Criar um Blog
Gerenciar um Blog
Visitar Próximo Blog
Denuncie

Departamento Pessoal

DP (Departamento Pessoal: Férias e Exercícios): Continuação

05:05 PM, 17/6/2011 .. Postado em DP .. 0 comentários .. Link

Claudio operador de refinaria tem salário base de 9,00 por hora. Foi admitido em 14/03/2008 e demitido em 22/10/2011, sabendo-se que o mesmo, só gozou uma férias, possui 3 dependentes e seu aviso prévio foi indenizado. Calcule o valor líquido a receber.

9X220=1.980(sal. base)   1.980 de 30% =594,00(Periculosidade)  1.980+ 594= 2.574,00

Aviso prévio( AP): 2.574,00 Para achar o décimo terceiro, pega o resultado do aviso prévio: 2.574:12=214,50X10= 2.145(Décimo terceiro)

Saldo de salário: 2.574:30= 85,80(por dia) X 22= 1,887,60

Férias= 2.574: 1/3= 858,00(abono de  1/3)

Soma: 2.574+ 858=3.432 (multa de férias vencidas)

Férias proporcionais: até (m,a, ma, jun, julh, agosto, set, out): 7/12: 2.574de 7/12:

2.754:12X 7= 1.501,50

Férias de 1/3: 1.501,50 +1/3= 500,50

SOMA: 1,887,60 + 2.145=4.032,60 (olho a tabela do INSS)= ACIMA, 405,86(INSS)

4.032,60- 405,86-452,07= 3.174,67 (rem) para calcular o IRRF, pega 3.174,67 de 22,5%= 714,30-505,62=208,68(IRRF)   FGTS (8%): 1.237,80

SOMANDO: 2.574+2.574+1.887,60+2.145+858+ 3.432+ 1.501,50+ 500,50=15.472,60

Valor líq: 15.472,60- 405,86-208,68=14,858,06

Valor Líq.: proventos menos os descontos: 14,858,06 (VALOR.LÍQ)

Estes foram excercícios e semana que vem, prova!



DP (Departamento Pessoal: Férias e Exercícios)

03:40 PM, 17/6/2011 .. Postado em DP .. 0 comentários .. Link

Hoje foi dado exercícios referentes a matéria postada anteriormente, e explicação de férias (exercício). Vejamos abaixo:

Admissão: 05/03/08  Férias:3/12

    Demissão: 18/06/09 Décimo terceiro: 6/12

EXPLICANDO: de cinco do três até março de 2009 , ele fez 1 ano (férias): conta antes do dia 15: M,A,M. Junho não conta; ele saiu 18/06, ele vai receber 6/12.

André foi admitido em 22/10/10 com jornada de 220hs, foi demitido, sem justa causa em 16/04/11 com aviso prévio indenizado. Tem esposa como dependente e recebida 1.200 por mês. Qual o valor líquido a receber?

1.200: 30 X16= 40,00 X16= 640,00 (saldo salário)  Aviso prévio: 1.200 Décimo terceiro:1.200 de 4/12= 1.200: 12X4= 400,00 (Décimo terceiro proporcional) Aí, pega 400,00 + 640,00= 1040,00 de 8%(ver na tabela do INSS)= 83,20  (INSS) Com base da remunerção, ele é ISENTO do IRRF. Férias Proporcionais, 1.200 de 6/12: 1.200: 12X¨= 600,00 (férias). ABONO de férias: 600,00: 1/3= 200,00  SOMANDO: 640+ 400+ 600+200+1.200= 3. 040,00(remuneração), então: 3.040 - 83,20= 2.956,80( valor liq.) FGTS(8%): 3.040 de 8%= 243,20



Exemplo de exercício referente a aula de hoje

06:11 PM, 15/6/2011 .. Postado em DP .. 0 comentários .. Link

Mauro, admissão 12/01/1998. Afastamento: 31/08/206. Salário 720,00 por mês, dispensa sem justa causa. Aviso prévio indenizado, férias gozadas até 2004. Calcule a rescisão.

Salário:720,00

AP: 720,00

Férias + 1/3= 720:3= 240 + 720= 960

Décimo terceiro:720 de 8/12: 720:12= 60 X 8= 480

Férias proporcionais (FP): 720 de 8/12= 720:12= 60 X 8= 480 + 1/3= 640,00

                                       480:3 = 160+ 480= 640,00

INSS: 720 + 480= 1.200 de 9%=108,00

Somando: 720+ 720+ 960+480+640=3.520 - 108= 3.412 (rem)

FGTS: 3.520 de 8%=281,60

 

 



DP(Departamento Pessoal): Rescisão do Contrato de Trabalho

04:57 PM, 15/6/2011 .. Postado em DP .. 0 comentários .. Link

Dispensa sem Justa Causa

Menos de um ano: saldo de salário+ adicional fixo/variável+ aviso prévio+ férias proporcionais+ 1/3 abono+ Décimo terceiro proporcionais+ FGTS.

Mais de um ano: saldo salário+ aviso prévio+ férias vencidas+ abono de férias + férias proporcionais + abono de férias proporcionais.

Aviso prévio: o INSS e as Férias não entra. Quem dá o aviso prévio é o empregador.

Aviso prévio: trabalhado e insalubridade= 1 salário  indenizado



DP(Departamento Pessoal): Rescisão do Contrato de Trabalho (Demissão)

04:36 PM, 15/6/2011 .. Postado em DP .. 1 comentários .. Link

Vejamos mais um exemplo de exercícios referentes a este assunto postado hoje.

 

João, policial, com salário base de 1.170, tendo a sua admissão em 20/04/2009, foi demitido por justa causa em 06/06/2011. Sabendo que o mesmo realizou 6HE normais e 12 HE feriado. Calcule a rescisão.

1.170 de 30% (Perc.)= 351,00          1.170 + 351= 1,521 :220= 6,90 por hora.

6HE=50%: 6,90 X50%= 3,45 + 6,90= 10,35 X 6= 62,10

12HE=100%: 6,90+ 6,90=13,80 X 12= 165,60

Saldo de salário (6 dias): 1,521 (rem): 30= 50,70 X 6=304,20 

Abono férias: 1.521: 1/3= 507,00

 

304,20+62,10+165,60= 531,90 de 8%= 42,55(INSS)

Somo: 62,10 + 165,60+ 1.521+304,20+507= 2.559,90(base de cál. do FGTS)

FGTS (8%)= 2.559,90 x8%=204,79

VALOR LÍQ.: 2,559,90-442,55= 2. 217,35

ARRUMANDO

PROVENTOS                                                                DESCONTOS

REM: 1.521,00

6HE=50%: 62,10

12HE=100%: 165,60

Ab de férias: 507,00

INSS                                                                                   42,55

FGTS (8%) : 2.559,90 de 8%= 204,79                 Valor, liq.:R$ 2.517,35

VALOR LIQ:2.559,90-42,55= 2,517,35

 

 



DP(Departamento Pessoal): Rescisão do Contrato de Trabalho (Demissão)

02:39 PM, 15/6/2011 .. Postado em DP .. 0 comentários .. Link

Recisão de contrato de trabalho, temos :

  • Dispensa por Justa Causa ( com menos de um ano).
  • Dispensa por Justa Causa (com mais de um ano).
  • Pedido de Dispensa (com menos de um ano de trabalho).
  • Pedido de Dispensa ( com mais de um ano de trabalho).

Dispensa por Justa Causa

Menos de um ano: não homologa (sindicato).

Mais de um ano: obrigatório (sindicato: homologa). O FGTS é retido, mais é depositado.

Seus Direitos: saldo de salário+ adicionais fixos ou variáveis no mês trabalhado + salário família.

Na admissão, só ocorre até o dia 15 (trabalhado), somando vou ter 16 dias para pagar. Na demissão só vai contar (mês) depois do dia 15, conta pra lá.

Menos de um ano, a dispensa por justa causa, ele perde o Décimo terceiro e as férias proporcionais, FGTS.

Dispensa de Justa causa

Mais de um ano: Saldo de saláro + adicionais fixos + 1/3 + Sal. família + Férias.

Menos de um ano: adicionais fixos + saldo de salário+ Sal. Familia+ Adicionais variáveis, se tiver.

Exemplo de exercício

Dispensa de justa causa com menos de um ano.

Admissão 18/06/2010

Salário: 1.500

Dispensado "Demissão" 14/10/2010. Calcule

1. 500: 30 X14 (dias trab)=700,00 (saldo do salário)

700 de 8%=56,00 (INSS)

FGTS= 8%= 56,00         700- 56,00= 644,00 (valor líq.)

Dispensa de justa causa com menos de um ano

admissão: 18/06/2010

demissão: 14/10/2011

Salário: 1.500

1. 500 : 30: 14=700,00 (saldo de salário)   1.500: 3= 500 (abono de férias)

INSS DE 8%= 700 x8%= 56,00

Proventos                                                                        Descontos

Sald.Sal. 700,00

Férias: 1.500

Abono: 500,00

Somando: 700 + 1.500+500= 2.700 (base de calc.)

INSS (Só ocorre sobre o saldo de salário)                      56,00

FGTS (8%)  de 2.700= 216,00           Valor liq.: 2.700- 56,00= 2.644,00

 

 



DP (Departamento Pessoal): Contribuição Sindical

02:08 PM, 15/6/2011 .. Postado em DP .. 0 comentários .. Link

Contribuição Sindical é diferente de Contribuição Assistencial que é diferente de Contribuição Conferativa.

Contribuição Sindical: é obrigatório; Ocorre no mês de Março "sempre" (Primeiro dia de trabalho- valor).

Contribuição Assistencial e Contribuição Conferativa, são opcionais.

Sendo que, a Contribuição Assistencial, é parcelada 3 a 4 vezes ano ano, conforme o sindicato.

Contribuição Conferativa: No Brasil inteiro; É opcional. "Taxa de Sindicato"- escolha do empregado (todo o mês).

 



DP (Departamento Pessoal): FÉRIAS (Cont.)

04:41 PM, 13/6/2011 .. Postado em DP .. 0 comentários .. Link

Abono Pecuniário

Todo o empregado tem direito de converter 1/3 de suas férias em abono pecuniário (tiver direito de a 30 dias, poderá optar por descansar todo o período ou apenas durante 20 dias restantes (1/3 de 30 dias) em dinheiro.

No mês que o empregado sair de férias ou optado pelo abono, a remuneração equivalerá a 40 dias:

20 dias= férias de descanso.

10 dias= férias pecuniário.

10 dias= salários pelo dias trabalhados.

Para requerer o abono, o pedido é por escrito, até 15 dias antes do término do período aquisitivo. Após esse prazo, cabe o empragador conceder o abono.

Exercícios

Maria com salário de 1.200, entra de férias. Qual o valor à receber?

Resposta: 1.200: 3=400,00    Aí, pega o salário 1.200+ 400= 1.600,00(férias)

João, trabalhador que recebe pericuriosidade com salário base de 9,00 por hora tendo sofrido 15 faltas não injustificadas ao possuíndo 1 dep. Calcule seu contra-cheque de férias. Neste exercício usa a tabela acima.

 9,00X220= 1.980 (sal. base)  1.980 de 30%= 594,00 (Peri)

1.980 + 594= 2.574 : 30 (dias)= 85,80 (h/trab) X 18= 1.544,40 Aí, pega este valor 1.544,40 : 3= 514,80 (abono constitucional)/férias

1.544,40 de 11%=226,51(INSS) 

1.544,40+ 514,80= 2.059,20 (Remuneração) 

2.059,20-226-51-150,69=1.682,00

1.682,00 de 7,5%= 126,15 - 112,43 = 13.72 (IRRF)

Proventos                                                        Descontos

SB 1.980                                

1/3 de férias 514,80

IRRF                                                                    13.72

INSS                                                                   226,51

base de calc.

FGTS (8%) 2.059,20 de 8%= 164,73

Valor. Liq. 2.059,20- 13,72- 226,51 = 1.818,97 (valor líq.)



DP (Departamento Pessoal): FÉRIAS

04:02 PM, 13/6/2011 .. Postado em DP .. 0 comentários .. Link

Concessão de férias

As Férias são concedidas um ano de trabalho (12 meses). Quem determina às férias, é a empresa.

O trabalhador pode vender 1/3 de suas férias para o empregador.

O trabalhador tem direitos a férias, cabe ele ficar atento ao prazo de requerê-lás. Se as férias forem concedidas após o prazo, receberá em dobro (em relação à remuneração).

Quando um empregado faltar no trabalho, poderá gozar na seguinte proporção:

Falta                Dias de férias

até 15 dias      30 dias

6 a 14              24 dias

15 a 23            18 dias

24 a 32            12 dias

Se a falta for superior a 30 dias, é considerado perda do cargo.

Abono Constitucional

Todo o trabalhador tem direito a receber um adiconal de 1/3 sob a remuneração de férias. Aplicam-se também, as férias indenizadas, nas recisões de contrato de trabalho.

Perda de Direito às Férias

A perda de férias, se dá há varias situações entre elas estão:

Se deixar de trabalhar por mais 30 dias, com recebimento de salário devido uma paraçlização total ou parcial (empresa).

Pedir demissão e não for readmitido dentro de 60 dias subsequentes da sua saída.

Permanecer recebendo auxílio doença da Previdência Social por mais de 180 dias.

Deixar de trabalhar por mais de 32 dias, faltas injustificadas no perído aquisitivo.



DP(Departamento Pessoal)

02:59 PM, 10/6/2011 .. Postado em DP .. 0 comentários .. Link

Na aula de hoje foi dado o PAT, 13 salário ou gratificação natalina e os exercícos referentes aos assuntos, e também, foi passado dever de casa.

PAT : Programa de Alimentação do Trabalhador

O patrão só pode descontar 20% o valor na folha de pagamento gasto no vale alimentação.Quando a empresa fornecer comida la dentro, há um acordo coletivo( a refeição dada na empresa com base 5,00 estipula o acordo coletivo), 5 X22, o resultado, desconta.

O 13 salário ou gratificação natalina é descontado no INSS e no IRRF. Se dar em dezembro. Quem recebe o 13 salário, o trabalhador urbano ou rural, avulso e doméstico.

Se ele entrar em janeiro---- Junho 7/12. Outubro, 3/12, Dez.,6/12(Décimo terceiro salário). Se entrar em janeiro, 50% nas férias, à partir de fevereiro "pedir"; 50% em dezembro ou ainda: Primeira parcela do décimo terceiro paga em novembro (50%) é paga até o dia 20. Segunda parcela em dezembro (50%).

A pessoa (empregado) tem que pedir o décimo terceiro na data estipulada. A primeira parcela deverá ser paga entre primerio de fev. até o dia 30/11 ou solicitação pelo empregado (férias). Na primeira parcela, recebo integralmente (50%) e, na segunda parcela, é descontado : INSS e IRRF (50%).

Se a pessoa não fizer o pedido (da primeira parcela), pode a empresa não pagar, porque foi pedido fora do prazo.

Integram o Décimo terceiro salário: as horas extras e os adicionais noturnos.

Depois, foram dados os exercícios referente ao assunto e uma revisão da matéria anterior.



DP: contrato de trabalho- Parte 2

04:18 PM, 27/5/2011 .. Postado em DP .. 0 comentários .. Link

Contrato de Experiência: é um contrato onde é firmado entre o empregador e o empregado. Esse contrato tem as mesmas características, mas não pode ultrapassar 90 dias, podendo ser firmado por períodos inferiores e ser dividido em dois períodos (a empresa e o funcionário). A empresa, vai verificar o desempenho do novo funcionário, dependendo da avaliação, o novo empregado poderá ser contratado definitivamente. e não tiver um bom desempenho, poderá ter o contrato cancelado.

Toda a empresa tem um livro de registro de seu empregado e de inspeção do trabalho. O livro de registro do empregado é onde a empresa fica obrigada a efetuar o registro de seus empregados, assim que seja iniciada a prestação de serviço.

O livro de inspeção, toda a empresa, independe de sua atividade econômica, deverá colocar a disposição do auditor fiscal.

Também, há ainda, registro de ponto, onde o trabalhador registra seu horário de entrada e saída da empresa e inclusive o horário de intervalos do almoço.

IMPORTANTE

Na Admissão, vamos precisar da documentação e do funcionário. O funcionário vai ter a sua anotação na CTPS, livro de registro e no CAGED. Depois, disso o controle (crachá, uniforme, folha de ponto, emissão do contra cheque).

Quanto a jornada de trabalho, de acordo com a CLT, a jornada normal é de 8 horas diárias, 44 horas semanais e 220 horas mensais. O trabalho normal, não pode ter jornada superior a oito horas diárias, permitida, porém, a compensação de horários e a redução da jornada, mediante de acordo coletivo ou convenção coletiva. A jornada de seis horas são para os trabalhos em turnos e interruptos de revezamento.

 



DP: contrato de trabalho- Parte 1

04:17 PM, 27/5/2011 .. Postado em DP .. 0 comentários .. Link

É um contrato entre a empresa e o empregado onde existe um acordo entre as partes  que se transforma em relação de trabalho. Dependendo do tipo de contrato, poderá ser prorrogado ou não por mais um período.

O funcionário público é diferente entre empregado . O funcionário público é regido pelo regime estatutário; não é regido pela CLT. Ele toma posse (concurso)- estabilidade; Não tem a CTPS assinada; Não tem FGTS, recebe vale transporte e outros. Já no empregado é regido pela CLT e tem a CTPS assinada.

O contrato individual de trabalho é onde o trabalhador aceitas as condições impostas pelo empregador ou expresso correspondente à relação de emprego. De acordo com a CLT, sua forma de contrato é: escrito ou expresso e tácito ou verbal.

O escrito ou expresso: o contrato firmado por meio de documentos onde constam as clausulas referentes às partes financeiras e profissionais do empregado.

Tácito ou verbal, não há documentos. Por escrito, formalizar o contrato. A forma de comprovar o vínculo empregatício, mediante de testemunhas(pode ser alguém de sua familia ou pessoa que trabalha na empresa) e apresentação do comprovante de pagamento.

Há várias características fundamentais do contrato de trabalho, eis alguns: prestação de serviços continuado; recebimento de salário; jornada de trabalho, local do trabalho, contrato de experiência, etc.

Os tipos de contratos de Trabalho são: prazo indeterminado, prazo determinado.

O prazo indeterminado é aquele que tem prazo interno para início sem previsão de término.

Prazo determinado: aquele que tem data certa para o início e fim, dependendo do término pré-fixado. Pode ser prorrogado um única vez.

 



DP (Departamento Pessoal- Parte 3)

09:25 PM, 26/5/2011 .. Postado em DP .. 0 comentários .. Link

Quanto ao registro, de acordo com a CLT, art. 41 estabelece que em todas as atividades seja qual for é obrigatório para o empregador o registro dos respectivos trabalhadores, podendo ser adotados livros, fichas ou sistema eletrônico, conforme as instruções expedidas pelo Ministério do trabalho, sobre pena de não fazê-lo.

A empresa se desejar pode fazer qualquer outro tipo de anotação na ficha ou folha do livro de registro de empregado, incluindo dados documentais ou relativos à vida funcional do trabalhador, facultando-se, ainda, a posição da respectiva foto.

De acordo com a portaria 41/2007, art.2, do MTE (Ministério da Previdência Social), o registro de empregados de que trata o art. 41 da CLT conterá as seguintes informações:

Nome do empregado, data de nascimento, filiação, nacionalidade e naturalidade;

Número e série da CTPS;

Número do PIS ou PASEP;

Data de admissão;

Cargo e função;

Remuneração;

Jornada de trabalho;

Férias; e

Acidente de trabalho e doenças profissionais, se houver.

No registro de empregado há três tipos: livro, ficha de registros dos empregados e digital.

OBS: As durações de trabalho não serão descontados nem computadas como jornada extraordinária as variações de horário no registro de ponto não excedentes de cinco minutos, observados o limite máximo de dez minutos diários.

 



DP (Departamento Pessoal- Parte 2)

04:31 PM, 25/5/2011 .. Postado em DP .. 0 comentários .. Link

 

No vale transporte, algumas empresas tem controle onde os seus funcionários onde se deslocam, e outras que não tem o controle.

No formulário, o funcionário assina que concorda o que a empresa oferece. Quando há mudança de função, é preciso ter 3 meses de experiência, exame periódico (se tá apto ao cargo, este exame deverá ser feito no horário de trabalho, a empresa paga); atualização da CTPS, esse caso cabe o funcionário a pedir à atualização.

Os benefícios facultativos (plano de saúde, vale refeição, etc.) cabe a pessoa escolher os tipos de benefícios.

A entrega da CTPS, o empregador deve entregar no prazo de 48 horas e não entregar nesse prazo, a empresa paga multa e também, se recusar a fazer anotações ou devolver a CTPS recebida, poderá o empregado comparecer, pessoalmente ou por intermédio de seu sindicato, perante a Delegacia Regional ou órgão autorizado, para apresentar reclamação (art.36, referente o art. 29 da CLT). Se não recebeu, o funcionário pode pedir um recibo, e faz um protocolo de recebimento da CTPS.

Na CTPS, quando se perde, pode dar entrada de um novo CTPS. A série e o número permanece os mesmos.

Não pode conter na CTPS, anotações desabonadoras à conduta do empregado.

De acordo com a CLT, a CTPS derá constar:

fotografia 3X4 (de frente); nome, filiação, data, lugar de nacimento e assinatura; número do cocumento de naturalização ou data da chegada no Brasil, se for estrangeiro.

As anotações relativas do estado civil e aos dependentes do portador da CTPS, serão feitas pelo INSS (Instituto Nacional de Seguro Social) e somente em sua falta, por qualquer órgãos emitentes.



DP (Departamento Pessoal- Parte 1)

03:56 PM, 25/5/2011 .. Postado em DP .. 0 comentários .. Link

Em algumas empresas, vamos encontrar funcionários não bem treinados a certas coisas como dando informações e fazendo demais atividades correlatas ao seu cargo.

O DP é dividido em três momentos: admissão, manutenção e demissão.

Antes de qualquer processo seletivo, o indivíduo preenche uma ficha de acordo com a vaga que tá concorrendo. Depois que passou no processo seletivo, o indivíduo preencha uma ficha de solicitação de vaga. Esta ficha deverá constar:

Formulário de vaga (o que tô querendo);

Formulário curriculum do candidato;

Formulário de CTPS para o funcionário;

Formulário de requerimento de vale transporte ( onde deverá constar o roteiro dele casa-trabalho-casa);

Solicitação de emprego, se passou no processo seletivo;

Informar quem são meus dependentes (imposto de renda);

Contrato de trabalho (de acordo com a lei e a permissão do sindicato);

Acordo de compensação de horas extras;

Pode a empresa pedir que o empregado abra um a  conta corrente.

Plano de saúde, facultativo.

No vale de transporte, a empresa é facultada a pagar ou não. Até 200m, a empresa paga. O desconto é de 6% do salário base, todo o mês no seu cartão. Se for maior, do que ele gasta, a empresa desconta sobre o salário base. Se for menor do que ele precisa, a empresa completa. Na lei, é obrigatório a empresa custear a passagem do funcionário para trabalho. A finalidade do vt (vale transporte) é ajudar o empregado a se deslocar trabalho-casa-trabalho.

A empresa não pode lucrar sob em cima do funcionário. No contra cheque, não deverá constar na CTPS: diversos e outros. Porque na CTPS, o empregador deverá especificar o que estar descontando (descrição). Se constar isso, poderá entrar na justiça. Uma vez dar entrada na justiça, pode o funcionário ser demitido por justa causa. O ideal, é trabalhar e quando terminar, entrar na justiça, buscando seus direitos.

Em relação ao plano de saúde, o indivíduo pode aceitar ou não as opções de planos oferecidos pela empresa. Num formulário, vai vim várias opções e você marca um X naquele plano que você quer.

 

 



Registro de Funcionários

01:28 PM, 23/5/2011 .. Postado em DP .. 0 comentários .. Link

Toda a empresa, quando faz uma admissão de um funcionário, cabe ele fazer o registro do seu funcionário de acordo com a determinação do MTE (MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO), e de acordo com a CLT(CONSOLIDAÇÃO DAS LEIS TRABALHISTAS) DO ART.41 da CLT, conterá as seguintes informações:

nome do empregado, data de nacimento, filiação, nacionalidade e naturalidade;

número da CTPS (carteira de trabalho da previdência social);

PIS (Programa de integração social) ou PASEP (Programa de formação do patrimônio do serviço público;

data de admissão;

cargo e função;

remuneração;

jornada de trabalho, férias e acidente do trabalho e doenças profissionais, quando houver.

 No ato da admissão, deverão ser assinados os seguintes documentos: concessão do benefício legal de vale transporte; declaração do salário família e a ficha do salário família, para empregados com direito de recebê-lo; contrato de trabalho com clásulas previstas de que deveram ser cumpridas pela as partes envolvidas; ciência dos regulamentos da empresa.

Sendo assim, a empresa pode efetuar qualquer outro tipo de anotação na ficha ou livro de registro do empregado.



Departamento Pessoal

04:48 PM, 19/5/2011 .. Postado em DP .. 0 comentários .. Link

No DP (departamento pessoal), é constituído por 3 setores: admissão, manutenção, desligamento. Na admissão pessoal, a empresa vai cuidar de todo o processo de integração do indivíduo dentro dos critérios administrativos e jurídicos. Organizado, efetuar registro de acordo com as comformidades da legislação trabalhista.

Manutenção Pessoal: onde vão cuidar de todo o processo de controle de frequencia, pagamento de salário e beneficios, bem como o pagamento de taxas, impostos e contribuições.

Desligamento: quando o funcionário não trabalha mais na empresa. Não faz parte do quadro pessoal da empresa. Cuida de todo o processo de desligamento e quitação do controle de trabalho, estenendo-se na representação da empresa junto aos órgãos oficiais:DRT (Delegacia Regional do trabalho, sindicatos, justiça de trabalho, etc.).

Setor de Admissão                             Setor de Manutenção                                   Setor de Desligamento

Recrutamento                                     jornada de trabalho                                      recisão do crontrato de trabalho

Seleção                                                folha de pagamento                                     recisão do contrato de trabalho

Integração                                           benefícios                                                       justiça de trabalho

Registro                                              tributação e fiscalização                               fiscalização



Sobre Mim

Home
Perfil
Arquivos
Amigos
Álbum de Fotos

Links

Organização de uma Empresa
Matemática Financeira

Categorias

Aviso
Cálculos: exercícios
Contabilidade Escrituária e Básica
DP
Gestão e análise do Desempenho Admiistrativo
Introdução
Operações de Estoque e Armazenagem
Recrutamento e Seleção

Últimos Posts

Operacões de estoque e Armazenagem: aula do dia 13/02
Operacões de estoque e Armazenagem
Operacões de estoque e Armazenagem
Operacões de estoque e Armazenagem
Operacões de estoque e Armazenagem

Amigos

jbs
jeferson9
jwilson
babi1988
Jogos do Mario
Contador de Visitas