Criar um Blog
Gerenciar um Blog
Visitar Próximo Blog
Denuncie

J10V15

DEFINIÇÕES DE WEBSITES

Postado em Tuesday, September 10, 2013 em 10:35 PM

Definições de Websites

Permissões

Ao visitar um Website, pode facilmente ajustar as definições de cookies e permissões relacionadas com esse Website no Google Chrome.

Cookies e dados do Website

Os cookies são ficheiros criados pelos Websites visitados para armazenar informações de navegação, como as preferências do Website ou informações de perfil. São permitidos por predefinição. É importante estar atento às definições de cookies, pois estes podem permitir que os Websites controlem a sua navegação enquanto os está a visitar. Saiba mais sobre como gerir cookies

Permissões

Utilize a secção "Permissões" para gerir efinições específicas do Website. As seguintes ações podem ser aplicadas a vários Websites que visitar e pode ajustá-las clicando na seta para baixo, à direita de cada funcionalidade.

Ícone O que significa
As imagens são permitidas por predefinição. Para evitar que as imagens sejam apresentadas, selecione "Bloquear sempre neste Website."
JavaScript é normalmente utilizado pelos programadores Web para tornar os sites mais interativos. Se optar por desativar o JavaScript, alguns desses sites poderão não funcionar corretamente.
Os plug-ins são usados por Websites para ativar determinados tipos de conteúdo Web (por exemplo, ficheiros Flash ou Windows Media) que os navegadores não conseguem processar de forma inerente. São permitidos por predefinição. Saiba mais sobre como gerir plug-ins
Por predefinição, os pop-ups estão bloqueados e impedidos de aparecer automaticamente, para não sobrecarregar o ecrã. Saiba mais sobre como gerir pop-ups
Localização: por predefinição, o Google Chrome avisa-o sempre que um Website pretender utilizar as suas informações de localização. Saiba mais sobre a partilha da localização
Notificações: alguns Web sites, como o Calendário Google, podem mostrar notificações no ambiente de trabalho do seu computador. O Google Chrome alertá-lo-á por predefinição sempre que um site solicite autorização para mostrar notificações automaticamente. Saiba mais sobre notificações
Ecrã inteiro: alguns Websites poderão solicitar a abertura em modo de ecrã inteiro. Pode selecionar a forma como o Chrome reage a este tipo de pedido.
Bloqueio do Rato: alguns Websites ou aplicações Web, como jogos, podem solicitar a desativação do cursor do rato. Pode selecionar a forma como o Chrome reage a este tipo de pedido.
Multimédia: os Websites com funcionalidades multimédia, como videoconferência, podem solicitar o acesso à sua câmara e microfone. Saiba mais sobre o acesso à câmara e ao microfone

Ligação

Quando estabelece ligação a um Website, o Google Chrome pode mostrar os detalhes da ligação e alertá-lo se não conseguir estabelecer uma ligação totalmente segura ao mesmo. Saiba mais sobre as definições de segurança do Google Chrome.

Verificar se o Website está a utilizar uma ligação segura (SSL)

Se estiver a introduzir dados pessoais confidenciais numa página, procure um ícone de cadeado à esquerda do URL do Website na barra de endereço para ver se o Website utiliza SSL. SSL é um protocolo que fornece um túnel encriptado entre o seu computador e o Website que está a ver. Os Websites podem utilizar SSL para evitar que as informações que percorrem o túnel sejam intercetadas por terceiros.

Ícone O que significa
Blank page icon O Website não está a utilizar SSL. Este ícone apresenta Websites http://. A maioria dos Websites não tem de utilizar SSL, porque não tratam dados confidenciais. Evite introduzir dados confidenciais, como informações do cartão de crédito ou informações de início de sessão no banco, na página. Se as informações confidenciais são solicitadas num Website que não utiliza SSL, considere a possibilidade de entrar em contacto com o proprietário do Website.
Ícone de cadeadohttps verde O Google Chrome estabeleceu uma ligação segura ao Website. Procure este ícone e verifique se o URL tem o domínio correto, se tem de iniciar sessão no Website ou se tem de introduzir dados confidenciais na página.

Se um site utilizar um certificado EV-SSL (Extended Validation SSL), o nome da entidade também é apresentado junto ao ícone em texto a verde.
ícone de alerta https amarelo O Website utiliza SSL, mas o Google Chrome detetou conteúdo inseguro na página. Tenha cuidado se estiver a introduzir dados confidenciais nesta página. Conteúdo inseguros pode ser uma porta aberta para alguém alterar o aspecto da página.
ícone de alerta https vermelho O Website utiliza SSL, mas o Google Chrome detetou conteúdo inseguro de risco elevado na página ou problemas com o certificado do Website.Não introduza dados confidenciais nesta página. Um certificado inválido ou outros problemas graves de https poderão indicar que alguém está a tentar adulterar a ligação ao Website.

Mensagens de aviso SSL

Poderá receber uma mensagem de aviso quando o Chrome deteta que o site que está a visitar pode ser perigoso para o seu computador.

Mensagem de aviso O que significa
Provavelmente, este não é o Website que procura! Esta mensagem é apresentada quando o URL listado no certificado do site não corresponde ao URL real do Website, o que significa que o Website que está a tentar visitar pode estar a fazer-se passar por outro. Saiba mais sobre este aviso
O certificado de segurança do Website não é fidedigno! Esta mensagem aparece se o certificado não foi emitido por uma entidade independente reconhecida. Uma vez que qualquer pessoa pode criar um certificado, o Google Chrome verifica se o certificado de um site tem origem numa entidade fidedigna. Saiba mais sobre este aviso
O certificado de segurança do site expirou!
ou
O certificado de segurança do servidor ainda não é válido!
Estas mensagens aparecem se o certificado do Website não estiver atualizado. Por conseguinte, o Google Chrome não consegue verificar se o site é seguro.
O certificado de segurança do servidor foi revogado! Esta mensagem aparece se a entidade independente que emitiu o certificado do site marcou o certificado como inválido. Por conseguinte, o Google Chrome não consegue verificar se o Website é seguro.

BOMBARDEIO DE GUERNICA

Postado em Tuesday, September 10, 2013 em 02:55 AM

 Bombardeio de Guernica e Guernica (quadro)

Guernica foi bombardeada pelos nazistas em 26 de abril de 1937, durante a Guerra Civil Espanhola, o que inspirou Pablo Picasso na sua famosa obra "Guernica". Picasso pintou esse quadro para retratar o estado de Guernica após o bombardeio: restos de pessoas espalhados por todos os lugares. Diz-se que durante uma exposição um oficial nazista indagou a Picasso: «Foi você quem fez isso?», ao que ele respondeu: «Não, foram vocês que fizeram».

Após o fim da Guerra Civil, Picasso permitiu que a obra fosse emprestada ao Museu de Arte Moderna de Nova Iorque, com a condição de que voltasse à Espanha somente quando a ditadura Franquista caísse. Em 1981, com a morte do ditador Francisco Franco, a obra voltou ao território espanhol, e está atualmente exposta no Centro de Arte Rainha Sofia, em Madrid.

Em janeiro de 1973, o professor Jeffrey Hart publicou na "National Review" um estudo com o título "The Great Guernica Fraud" ("A Grande Fraude de Guernica") onde sustenta a tese de que bombardeio de Guernica não ocorreu. O artigo foi reimpresso nos jornais "Die Welt" e "Il Tempo". No último teve o título: "Revelações sensacionais destroem um Mito".

Notas[editar]

[a] ^  Anteiglesia ("diante da igreja") e villa são designações tradicionais de tipos de municípios do País Basco. Villa refere-se geralmente a uma cidade — por exemplo, a acreditar no artigo«Orduña» na Wikipédia em espanhol, na Biscaia só essa localidade tem o título de "cidade", apesar da sua pequena dimensão.

 

Reprodução do quadro Guernica num mural em Guernica y Luno
Commons possui uma categoriacom multimídias sobre Guernica y Luno