforme relatório divulgado pela Anglo American, o aumento da participação feminina na força de trabalho da empresa está em consonância as diretrizes estabelecidas pela mineradora

Fonte: amapadigital.net

Comentários (0) :: Permalink

• 23/3/2011 - Tentativa de roubo: Assaltantes se entregam apos três horas de negociação

Imagem

Elder de Abreu / da subeditoria de a Gazeta


Terminou sem feridos a tentativa de assalto à loja de informática Prodam, ontem (22), no Centro de Macapá. Depois de mais de três horas de negociação, o trio de assaltantes que manteve o dono e funcionários do empreendimento sob a mira de armas resolveu se entregar.


A tensa situação iniciou por volta de 18h10, no horário em que a loja já havia encerrado o expediente. Nenhum cliente estava no recinto. Os bandidos entraram e se apossaram do dinheiro do caixa e dos funcionários. Porém, no momento da fuga, o alarme da loja foi disparado – a polícia não revelou se acidentalmente ou se acionado por um dos trabalhadores. O barulho do equipamento chamou a atenção de centenas de pessoas que passavam nas imediações. O local é próximo a três escolas e instituições públicas. Além disso, a Central de Operações do Centro Integrado de Operações da defesa Social (Ciods) recebeu uma denúncia anônima quando o roubo ainda estava em andamento. Viaturas do Batalhão de Rádiopatrulhamento Motorizado (BRPM), que faziam ronda às proximidades, chegaram rapidamente. Nervosos com o alerta eletrônico e a proximidade da polícia, os assaltantes resolveram voltar à loja e fizeram os trabalhadores de reféns.


O primeiro policial a fazer contato com os bandidos foi o major Rômulo, comandante do BRPM. Treinado para gerenciamento de crises, ele teve acesso a um número de celular que estava em poder dos assaltantes. Em seguida, o delegado Alan Moutinho, titular da Delegacia de Crimes Contra o Patrimônio (DECCP), e o major Mathias, do Batalhão de Operações Especiais (Bope) também entraram nas negociações. Equipes das Polícias Civil e Militar fizeram um cerco à loja e o isolamento do quarteirão – para afastar os curiosos que se aglomeraram no local. Atiradores de elite também foram posicionados.


Especialista em situações com reféns, o major Mathias passou a conduzir o contato com os assaltantes, que durante toda a negociação usaram nomes falsos de Pablo e Gaspar – para evitar serem identificados. Eles foram informados de que estavam cercados e que não havia possibilidade de fuga.
A notícia sobre a tentativa de roubo se espalhou rapidamente pela cidade através da imprensa – cuja presença foi uma das exigências dos assaltantes. Duas mulheres, esposas dos bandidos, ouviram pelo rádio os nomes deles e foram ao local. Com instruções da polícia, elas ajudaram nas negociações.


As conversações transcorriam com tranquilidade, apesar do nervosismo dos assaltantes. Por volta de 19h40, após uma série de exigências – que incluíram coletes balísticos, radiocomunicadores e presenças de advogados e promotores – parecia que eles estavam dispostos a se entregar. O delegado Alan chegou a se aproximar dos vidros da loja para receber as armas, mas os bandidos começaram a ficar inquietos e resolveram recuar.


As negociações então prosseguiram. Às 21h15, os bandidos identificados apenas como Jerry, Rodrigo e Franciney, liberaram os reféns, entregaram dois revólveres e uma pistola e saíram com as mãos para o alto. Mesmo sem nenhum machucado, as vítimas foram encaminhadas ao Hospital de Emergências. Depois de passar por exames médicos, eles foram liberados para prestar depoimento. O trio de assaltantes foi levado ao Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp) do bairro Pacoval. O flagrante foi feito pelo delegado Moutinho. Até às 23h de ontem, os procedimentos criminais ainda não haviam sido concluídos, porém a expectativa é que os acusados fossem autuados por tentativa de assalto e porte ilegal de arma de fogo.


Na semana passada, um dos acusados esteve na DECCP prestando depoimento sobre outro crime de roubo

Fonte: amapadigital.net

Comentários (0) :: Permalink

• 23/3/2011 - Infraestrutura: pavimentação “do tempo do Barcellos”

Imagem

A reclamação mais frequente é quanto o tempo de asfaltamento


Jéssica Alves
A precariedade da pavimentação das ruas e avenidas dos municípios de Macapá e Santana começou a provocar a tradicional reação de moradores quando chega o período de inverno – quando o desgaste das vias é intensificado.


Até agora ainda houve registros de interdições de trechos, mas aos poucos os munícipes de diversos bairros vão desenvolvendo seus protestos. Em Santana até uma (bem humorada) campanha, que conta com uma paródia do recente sucesso “Minha Mulher Não Deixa Não”, composta por Reginho e DJ Sandro, foi lançada como forma de reivindicação (acompanhe matéria na página 02 deste caderno). Em Macapá, a reclamação mais frequente é quanto o tempo de asfaltamento, que os moradores são unânimes em dizer que é “do tempo do Barcellos” – uma referência ao ex-prefeito da Capital e governador do Estado.


Na Avenida Acelino de Leão, no bairro do Trem, na Zona Sul de Macapá – no trecho que fica entre as Ruas Jovino Dinoá e Leopoldo Machado – os moradores resolveram fazer uma manifestação pacífica, quase “sem barulho”, se não fossem as placas fincadas em frente às residências.  A microempresária Anália Távora disse que a última vez que a via foi asfaltada foi há mais de 20 anos. “Essa rua foi pavimentada na época do Barcellos. Esse asfalto já não presta mais”, disse. Moradora há mais de 30 anos do local, ela avisa que ontem (22) moradores resolveram aderir ao protesto. “Nós já encomendamos mais 15 placas. A intenção é que todos os moradores se envolvam para ver se conseguimos repavimentar a nossa rua, depois desses 20 anos. Todos os moradores colocarão placas na frente das casas”, prometeu.


Ainda na Zona Sul, em outra Avenida, a Caramuru, localizada no bairro do Beirol, o recado é mais direto: “Prefeitura, cadê você” é a mensagem escrita em uma placa feita com pedaços de madeira velha. O curioso é que a placa fotografada, ontem, pela reportagem de A Gazeta é a quarta já feita pelos moradores. O motivo é que as anteriores desapareceram durante as madrugadas. “Antes de dormir nós estamos recolhendo a placa e só colocamos no outro dia de manhã, porque as outras que nós deixamos sumiram. Acho que foram os puxa-sacos da prefeitura ...”, suspeitou, em tom irônico, a moradora Glenda Araújo de Oliveira.


Apesar de tratar a situação com bom humor, ela alerta para a seriedade dos riscos que a situação oferece: “Eu já presenciei ciclistas pegando quedas ao caírem dentro dos buracos. Nós já testemunhos até uma calota que se desprendeu da roda de um carro quando passou no buraco e quase atingiu uma sobrinha minha. Aqui na frente na frente minha casa os carros estão quase atropelando as crianças porque os motoristas passam pelas calçadas para desviar dos buracos”, denuncia.


Ela também reclama que as numerosas operações tapa-buracos que no final já não estão dando mais conta. “Todo ano é assim: tapa-buraco e pronto, até o próximo inverno. Não dá mais isso queremos asfalto novo”, reivindicou. Na avenida Tupis, também no bairro do Beirol, os carros tem que desviar de um buraco que virou uma grande poça de lama com a chegada do período invernoso. Seguindo moradores das proximidades, lá, os motoqueiros têm sido as vítimas, principalmente à noite, quando a falta de iluminação pública aumenta os riscos.


Providências
A Secretaria Municipal de Obras (Semob) informou que desde o início do mês iniciou a operação tapa-buraco em vias dos bairros Trem e Centro, porém a prioridade vai para as principais ruas. “Estamos atuando em ruas com maior circulação de carros e ônibus e vamos dar continuidade no cronograma para outras ruas, principalmente as do Trem. Já realizamos atividades nas ruas Hidelmar Maia, Santos Dumont, Procópio Rola, Padre Júlio E FAB”, informou o Secretário Manoel Ferreira.


Ele avisa que no caso da rua Caramuru, considerado o trecho mais crítico, o serviço realizado será mais intenso do que o tapa-buraco. “Nessa rua será realizado um recapeamento, ou seja, vamos revestir o asfalto com uma capa de concreto por completo, pois apenas o tapa-buracos era insuficiente para a resolução dos problemas”, disse.


Até o final deste mês, as atividades deverão ser concluídas. “Só pedimos que os moradores tenham paciência, pois o efetivo tem que seguir o cronograma de atividades. Já tomamos conhecimento desses casos e vamos agilizar o serviço nesses trechos, para evitar maiores transtornos à população. Até o dia 31, essas ruas serão contempladas ”, comentou.

Fonte: amapadigital.net

Comentários (0) :: Permalink

• 23/3/2011 - Escolha de substitutos dos afastados do Sinsepeap é amanhã

A escolha dos nomes que substituirão parte da diretoria do Sindicato dos Servidores Públicos em Educação no Amapá (Sinsepeap), afastada sob acusação de irregularidades, acontecerá na assembleia geral marcada para quinta-feira (24), a partir das 8h30, na quadra do Colégio Amapaense.

Os afastados da presidência do sindicato foram: Aildo Santos da Silva (presidente), Daniel Pereira de Oliveira (vice-presidente licenciado) e Mirlene Socorro de Souza Rodrigues (diretora de finanças). As denúncias apresentadas à Justiça do Trabalho contra eles englobam a não prestação de contas desde 2001, irregularidades nas obras da sede social e o muro frontal da sede campestre.

O secretário geral do Sinsepeap, Rui Valdo, foi quem ajuizou denúncia na 4ª Vara do Trabalho de Macapá. “A Justiça, após apurar as denúncias e observar a constatação, tomou a atitude de afastar o presidente e a diretora de finanças. E também determinou que uma assembléia geral defina quem conduzirá esses cargos vagos até a eleição de uma nova diretoria”, explicou.

Com base nessa determinação judicial, Rui Valdo, na qualidade de secretário geral, fez a convocação dos servidores da educação para a assembléia que acontecerá quinta-feira (24), na quadra do Colégio Amapaense. O professor Aildo não quis falar sobre assunto quando procurado pela reportagem do jornal A Gazeta na última segunda-feira (21), alegando ainda ter tomado conhecimento da condenação.

Os membros da Comissão Processante e de Acompanhamento da Auditoria festejaram o afastamento dos envolvidos porque estavam emperrando os trabalhos de investigação. “Fomos designados por assembleia, que é uma instância maior que a diretoria, mas não estávamos tendo retorno. O presidente da comissão, professor Aroldo Rabelo, e os demais membros, esperam agora, com o afastamento dos envolvidos, fazer o papel a qual foram designados sem obstáculos”, relatou o professor Raudison Sena, membro da comissão processante.

Fonte: Jorge César / a Gazeta e amapadigital.net

Comentários (0) :: Permalink

• 23/3/2011 - Precariedade e sujeira: buracos e entulhos espalhados por Santana

Imagem

Jéssica Alves


Pode não parecer, mas acidentes e prejuízos financeiros são ocorrências costumeiras quando ruas e avenidas são esquecidas pelo poder público. No município de Santana, a situação não é diferente, onde exemplos são fáceis de ser encontrados. Um deles é do pedreiro Raimundo Semeão, 53 anos. Ao tentar descer uma calçada na Avenida Santana, um veículo quase o atingiu quando desviava de um buraco. Ainda assim, Semeão foi jogado ao chão e teve ferimentos leves na perna esquerda. Apesar de não ter se ferido gravemente, o pedreiro disse ter ficado traumatizado e assustado com o acidente.


Moradora na Rua Salvador Diniz, a autônoma Raquel Barbosa de Oliveira, 73 anos, já vem acumulando prejuízos financeiros por conta dos buracos em frente a sua casa, onde montou uma venda de comida para os trabalhadores da Feira do Mete a Mão. “Os carros passam aqui pela frente, caem nos buracos e espirram água da lama aqui pra dentro da vendinha molhando tudo e os clientes. E eles sumiram daqui”, conta ela enquanto se lamentava.


Os dois exemplos são apenas uma gota num mar problemas que o município enfrenta. Ruas e Avenidas estão em situação caótica. Alem de fazer crescer o número buracos pelas vias de Santana, o inverno acelerou o crescimento de matos pela cidade. Os entulhos jogados nas margens dos logradouros podem ser encontrados por toda a cidade, até mesmo em frente à sede da Prefeitura.


Consultado pela reportagem de A Gazeta, o prefeito Antonio Nogueira, informou que nos próximos dois dias está lançando o plano de recuperação das vias públicas com o serviço de tapa-buracos e retiradas de entulhos. Segundo Antonio Nogueira, quatro frente serão montadas a partir da parceria com o Governo do Estado para que em 30 dias todas as Ruas e Avenidas sejam recuperadas. Quanto a capina e retirada de entulhos, o prefeito afirmou que o serviço só poderá ser realizado durante o verão. “Se nós fizermos agora, durante o inverno, a situação pode ficar pior por causa da lama que vai aumentar com o transito de tratores e caminhões”, justificou.


Na ocasião, o prefeito disse que os moradores também precisam colaborar com a limpeza da cidade não jogando entulhos nas vias. “Não temos problemas com lixo doméstico e sim com entulhos que os moradores jogam nas ruas e avenidas. Mas nós vamos notificar esses moradores e multá-los”, disse o prefeito.
Apesar de assegurar que o município vem recolhendo regularmente o lixo doméstico, o serviço não vem sendo feito corretamente, sendo comum ver dentro da cidade, ver lixos misturados ao mato e ou até esquecidos em áreas de passagens de moradores.


Fonte: amapadigital.net

 

 

Comentários (0) :: Permalink

• 23/3/2011 - DESMANDO DO PODER PUBLICO EM MACAPÁ.

Macapá está abandonado pelo poder publico, pois os empresarios da setor de transporte publico de macapá fazem o que querem, pois no dia de São José de Macapá, que é feriado estadual eles deveriam manter a passagem do no valor de R$ 1,00, simplismente mantiveram o valor de R$ 2,00, descumprindo a lei municipal que vigora em nosso municipio, sem nenhuma punição ou medida restritiva as mesma.

Os municipes de nossa cidade, merecem respeito, onde estão nossos vereadores e o prefeito de Macapá Roberto Goes, para dar esclarecimento relativo ao desrespeito pela população. 

Irei fazer um apelo a nosso PROMOTORE DA CIDADANIA DE MACAPÁ, que possam tomar conhecimento desse abuso, contra nosso povo e que possam tormar as providencias cabives contra essas empresas pois não é a primeira vez que eles fazem esse tipo de abuso com povo de nosso amavel de nossa cidade de Macapá.

Seja forte povo de Macapá a justiça será feita.  

     

Comentários (0) :: Permalink

• 23/3/2011 - DEP. MANOEL BRASIL IRÁ REALIZAR AUDIÊNCIA PUBLICA DO SETOR PESQUEIRO

O Deputado Manoel Brasil ira realizar nesta quinta feira 24/03/2011, uma audiência publica que tratara do setor pesqueiro do Estado do Amapá. onde estaram presentes os trabalhadores do setor, deputados estaduais, deputados federais, senadores, Vereadores dos Municipios pesqueiros do Estado, Prefeitos dos Municipios pesqueiros do Estado, Secretarios de Estados ligados ao setor e Governador do Estado do Amapá Camilo Capiberibe.

Onde o foco principal é o setor da pesca de nosso Estado, as dificuldades encontradas pela população pesqueiras e como podem melhorar, assim encontrando uma forma de ajudar os pescadores de nosso Estado a dinfundir e ampliar esse tipo de atividade em nosso estado.    

 

 

Comentários (0) :: Permalink

Sobre Mim


«  October 2014  »
MonTueWedThuFriSatSun
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031 

Links

Home
Perfil
Arquivos
Amigos
Email
My Blog's RSS

Amigos

Página 1 de 1
Última Página | Próxima Página